Sérgio Mendes: Bossa Nova from Brazil to the world.

Deliciosamente envolvente, a música deste gênio do swing sonoro!

Filho de médico, nascido a onze de fevereiro de 1941 em Niteroi, Sérgio Mendes começou a estudar música no conservatório ainda criança, com a intenção de se tornar pianista clássico. Mendes já estava morando no Rio de Janeiro quando surgiu a moda da Bossa Nova no final dos anos cinqüenta e com a idade de quinze anos, abandonou a música clássica pela sua nova paixão.

Mendes em 1962, depois de participar do show no Carnegie Hall ele tocou no Birdland com Cannonball Adderley, um show que só foi lançado pela Capitol anos depois. Seus álbuns iniciais álbuns como “Bossa Nova York” e “Girl From Ipanema”, foram extremamente influenciados por Tom Jobim. Em 1964 ele mudou para os Estados Unidos, inicialmente para tocar nos álbuns de Tom Jobim e Art Farmer; no ano seguinte ele criou o “Brasil 65”.

Mendes fez também várias gravações para a Atlantic, dirigidas para uma audiência de jazz light, tendo nelas participações de Jobim, Art Farmer, Phil Woods, Hubert Laws e Claire Fisher, obtendo até o final da década de 1960 sucesso internacional e financeiro.

Durante os anos noventa, Mendes formou um grupo novo o “Brasil 99”, e mais recentemente o “Brasil 2000”, integrando sons de hip-hop e da Bahia em sua música.

Assim como Bebel Gilberto apaixonada por Bossa Nova, e muitos outros brasileiros que fazem muito sucesso lá fora, a parcela mais jovem do Brasil talvez não o conheça de nome mas com certeza a maioria já o ouviu, pois
além de gravar com Fergie e outros grandes nomes internacionais, influenciou também ao famoso grupo Black Eyed Peas muito querido por aqui, gravando com eles um “Feat” na música “Mas Que Nada”.

Caso nunca tenha visto, conheça um pouco de Sérgio Mendes nos vídeos abaixo!

Divirta-se e grande abraço!

Ao vivo:

Versão Fergie:

Sérgio Mendes
Sérgio Mendes

Saiba mais nas fontes:
clubedejazz.com.br
sergiomendesmusic.com

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

2 comentários em “Sérgio Mendes: Bossa Nova from Brazil to the world.

  • 22/12/2009 em 11:25
    Permalink

    Sensacional show de bola.
    Abraços forte

  • 23/12/2009 em 04:55
    Permalink

    Saudações Natalinas!
    Amigo Thomas,
    Que Post Fantástico!

    Sérgio Mendes, é um dos melhores músicos que o Brasil tem lá fora, ou seja, é um nome consagrado. Se bem, ao que parece, sua criatividade não tem fronteiras, é bastante ouvido na Europa, países do caribe e não se pode deixar de registrar a leva de cantores nacionais que pegaram carona de suas composições!
    Parabéns pela escolha da semana!
    Parabéns pelo magnífico Post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.