Dinamarca. O maior campo de energia eólica offshore do mundo!

Imagem: tv1.rtp.pt/noticias
Imagem: tv1.rtp.pt/noticias

Dinamarca possui o maior campo de energia eólica offshore (instalado em águas) do mundo. O Horns Rev 2 entrou em operação em setembro e tem 91 turbinas, espalhadas numa área de 35 quilômetros quadrados no Mar do Norte.

Quando estiver em plena capacidade, produzirá energia equivalente ao consumo de uma cidade de 200 mil habitantes. O investimento, de 469 milhões de euros, representa a retomada dos grandes projetos em energia eólica na Dinamarca, o país que transformou o vento em alternativa para a geração de eletricidade limpa.
Horns está situado a 30 km da ilha de Jutland, uma das que formam o arquipélago da Dinamarca. Sua construção, um desafio por ser o mais distante da costa já erguido, é apresentada pelo governo como uma obra de arte da engenharia e envolveu 600 engenheiros e operários em dois anos de trabalhos. O campo de energia eólica offshore do país tornou-se o maior do mundo tanto em capacidade – produzirá 210 megawatts de eletricidade por ano -, quanto em número de geradores.

Foto: Divulgação/Dong Energy

Foto: Divulgação/Dong Energy

Além da grandeza da construção, suas turbinas, instaladas em 13 linhas de sete geradores, interconectados por uma rede de 70 quilômetros de cabos de fibra ótica, também são um feito em si. Fabricadas pela Siemens Wind Power, uma companhia dinamarquesa com capital alemão, são o que há de mais moderno já concebido pelo homem para a produção de energia com o vento.
Gigantes, têm entre 30 e 40 metros abaixo do nível do mar e até 114,5 metros de acima, considerando-se a extremidade da hélice mais alta. Para se sustentar no fundo de um mar arenoso e sujeito à erosão, cada uma foi erguida sobre uma fundação de toneladas de rochas, depositadas no fundo, em profundidades que variam de 9 a 17 metros.

O maior campo de energia eólica sobre as águas. 91 turbinas, na costa da Dinamarca.

Cerca de 20% de toda a energia elétrica consumida na Dinamarca vem de usinas eólicas, o que mostra seu enorme potencial. Mas, paradoxalmente, mostra também as limitações para um uso mais amplo pelo mundo.
A energia eólica ajudou a economia dinamarquesa a crescer quase 75% desde 1980 e as emissões de CO2 caíram quase 20% nesse período, fazendo com que o país seja um dos poucos a ter cumprido a meta do Protocolo de Kyoto.
O sistema funciona muito bem na Dinamarca, uma das economias mais desenvolvidas e eficientes do mundo, mas possivelmente enfrentaria sérias limitações em outros países. O modelo dinamarquês exige mercados sofisticados, um sistema elétrico integrado, estabilidade regulatória e de alta capacidade gerencial.
Outro problema é que a quantidade de energia produzida oscila muito, segundo a intensidade do vento. Usinas termo ou hidrelétricas têm produção muito mais constante.

A energia eólica é a energia que provém do vento. O termo eólico vem do latim aeolicus, pertencente ou relativo a Éolo, Deus dos ventos na mitologia grega e, portanto, pertencente ou relativo ao vento.

Imagem: camaraecamara.wordpress.com
Imagem: camaraecamara.wordpress.com

Conversão em energia mecânica
A energia eólica tem sido aproveitada desde a antiguidade para mover os barcos impulsionados por velas ou para fazer funcionar a engrenagem de moinhos, ao mover as suas pás. Nos moinhos de vento a energia eólica era transformada em energia mecânica, utilizada na moagem de grãos ou para bombear água. Os moinhos foram usados para fabricação de farinhas e ainda para drenagem de canais, sobretudo nos Países Baixos.

Imagem: img.olhares.com

Imagem: img.olhares.com

Conversão em energia elétrica
Na atualidade utiliza-se a energia eólica para mover aerogeradores – grandes turbinas colocadas em lugares de muito vento. Essas turbinas têm a forma de um catavento ou um moinho. Esse movimento, através de um gerador, produz energia elétrica. Precisam agrupar-se em parques eólicos, concentrações de aerogeradores, necessários para que a produção de energia se torne rentável, mas podem ser usados isoladamente, para alimentar localidades remotas e distantes da rede de transmissão. É possível ainda a utilização de aerogeradores de baixa tensão quando se trate de requisitos limitados de energia elétrica.

PUBLICIDADE:

Vídeo interessante, ilustrando como o vento e a natureza podem ser aliados, dependendo de como fazemos uso deles.

Vencedor do Leão de Ouro em Cannes, este comercial foi produzido pela Epuron.

A energia eólica é hoje considerada uma das mais promissoras fontes naturais de energia, principalmente porque é renovável, ou seja, não se esgota. Além disso, as turbinas eólicas podem ser utilizadas tanto em conexão com redes elétricas como em lugares isolados.
Em 2005 a capacidade mundial de geração de energia elétrica através da energia eólica era de aproximadamente 59 gigawatts, – o suficiente para abastecer as necessidades básicas de um país como o Brasil – embora isso represente menos de 1% do uso mundial de energia.

Energia eólica no Brasil

Imagem: pt.wikipedia.org

Parque eólico de Osório no Rio Grande do Sul, a energia eólica responde por 0,2% da energia produzida no país.

No Brasil, a energia eólica é bastante utilizada para o bombeamento de água na irrigação, mas quase não existem usinas eólicas produtoras de energia elétrica. No final de 2007 o Brasil possuía uma capacidade de produção de 247 MW, dos quais 208 MW foram instalados no decorrer de 2006. O Brasil é o país da América Latina e Caribe com maior capacidade de produção de energia eólica.
O primeiro projeto de geração no país foi desenvolvido em Pernambuco, na ilha de Fernando de Noronha, para garantir o fornecimento de energia para a ilha que antes só contava com um gerador movido a diesel.
Quase todo o território nacional possui boas condições de vento para instalação de aerogeradores. A energia eólica brasileira teve um grande impulso com o programa do Governo Federal, o Proinfa, que possibilitará a instalação de novas usinas em diversas localidades brasileiras, principalmente no litoral nordestino e no litoral sul do Brasil. Desde 2000 foram instaladas as usinas de Mucuripe (Fortaleza-CE), Prainha (CE), e os maiores são o Parque eólico de Osório (RS), que produz 150 MW e o Parque eólico de Rio do Fogo (RN) que produz 49,3 MW.

O Beluga
Com a corrida frenética em busca de energia, muitos países e setores da indústria procuram novas formas – mais baratas e limpas – de obter energia. Em todo o mundo a energia eólica vem ganhando espaço. Na Espanha, por exemplo, em um dia de ventos mais fortes, cerca de 40% (cerca de 9.800 megawatts) do país é abastecido exclusivamente por esse tipo de energia.
Outro grande exemplo da utilização da energia dos ventos é o MS BELUGA SKYSAILS. Um cargueiro parcialmente movido por um kite (vide foto) que tem como objetivo principal reduzir os custos com combustível. Em sua primeira viagem, da Alemanha à Venezuela, o cargueiro conseguiu uma redução no consumo de combustível de até 35%, dependendo das condições do vento.

Imagem: ecoperiodico.com

Imagem: ecoperiodico.com

lookverde.com ? energiaeficiente.com.br ? camaraecamara.wordpress.com

olhardigital.uol.com.br ? fayerwayer.com.br ? ecoperiodico.com

pt.wikipedia.org  ?  tv1.rtp.pt/noticias ? bemparana.com.br ? blogs.funiber.org

planetasustentavel.abril.com.br ? ecodebate.com.br ? opiniaoenoticia.com.br

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

3 comentários em “Dinamarca. O maior campo de energia eólica offshore do mundo!

  • 30/12/2009 em 19:10
    Permalink

    Saudações!
    Que Post Fantástico!
    Amigo Thomas, já conhecia um pouco, mas como o seu texto é completo, me inteirei mais sobre a melhor energia limpa que há no mundo.
    São fascinantes os benefícios que o sistema proporciona, e depois, não é caro, uma vez que em médio tempo os investimentos retornam.

    Meu amigo, tem uns dados em seu post que gostaria de anotar, favoritei e vou fazer posteriormente com a atenção devida.
    Parabéns pelo excelente Post!
    Desejo-lhe um 2010 coroado de mais vitórias, com muita saúde, dinheiro no banco, no bolso e paz em Seu Bondoso Coração, que assim seja!

    Boas Festas e
    Feliz Ano Novo!
    LISON.

  • 30/12/2009 em 19:40
    Permalink

    Amigo muito boa matéria, passei a conhecer mais sobre este assunto tão pontual.
    Abraços forte

  • 31/12/2009 em 16:14
    Permalink

    Parabéns colega! Realmente uma matéria muito rica no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.