MUNDO DA ARTE [5] Arte, Técnica e Sensibilidade

MUNDO DA ARTE [5] Arte, Técnica e Sensibilidade

Por Antônio de Oliveira

Arte e técnica se apresentam interligadas. Engenharia é técnica, cálculo, precisão. O arquiteto e o decorador, criativos, laboram na seara da arte. Uns sonham, outros ajudam a realizar o sonho. Na sua origem grega, técnica (téchne) significa arte. Em várias profissões, uma reforça a outra. A arte se vale da tecnologia e a técnica potencializa a arte. O luthier usa madeiras diferentes para fabricar instrumentos com sons incríveis. Acústica é um capítulo da física. Sem boa acústica, como perde sua funcionalidade: um auditório, um teatro, uma igreja, uma sinagoga, uma mesquita… Um filme mudo é muito diferente de um filme inteiramente sonoro.

Grandes shows, como o Rock in Rio, são montados a partir de uma parafernália eletrônica. Educar é arte e técnica. Conjugam-se Dia da Criança e Dia do Professor. Educação infantil carece de música. O professor carece de didática, de laboratórios, de recursos audiovisuais. O médico interage com o engenheiro e com o técnico. Conjuga-se o Dia do Médico com o Dia do Engenheiro. O pesquisador necessita do estatístico; o comunicador, pregador ou publicitário, da imagem, da retórica, das comparações e figuras de linguagem. Carnaval na Sapucaí não seria carnaval sem alegorias, samba, ritmo da bateria, carnavalescos. O direito prevê as analogias e os diversos casos submetidos a julgamento. “Manus manum lavat”, uma mão lava a outra.

“Homem algum é uma ilha”, livro de Thomas Merton. “No man is an island”. Somos todos dependentes uns dos outros. Nem sempre se tem consciência dessa interdependência. Requer-se sensibilidade da parte de quem cria, da parte de quem aprecia como de quem subsidia e patrocina. “Estética” deriva de aisthésis, sensibilidade, em grego. Um restaurador deve ter alta sensibilidade. Se a pessoa não tiver sensibilidade, a ela pouco se lhe dá o incêndio no Museu Nacional, no Rio de Janeiro, como no da Língua Portuguesa, em São Paulo.

Autor: O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com

Photo by Phil Hansman from FreeImages

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.