Como lavar e secar as roupas sem estragar

Como lavar e secar as roupas sem estragar

Muita gente acaba se chateando ao comprar uma peça e ver que ela está desbotada ou esgarçada depois de pouco tempo. Isso, em geral, tem relação tanto com a qualidade do tecido quanto com a execução da lavagem. Nesse segundo caso, os métodos de lavagem podem estar sendo muito agressivos ou até mesmo inadequados para alguns tipos de roupa. Tudo isso gera mais prejuízos e até mesmo a perda de algumas peças, em razão de manchas ou danos permanentes. Por isso, vale a pena entender bem a natureza do tecido e encontrar a melhor maneira de tê-lo sempre cheiroso, sem que isso signifique que ele vai perder as características originais. Com cinco passos básicos você consegue lavar da melhor maneira e aproveitar suas roupas por mais tempo:

Instruções

As etiquetas de todas as roupas contém as instruções necessárias para lavá-las. Muita gente dispensa essa pesquisa, mas vale a pena considerar as especificações de cada peça e tecido para não cometer erros graves. Principalmente no caso de roupas mais elegantes e elaboradas, que você deseja preservar com ainda mais cuidado. O triângulo se refere ao uso de alvejante. Caso ele apareça simples, é permitido usar; caso haja um “x” sobre ele, o uso é vetado; e caso haja “CL” em seu interior, somente usar os produtos com cloro. Um pote representa o tipo de lavagem. Se ele estiver cheio, significa que pode ser lavado à mão ou à máquina. O número no interior indica a temperatura máxima da água e o risco na parte inferior fala da centrifugação reduzida. Caso haja uma mão desenhada, lave apenas à mão.

Separar

A atitude básica na hora de cuidar das roupas e evitar as manchas é também separar bem os itens. A começar pelas cores: as coloridas vão em uma lavagem e as brancas vão em outra. As mais escuras geralmente perdem tinta e acabam por manchar completamente as que são brancas ou possuem cores mais claras. Toalhas e lençóis também vão separados, já que são lavados com menor frequência, são mais pesados e acumulam mais sujeira. Além disso, opte também por sempre deixar a máquina cheia na hora de lavar, sem realizar diferentes lavagens durante a semana. Isso reduz os gastos com água, já que a cada nova lavagem muitos litros são desperdiçados. Separe também as mais delicadas para uma lavagem específica. Além disso, é preciso também garantir que as roupas sejam colocadas na máquina da maneira mais adequada. No caso dos zíperes, a melhor maneira é sempre fechar todos antes de começar a lavagem.

Como-lavar-e-secar-as-roupas-sem-estragar

Sabão

A escolha do sabão adequado é tão importante quanto o uso de uma boa máquina de lavar. Vale investir em uma lavadora mais moderna, encontrada aqui, que garanta também vários tipos de lavagem, categorias específicas para alguns tipos de roupa e a possibilidade de lavar até mesmo os tênis e alguns calçados. O sabão em pó geralmente é usado mais nas peças brancas: ele é um pouco mais agressivo e ajuda a remover as manchas e o amarelado. Uma mistura pode ser feita com o sabão líquido e em pó, ajudando a remover as sujeiras mais resistentes. Leia sempre as instruções nas embalagens antes de aplicar qualquer produto.

Na hora de secar

O processo de secagem é também muito importante para o cuidado com as roupas. Opte sempre por secar à sombra, o que garante um cuidado maior com as cores e tecidos. Evite expor diretamente ao sol, que acaba prejudicando os fios e também desbotando as roupas mais escuras. Para evitar amassados ou vincos na roupa, sempre a posicione da melhor maneira para garantir o melhor aspecto ao retirar e antes de passar. Uma dica é, no caso das roupas mais delicadas, colocar sempre a roupa sobre uma toalha seca. Isso evita que o varal crie marcas sobre a roupa.

Como pendurar

A maneira de pendurar pode ser decisiva, principalmente no caso dos tecidos mais delicados e sensíveis. Por isso, as camisas devem ser sempre penduradas com a ajuda de um cabide. Isso as mantém mais estruturadas e facilita na hora de passar. Opte também por varais maiores e mais amplos, sempre posicionados em uma região de circulação de ar. Sempre que possível, deixe que as roupas sequem naturalmente. O uso das secadoras com muita frequência acaba por também prejudicar a estrutura de alguns tecidos e malhas.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.