Renegado é o rapper mineiro do aglomerado

Renegado é o rapper mineiro do aglomerado

Um suingue no imaginário deste Rapper mineiro que conquista o mundo a cada dia e fascina por sua origem, e descendência que apesar das adversidades mudou sua história e da comunidade onde nasceu, o Aglomerado do Alto Vera Cruz, região periférica e violenta de Belo Horizonte.
Atribui grande parte de seu sucesso à educação recebida sua mãe, D. Regina, que o manteve sempre em linha direta com a honestidade e os bons costumes.
Sua música contém uma mistura sem limites de samba, reggae, ragga, MPB e o que mais ele achar conveniente, ou não (rsrs).

Considerado por muitos especialistas a maior revelação da música Mineira entre 2008 e 2010, Renegado, o garoto-propaganda do programa Vozes do Morro do Governo Estadual, esbanja simpatia e carisma e muito talento por onde transita, abocanhando dois prêmios Hutuz: Artista Revelação e Melhor Site, que por sinal é um dos melhores em que já naveguei por aí (veja abaixo nas fontes).

Capa do site.

Seu disco “Do Oiapoque a Nova York” tem como produtor o renomado Daniel Ganjaman que entre outros assinou trabalhos com Otto e Sabotage. Segundo Ganjaman o disco tem um diferencial dentro da cena hip hop brasileira, tanto pela diversidade sonora quanto pelo teor das letras, conseguindo um meio termo entre a temática do rap feito na periferia e a poesia e o verso da música popular brasileira. Coisa rara dentro do mundo do hip hop.

Aglomerado Alto Vera Cruz.

Renegado que também é instrumentista, utiliza o violão nas suas músicas e apresentações diz que o rap passa por uma transição e ficar bad trip o tempo inteiro, é complicado: “Acho que a minha música não tem o peso de quem mora na periferia; ela tem é a perspectiva de melhora pra quem mora na periferia”, diz ele.
Praticante de Capoeira, aos treze começou a cantar e a participar dos movimentos sociais da comunidade, acumulando na bagagem apresentações por todo o Brasil e exterior em países como Cuba, Venezuela e Quênia a bordo do grupo NUC (Negros da Unidade Consciente) o qual é um dos fundadores, além de ser protagonista do filme “Ponto Org”, da diretora Patrícia Moran.

Visitem o site e conheçam mais sobre o fera.
Forte abraço!

Fontes:
arebeldia.com.br (site do Renagado)
afroencias.com.br
conexaovivo.com.br
rollingstone.com.br
recbeat.uol.com.br

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.