Por que o Dia da Mulher é comemorado em 8 de março?

Por que o Dia da Mulher é comemorado em 8 de março?

A história do Dia Internacional da Mulher tem vários antecedentes. Desde o século XIX, as operárias reivindicavam melhores salários, melhores condições e menores jornadas de trabalho, além da extinção do trabalho infantil, comum na época. Com isso, se sucederam várias greves como forma de protestar contra o sistema imposto a elas.

Os primeiros a comemorar o Dia da Mulher foram os Estados Unidos, em maio de 1908. Na ocasião, 1.500 mulheres protestaram em prol da igualdade econômica e política nos EUA. Em 1909, uma greve no país fechou quase 500 fábricas americanas. Um marco importante para a luta feminina mundial foi o ano de 1910, quando as mulheres socialistas se reuniram em uma conferência internacional e aprovaram, com mais 17 países, a criação de uma data que simbolizasse a luta das mulheres.

Os protestos se intensificaram durante a Primeira Guerra Mundial, mas foi só em 1917 que o dia 8 de março foi efetivamente consagrado. Nesse dia, 90 mil mulheres se manifestaram contra o Czar Nicolau II, as más condições de trabalho e a participação da Rússia na guerra.

Crédito: divulgação

A luta pelos direitos das mulheres no Brasil começou por volta de 1920 e 1930. O grupo, conhecido como sufragistas, conseguiu com que as mulheres ganhassem o direito ao voto na constituição promulgada por Getúlio Vargas em 1932 e que entrou em vigor em 1934. Em 1970, a igualdade de gênero, a saúde e a sexualidade da mulher passaram a ser pautas recorrentes com o surgimento de organizações que defendiam esses direitos. Em 1985, era criada a primeira delegacia da mulher, em São Paulo. Hoje, estima-se que há uma delegacia com atendimento à mulher a cada 12 municípios no país. O nome foi uma homenagem à Maria da Penha,

A lei Maria da Penha, sancionada em 2006, também foi um grande passo para a promoção da defesa e dos direitos da mulher no Brasil. Ela criminaliza a violência doméstica contra as mulheres, seja física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral. O nome é uma homenagem à Maria da Penha, vítima de um tiro nas costas enquanto dormia em 1983. O agressor era o próprio marido.

Outros momentos importantes para a consagração da data foram a assinatura de um acordo internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) em prol da igualdade entre homens e mulheres, a comemoração do ano internacional da mulher na Cidade do México, em 1975, além de um plano de ação da ONU para eliminar a discriminação contra a mulher, e o reconhecimento da ONU como 8 de março sendo o Dia Internacional da Mulher, em 1977.
Grande abraço!
Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.