Tecnologias verdes lança primeira usina osmótica do mundo

Tecnologias verdes lança primeira usina osmótica do mundo

Primeira usina osmótica do mundo foi inaugurada em Tofte, na Noruega nesta data.
Ainda em fase de testes, o protótipo promete ser uma fonte de energia limpa, renovável e facilmente integrada às zonas industriais existentes. A usina aproveita a energia disponível em um processo que ocorre naturalmente no encontro entre água doce e água salgada por meio de uma membrana: a osmose.

Usina inaugurada hoje na Noruega: potencial de energia osmótica seria capaz de gerar 50% da atual produção da União Européia - Imagem: Statkraft
Usina inaugurada hoje na Noruega: potencial de energia osmótica seria capaz de gerar 50% da atual produção da União Européia – Imagem: Statkraft

Paula Rothman, de INFO Online Terça-feira, 24 de novembro de 2009 – 17h28

O termo pode não ser usado no dia-a-dia, mas deve soar familiar para quem se lembra das aulas de biologia do colégio. Osmose é o processo de passagem da água de um meio menos concentrado para um mais concentrado através de um membrana semi-permeável.
Pensando nesse processo, a empresa Statkraft inaugurou hoje o primeiro protótipo que gera eletricidade explorando a energia disponível quando água doce e água salgada se misturam.

Na usina osmótica, a água doce e a salgada são encanadas para câmaras separadas por uma membrana artificial. As moléculas de sal atraem a água doce através da membrana, causando uma pressão do lado da água marinha equivalente a uma queda d’água de 120 metros. Essa pressão pode ser usada para girar uma turbina e gerar eletricidade.
As pesquisas com energia osmótica vêm sendo feitas pela Statkraft há mais de dez anos e, de acordo com os cálculos da empresa, o potencial global é de 1.600 a 1.700 TWh por ano – o equivalente a 50% da produção atual de energia da União Européia.

Entenda o processo obseravando a imagem abaixo:

Imagem: info.abril.com.br
Imagem: info.abril.com.br

Por enquanto, o protótipo só produz até 4 kw, mas em pouco tempo deve chegar aos 10kW. Até 2015, a empresa espera construir usinas completamente operantes.

Fonte:
info.abril.com.br

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

3 comentários em “Tecnologias verdes lança primeira usina osmótica do mundo

  • 12/01/2010 em 20:03
    Permalink

    Muito legal, depois de aprovada, será muito útil para a natureza.
    Abraços forte

  • 12/01/2010 em 22:16
    Permalink

    Olá amigo, este tipo de energia deveria ser seguido por todos os países. Nós e a natureza vamos agradecer muito.

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.