Oração do Político Corrupto

Oração do Político Corrupto

Por Antônio de Oliveira

(De pé… Cabeça erguida. Postura. Peito estufado. Terno e gravata.)
– Não careço ajoelhar-me para implorar misericórdia. Minhas promessas são apenas de campanha eleitoral, publicitária, demagógica… ops! democrática.

corrupcao-politica-no-brasil

– Dou-vos graças, Senhor. Sou justo. Veríssimo. Nunca matei. Roubar… Tenho que garantir minha subsistência e de minha família. Mas não sou como os demais, adúlteros, corruptores de menores. Nunca desviei dinheiro público nem usufruo de mordomia. Sei que é uma mentirinha porreta, mas gozo de imunidade. Ficha suja? A gente rasga. Faço tudo dentro da lei. Portanto, moral ilibada. Na verdade, não faço leis sozinho. Nosso trabalho é solidariamente corporativo. Não agrego propina a determinadas partes do corpo. A outras, sim. Quando o faço, o Pai Eterno sabe, na sua onisciência, que é por motivo de segurança. Afinal, todo o mundo sabe, no Brasil, ladrão anda à solta. Se gritar “pega ladrão”, não fica um, meu irmão. Deus me livre! Que país é esse, Cazuza?

corrupcao-brasil-lava-jato-pretrobras

– Até que não tenho muito mais o que pedir, apesar de sempre se poder arranjar mais e mais: meu espaço está garantido; nem necessito de descarrego. O Brasil, não é de hoje, é taxado na rubrica “deitado eternamente em berço esplêndido”. A vida até que poderia ser ainda melhor não fossem uns babacas do PT, não do Partido dos Trabalhadores, mas do Partido da Transparência. Por sinal, um partido na clandestinidade, pois nem registrado é na Justiça Eleitoral. Aliás, como homem público, estou estarrecido. Nossos telejornais jorram sangue aos borbotões, tiros explodem televisores. Nem nossa polícia nem nossa Justiça conseguem colocar tanto ladrão de galinha na cadeia. E como andam soltos por aí!

– Desses amigos do alheio, livrai-me, Senhor! Senhor, tende piedade dos otários porque, segundo dizem, merecerão o reino dos céus. Eu, por mim e por via das dúvidas, estou conquistando o meu aqui mesmo. Assim foi. Assim é. Assim seja. Assim será.

[author] [author_image timthumb=’on’]https://www.duniverso.com.br/wp-content/uploads/2014/03/foto-antonio-oliveira.jpg[/author_image] [author_info]O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com[/author_info] [/author]

Imagens: sxc.hu

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.