Estatísticas de um Japão em prantos: terremoto e tsunami

Estatísticas de um Japão em prantos: terremoto e tsunami

Há duas semanas atrás ninguém imaginava o que estaria por vir.
Um terremoto de número 8,9 na escala Richter (principal referência mundial para medição do grau de intensidade dos terremotos) seguido de tsunami que abalou literalmente um dos países mais ricos do planeta deixa, passados 15 dias da tragédia, seu tenebroso rastro sanguinolento das estatísticas.

De acordo polícia japonesa são 17.443 pessoas desaparecidas e cerca de 10.035 mortos na pior catástrofe sofrida pelo Japão dos últimos anos!

Os feridos estão quase na casa dos 3.000!
As imagens são impressionantes e aterradoras!

Sendo logarítmica a Escala Richter trabalha com dados elevados à potência “10”, ou seja, um terremoto de grau 9 é 1000 vezes mais forte que um de grau 7 (Putz!).
Dá para imaginar um estrago desse???

Além da devastação, um acidente nuclear (o segundo pior depois de Chernobyl) provocou a evacuação de aproximadamente 250.000 pessoas (até agora).
E a situação pode piorar.
Durante cerca de um mês ou mais, as ações para resfriamento dos reatores da usina de Fukushima devem ser mantidas.
Existe a possibilidade de aumento do nível de gravidade do acidente pular de Grau 5 para 7.

Aos poucos o país começa a se recuperar e dar início à reconstrução, que sabe-se lá quando vai terminar.
Ajuda internacional vem de vários países, inclusive do nosso amado Brasil.

Nesses momentos toda ajuda é válida, então, repasso aqui a publicação da folha.uol.com.br para doações:

Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo
Registro do CNPJ: 60.992.427/0001-45
Bradesco
Ag.: 0131-7
CC: 131.000-3
Contatos:
enkyodiretoria@enkyo.org.br
Tels: 0xx11-3274-6482 / 3274-6484 / 3274-6489 / 3274-6507

Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil
Registro do CNPJ: 46.568.895/0001-66
Banco do Brasil
AG:1196-7
CC: 29921-9
Contatos:
info@kenren.org.br
Tels: 0xx11-3277-8569 / 3277-6108 / 3399-4416

Atenção: aconselho a checarem com os bancos primeiro antes de efetuarem qualquer depósito.

Grande abraço!

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

4 comentários em “Estatísticas de um Japão em prantos: terremoto e tsunami

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.