Dicas e segredos de Rice Araújo para uma boa caricatura

Dicas e segredos de Rice Araújo para uma boa caricatura

1 – Todo o traço foi feito a lápis e escaneado. No Photoshop deixei essa camada do lápis em modo multiply e sobre todas as outras que fui criando depois para manter essa textura sempre a vista.
2 – Em seguida, no Photoshop apliquei uma cor chapada de fundo com a camada em multiply
3 – Numa terceira camada apliquei com o aerógrafo em 30% um tom de cor um pouco mais claro nas luzes e um tom mais escuro para aumentar o volume nas áreas escuras. A vantagem de se usar uma porcentagem de 30% é que dá pra ter mais controle.

caricatura-adoniran-barbosa-rice-araujo

4 – O mesmo procedimento foi usado no chapéu, porém com um tom mais esverdeado e com um tom um pouco mais escuro aumentei os volumes de sombra. Também aqui foi criada uma nova camada, permitindo mudar o nível de transparência. Fiz também o branco do olho e a pupila numa camada separada.
5 – Apliquei algumas áreas de branco em uma nova camada e com a borracha em cerca de 5% apaguei um pouco em algumas áreas a camada mais escura que estava por baixo. Essa forma de clarear algumas áreas é bacana porque as vezes se tem mais controle do que aplicar uma cor mais clara por cima.
6 – Numa outra nova camada em multiply apliquei um tom de marrom mais “quente”. Normalmente trabalho já com o desenho selecionado para não ter que apagar as pinceladas que invadem o fundo branco mas nesse caso deixei para que se pudesse ver o tom de cor utilizado.
7 – Na camada de cima, também com multiply apliquei um tom quase preto para reforçar o volume. A vantagem do multiply é que a camada funciona como se fosse ecoline, somando e preservando os detalhes das camadas inferiores.

dicas-segredos-da-ilustracao-rice-araujo

8 – Aqui mudei um pouco a cor do chapeu, selecionando essa área e aumentando o brilho e o contraste, em seguida apliquei o tom de cinza com pincel. Um detalhe interessante é que usei multiply tanto na camada quanto no próprio pincel, dessa forma a cada passada a cor ficava mais forte, semelhante a uma aquarela. Reforcei com o aerógrafo algumas áreas de luz no rosto e esfumacei com o dedo. Com o pincém bem pequeno colori alguns detalhes como a boca, brilho dos olhos, etc.
– No final apliquei no fundo uma textura feita a lapis e escaneada anteriormente e recortei no formato do mapa de São Paulo.

Essa é uma forma de colorizar interessante porque se tem bom controle através das várias camadas, podendo-se inclusive alterar a transparência de cada uma.
Chegou no resultado meio envelhecido que eu queria, porém é um processo um pouco lento se comparado com outras formas de se colorir digitalmente.
Não sou um especialista em fazer passo-a-passos, então se surgir alguma dúvida não se acanhe de perguntar porque até me ajuda a melhorar, ok. Valeu!

[author] [author_image timthumb=’on’]https://www.duniverso.com.br/wp-content/uploads/2014/05/rice-araujo-perfil.jpg[/author_image] [author_info]Rice Araújo além de artista plástico, quadrinhista, ilustrador, cartunista, chargista, caricaturista e tantos outros adjetivos, é pessoa ímpar de rara convivência. Obteve vários prêmios em festivais de humor, inclusive da Bienal Internacional de Quadrinhos, dois primeiros lugares nos Festivais de Humor de Santos, 2º lugar em caricatura no Festival de Humor de Paraguaçu Paulista e duas vezes primeiro colocado nas mostras de Humor de Mauá. Criou vinhetas para Rede Globo, participou de vários livros, obteve a primeira colocação no Salão Universitário de Humor de Piracicaba nas categorias charge e cartum, onde recebeu também também menção honrosa em caricatura e o Prêmio Portifolio Especial além do 4º lugar no 11º Salão Internacional de Barakaldo, na Espanha. Entre muitos outros.[/author_info] [/author]

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.