Como lidar com a vaidade na infância

Como lidar com a vaidade na infância

As crianças se espelham nos adultos e por isso é natural que em algumas fases imitem seus pais ou as pessoas a sua volta. As meninas se interessam por maquiagens, salto alto e acessórios que até certo ponto pode ser saudável. Porém, o excesso de vaidade pode ser prejudicial e fazer com que a criança perca a sua identidade.

A vaidade em crianças pode estar ligada no prazer de chamar a atenção, pois ela acaba encontrando na beleza uma forma de ser admirada por todos. Isso não é um problema desde que a criança não perca sua essência de ser criança. Já conhecemos a frase “tudo em excesso faz mal” e com a vaidade não podia ser diferente, pois quando criança passamos pela fase de construção da personalidade e alimentar uma vaidade excessiva pode prejudicar essa fase.

Hoje existem muitos produtos infantis que imitam os adultos, porém cabe aos pais avaliarem o que realmente cabe à criança. Os calçados infantis são produzidos em diversos modelos e estilos e muitos com salto. Na hora de escolher é importante que não comprometa o desenvolvimento saudável dos pés e que o salto seja de até dois centímetros. O calçado infantil errado pode também influenciar na saúde da criança, por isso é importante optar pela qualidade e conforto, além da vaidade.

como-tratar-vaidade-na-infancia

Imagem: reprodução pixabay.com

Já os produtos, como maquiagem e acessórios, existem apropriados para as crianças, porém é importante entender qual a influência que é predominante. Lembrando que não é um problema adquirir uma maquiagem infantil, mas é importante entender a importância daquilo para a criança. Ela precisa ser criança acima de tudo.

Durante a fase em que a criança desperta a vaidade é importante observar os valores que estão sendo absorvidos pelo pequeno. O adulto deve estimular que a criança aproveite o melhor de cada fase, porém essa supervisão é importante para que isso ocorra de forma saudável. Uma forma de dosar é estabelecer limites em todos os aspectos.

O que observar

A busca pela beleza pode contribuir para a formação de um adulto ansioso e extremamente vaidoso. Os pais podem evitar ao observar o comportamento da criança. Se ela deixa de comer porque quer evitar engordar, na preocupação em comprar cosméticos, se a roupa é uma preocupação constante, se ela deixa de fazer coisas de crianças para fazer coisas de adultos e até o que ela costuma ver na televisão, quem são seus ídolos e até que ponto quer imitá-los.

Outra forma de lidar é manter sempre um diálogo com o pequeno sobre não precisar seguir de forma rígida a moda, ensinar a criança que cada pessoa é única e tem suas características e que a aparência pode ser importante mas que não vem em primeiro lugar. Dessa forma, a criança crescerá com valores que só acrescentarão à sua vida atitudes positivas e no desenvolvimento de um adulto mais independente dos valores que a gente vê aplicado pela moda.

Grande abraço!
Press Office!

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.