Como utilizar legging no dia a dia

Como utilizar legging no dia a dia

Com dicas fáceis, a peça esportiva pode tornar-se item coringa do armário

O desenvolvimento de tecidos com a fibra sintética elastano permitiu o surgimento de peças mais justas ao corpo, atendendo, especialmente, à necessidade de opções mais flexíveis para a prática de atividades físicas.

Assim, em meados dos anos 80, a legging tornou-se um ícone do guarda-roupa feminino, imprimindo praticidade e conforto aos looks esportivos.

A calça de shape justo — cuja principal característica é o comprimento abaixo do tornozelo — é versátil, charmosa e ainda alonga a silhueta. Não demorou, portanto, para que ela invadisse as produções do dia a dia, consagrando-se como coringa em todas as estações.

Um dos principais pontos de atenção para começar a investir é a qualidade do tecido. Propostas têxteis muito finas podem resultar em um indesejado efeito de transparência, principalmente na cor branca. Tecidos mais estruturados trazem maior segurança nesse sentido.

Da mesma forma, a numeração correta faz toda a diferença para que a legging seja adequada para as diversas ocasiões de uso. Uma calça de numeração menor pode, também, destacar pontos transparentes no look.

Já na hora de escolher os itens secundários, algumas dicas podem ajudar. Como a legging é uma peça justa, ela acaba, naturalmente, marcando algumas regiões do corpo. Na dúvida, maxiblusas e vestidos assimétricos são certeiros, pois cobrem o quadril. Para os pés, sapatos da mesma cor da calça reforçam o efeito longilíneo e facilitam a composição.

Versatilidade da legging para diversas ocasiões

Um dos complementos mais óbvios da legging é o tênis, acompanhado por camiseta ou moletom — combinação clássica do estilo esportivo. Para quem não abre mão do conforto do calçado, é possível tornar a produção mais casual com pequenas substituições. O moletom pode dar lugar a peças mais pesadas, como jaquetas e acessórios de impacto. Além disso, a esportividade do tênis é facilmente equilibrada com sobreposições e coletes mais despojados.

Durante o inverno, cores mais claras trazem leveza ao visual. Trench coats, com suas modelagens mais alongadas, são ótimas apostas. Blusas de tricô e casacos quentes também garantem looks atemporais nas temperaturas mais baixas, finalizados com botas ou sapatos estilo oxford.

O frio também permite o uso das leggings de montaria, inspiradas na vestimenta utilizada por amantes da prática esportiva. Mais quentes, elas costumam trazer um reforço de camurça nas laterais internas ou recortes verticais de tecidos diferentes. Juntamente com botas de cano alto ou curto, elas aquecem a produção.

Já para os dias mais quentes, vale lançar mão de tecidos mais frescos e que permitem que a pele “respire”. Nesses dias, as estampas são bem-vindas, pois conversam com o astral da estação, basta combiná-las com cores neutras e lisas. Em momentos mais ousados, as croppeds podem ser adotadas com jaquetas mais estruturadas, promovendo um contraste interessante. As sapatilhas arrematam o combo.

Os looks de trabalho pedem uma dose de elegância. Camisas soltas funcionam bem com blazers acinturados e sapatilhas discretas. Sandálias de tiras finas ou sapatos de bico fino contrapõem peças esvoaçantes e amplas. Sofisticado, o look total black permite abusar da assimetria e de acessórios mais divertidos e coloridos. E para alongar ainda mais a silhueta, sapatos de salto sem detalhes no calcanhar são a melhor opção.

O avanço da tecnologia também permitiu o surgimento de versões mais maleáveis do couro. Com brilho suave natural, o tecido é perfeito para compor looks de festa, combinado com blusas mais trabalhadas, rendas e bordados. Para uma proposta mais robusta, invista em coturnos, eles trazem um ar rocker e moderno.

E as meggings?

De forma ainda tímida, a moda masculina passou a aderir à legging como item permanente do guarda-roupa. As chamadas meggings começaram a ser utilizadas de forma mais ativa na prática de esportes, ganhando adeptos graças ao conforto garantido durante as atividades, especialmente com as versões sem costura.

Assim como o público feminino, os homens também acabaram encontrando nessa modelagem uma ótima opção para encarar ocasiões mais casuais. Além de sua versatilidade no inverno, as leggings masculinas podem ser facilmente combinadas com jaquetas, blusões, camisetas mais longas e até com shorts.

Em momentos mais despretensiosos, os modelos texturizados garantem estilo sem esforço. Construções mais pesadas, com coturnos e jaquetas de couro, carregam personalidade e podem ser harmonizadas com camisetas básicas, de um jeito simples, mas nada previsível.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.