Qual a solução para a falta de moradias no Brasil?

Qual a solução para a falta de moradias no Brasil?

Com um déficit aproximado de 8 milhões de moradias o Brasil necessita urgente buscar soluções cada vez mais rápidas no que se refere a construção civil.
Talvez uma das opções seja o método CES (Construção Energitérmica Sustentável) conhecido também como Sistema Construtivo Framing.

Um dos pilares de defesa do sistema está na rapidez, fidelidade orçamentária (quem já não fez uma reforminha ou obra, que no início iria ficar no valor “X” e no final saiu por 3 vezes o previsto?), qualidade da construção, fácil adaptação a variados projetos entre outros, e é claro, ser sustentável.
A baixa emissão de CO2 é outro ponto forte do sistema, reduzindo em até cinco vezes em comparação com o sistema tradicional.
De acordo com os fabricantes as construtoras e proprietários de imóveis farão grande economia, pois menos de 1% de resíduos sólidos são gerados durante as obras.

Um exemplo de aplicação do sistema vem do Chile.
Devastado por terrível terremoto em fevereiro de 2010 quando cerca de 800 mil pessoas ficaram desabrigadas, o governo chileno precisava de soluções rápidas e escolheu o Sistema Construtivo Framing.
Segundo as autoridades chilenas foi um sucesso.

O SISTEMA de acordo com o fabricante:
É uma construção a seco (praticamente não se usa água), onde são utilizadas estruturas de perfis leves que podem ser de aço ou de madeira e de painéis estruturais OSB (conheça OSB aqui: http://www.lpbrasil.com.br/produtos/lp-techshield.html).
Podem ser aplicados na parede, pisos, lajes e telhados em edificações comerciais e residenciais de até cinco andares.
O painel ou chapa estrutural de OSB apresenta alta resistência por ser composto por tiras de madeira orientadas segundo uma determinada direção. Além da segurança, a tecnologia Framing apresenta outras vantagens em comparação a processos convencionais. O prazo de execução da obra (pode ser reduzido em até 60%), reduzindo drasticamente os custos.

Além disso, sua eficiência térmica e acústica melhor que a convencional, desperdiça menos material e gerando muito menos resíduos.
Quem quiser conhecer mais de perto o sistema poderá ir a Feicon 2011 que acontece no Anhembi em São Paulo entre os dias 15 e 19 de março, onde a fabricante promete expor uma casa de 130m2 feita com o sistema.
E você, o que você acha desta tecnologia? Já conhecia?
Grande abraço!

Fontes:
lpbrasil.com.br
araucaria.pr.gov.br

Imagens:
lpbrasil.com.br
bonde.com.br
atitudesustentavel.uol.com.br

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

4 comentários em “Qual a solução para a falta de moradias no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.