Conheça a história do Halloween e suas tradições no mundo

Conheça a história do Halloween e suas tradições no mundo

O Halloween é tradicional nos Estados Unidos, mas também é comemorado em outras partes do mundo.

Quando se fala em Halloween imediatamente você se lembra dos filmes americanos — principalmente os de terror — e das crianças pelas ruas pedindo doces ou travessuras.

A verdade é que essa festa não surgiu nos Estados Unidos e não é uma data comemorada apenas nesse país.

Tanto isso é verdade que muitas mães já receberam na agenda dos filhos a notificação de uma festa de Halloween na escola. A partir daí, tiveram que ir atrás de uma fantasia e outros detalhes, para tornar esse momento divertido para os pequenos.

Mas afinal, você sabe como surgiu o Halloween, ou o Dia das Bruxas, como é conhecido no Brasil?

Tradição muito antiga

Engana-se quem acredita que o Dia das Bruxas surgiu nos Estados Unidos. Mas na verdade, essa é uma tradição ainda mais antiga, ela já era realizada pelo povo Celta, devido a uma crença de que no último dia do verão — que no hemisfério norte acontece exatamente no dia 31 de outubro — os espíritos dos mortos deixariam os cemitérios para tomar os corpos dos vivos.

Com o objetivo de assustar os supostos espíritos, os Celtas tinham o hábito de decorar as casas com ossos, caveiras e tudo o que fosse bastante assustador.

Inclusive, a palavra Halloween, como conhecemos hoje, deriva de All Hallows Eve, que traduzido para o português, significa “véspera de todos os mortos”. No caso, seria o dia 1 de novembro, também chamado de Dia de Todos os Santos e que antecede o dia de Finados, 2 de novembro.

Comemoração pelo mundo

Cada país comemora o Halloween de uma forma diferente, apesar disso, o intuito é que as crianças possam se divertir ou que seja possível homenagear pessoas que já se foram.

Irlanda

Na Irlanda, enquanto os adultos constroem fogueiras para comemorar a data, as crianças passeiam pelas ruas para pedir por doces ou travessuras.

México

No México não é comemorado o Halloween. Por lá, a tradição mais comum é a comemoração do Dia de los Muertos, que acontece em 2 de novembro. A festividade começa oficialmente no dia 31 de outubro e se encerra no Dia dos Mortos. O intuito é homenagear entes queridos que já faleceram levando aos seus túmulos tudo aquilo que eles gostavam.

Na noite do dia primeiro dia é feito um pequeno evento que reúne amigos e família, e o objetivo é celebrar. Todos comem e bebem enquanto esperam a madrugada, em que, supostamente, os mortos devem aparecer.

É comum também pintar o rosto com a famosa caveira mexicana ou carregar algum item que tenha seu desenho. Essa figura representa uma proteção contra os maus espíritos e é muito comum no Dia dos Mortos.

Tailândia

A Tailândia também celebra o Dia das Bruxas. Nessa região, eles acreditam que fantasmas e espíritos estão circulando entre os homens durante a data.

Para celebrar e afastar tudo de ruim, são feitos desfiles e há muita música. Todas as comemorações são feitas com a presença da imagem de Buda para garantir a proteção e a boa energia.

China

Na China, a comemoração também tem o objetivo de homenagear aqueles que já se foram. O Festival das Lanternas consiste em colocar comida e água em frente a uma fotografia de um parente ou amigo que faleceu e acender fogueiras ou lanternas.

O objetivo é iluminar o caminho destes que já partiram, já que se acredita que esta é uma noite em que vagam perdidos pela terra.

Escócia

A Escócia foi o primeiro país que usou o termo Halloween como uma forma de abreviar All Hallows Eve. Nessa região, a celebração é muito semelhante ao que é visto no Brasil e nos Estados Unidos. Se tratava de uma data de pegadinhas e travessuras, já que as bruxas e outros seres ruins poderiam vagar livremente pela terra.

Para afastá-los, as pessoas faziam jogos de adivinhação e iam bater em cada casa para pedir por doces ou dinheiro. Hoje a tradição está mais ligada ao famoso “doces ou travessuras”.

Crianças e adultos se fantasiam de bruxas, fantasmas e outras criaturas macabras, e saem pelas ruas pedindo doces ou fazendo alguma brincadeira com os moradores.

Agora você já sabe como funciona a comemoração do Halloween em algumas partes do mundo! Deu para perceber que para alguns países é algo muito mais religioso do que uma brincadeira.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.