Estatísticas comprovam: Suicídio é a quarta causa de morte no mundo

Estatísticas comprovam: Suicídio é a quarta causa de morte no mundo

É a décima causa de morte no mundo com mais de um milhão de pessoas cometendo suicídio todos os anos! Porém entre pessoas com idade de 15 a 44 anos se torna a quarta principal. Putz!?!?
Outro dado alarmante é que, estima-se em torno de 10 a 20 milhões de tentativas de suicídios frustradas a cada ano.
Sempre tive curiosidade a respeito das estatísticas sobre este tema extremamente polêmico e este post é um resumo da minha pesquisa.

A definição de suicídio pode ser:
Ato intencional de matar a si próprio. Originalmente do latim, suicídio é a junção das palavras sui (que quer dizer próprio) e caedere (que significa matar).
Esquizofrenia, abuso de drogas, depressão, transtorno bipolar e alcoolismo são os principais inclusos em um quadro de transtorno mental que é a causa mais comum do suicídio. Na definição de Durkheim (1982) o termo suicídio refere-se a todas as causas de morte causadas por uma ação da própria vítima, com a ciência do resultado.

Entre as 127.470 mortes por causas externas 8.017 ou seja, 6,3% tiveram como causa o suicídio no Brasil, revela pesquisa feita em 2004.
Com a incrível taxa de crescimento de 21% no Brasil entre 1980 e 2000, o suicídio acontece mais entre jovens de 15 a 24 anos (Mello-Santos et al., 2006). Recentemente a USP (Universidade de São Paulo) fez uma pesquisa, que vai virar livro, sobre o suicídio em São Paulo. Entre vários outros dados, detectou-se que a maioria das ocorrências se dão na parte nobre da cidade, ou seja os mais abastados se matam mais.

Um tipo de suicídio diferente vem da tradição hinduísta conhecida como Sati, que consiste no sacrifício voluntário da viúva devota que se deixa queimar viva junto ao marido morto na fogueira da pira funerária.
O quantidade sabida de mulheres que morreram por Sati em toda a Índia não é precisa (ressalto que esta prática é totalmente proibida hoje pelas leis da Ìndia). Estima-se, por exemplo, que 8.135 mulheres foram “vítimas” da tradição entre os anos de 1813 e 1828 (Putz!?).

Apesar de ser considerada uma prática voluntária, sabe-se que muitas vezes era forçada às víuvas que eram drogadas com ópio, amarradas ou até mesmo cercadas por varas compridas que impediam a fuga. Credo!
Dizem as línguas (boas ou más, rs) que o Sati forçado era também para impedir que viúva ficasse com a herança.
Pode?!!
Se a moda pega no Brasil…

Fontes:
pt.wikipedia.org
www4.usp.br
hcnet.usp.br
Imagens:
Sxc.hu
wikipedia.commons

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

14 comentários em “Estatísticas comprovam: Suicídio é a quarta causa de morte no mundo

  • Pingback:TEDx Amazônia meio-ambiente mudanças climáticas | Duniverso

  • Pingback:emprego desemprego saber demitir dignidade auto-ajuda | Duniverso

  • Pingback:Suicídio Cibele Dorsa gilberto scarpa cindy crawford | Duniverso

  • Pingback:Zilda Arns pastoral da criança evaristo terremoto haiti | Duniverso

  • Pingback:Cacau ovos de páscoa benefícios e malefícios do chocolate | Duniverso

  • Pingback:curar o estress gestão inteligente do tempo | Duniverso

  • 17/10/2011 em 19:06
    Permalink

    A verdade é que nada no mundo, nenhuma ideologia, filosofia ou religião fez tanto pela liberdade e dignidade das mulheres quanto o cristianismo. Basta comparar o tratamento que as mulheres recebem nos países cristãos e a vida delas nos países não-cristãos. As viúvas que o digam!

  • 19/03/2013 em 18:19
    Permalink

    Excelente tema, pena que abordado de forma inapropriada e uso de linguagem bestializada -putz!e outras – e comentários grosseiros e indiscretos sobre um problema de saúde publica sério e digno de respeito.Qualquer tipo de morte é triste e dolorosa, a vitima de um suicidio é um sofredor cronico e desesperado. Ninguem se mata por ser feliz.Quanto á pratica(Sati) , trata-se mais de um homicidio que suicidio. Homicidio porque n parte da vontade da vitima e sim de culturas impostas ou ideias impostas. Suicidio não é um sacrificio voluntário,é sim ,um ato corajoso e frenético onde a busca pela morte é a ultima tentativa do humano e humana ,de fugir da dor.

  • 20/03/2013 em 09:26
    Permalink

    Bom dia Adriana!
    Obrigado pela visita!
    É muito bom receber pessoas que conhecem a fundo o tema abordado em cada artigo.
    Por suas palavras, parece conhecer bem sobre este.
    Poderia então nos ensinar como escrever melhor sobre o tema, pois desejamos e muito agradar cada vez mais nossos leitores.
    Gostaríamos então que nos explicasse qual a forma apropriada de usar a linguagem não bestializada e quais comentários grosseiros não devem ser usados, pois acreditamos que nestes quase 04 anos de existência deste site, com cerca de seiscentos artigos escritos, nunca ofendemos quem quer que seja ou a qualquer entidade de classe, religião etc.
    Nunca tivemos reclamações neste sentido, pelo contrário, mais de 400 elogios na forma de comentário.
    Respeitamos muito a todos que tiveram entes queridos levados pelo suicídio, e jamais teríamos e teremos a intenção de “bestializar” nossa linguagem. Apenas informamos o fato e também as estatísticas.
    Em nenhum momento defendemos a prática do Sati, apenas informamos que ela existia, e com certeza sabemos que na maioria dos casos a viúva era induzida (como descrito na matéria).
    Como procuramos a cada dia melhorar a qualidade e seriedade do que escrevemos aqui, se puder nos ajudar a melhorar nossa forma de escrever será muito bem vinda!
    Grande abraço, e volte sempre!

  • 11/04/2013 em 03:05
    Permalink

    Logico que o cristianismo tratou com igualdade as mulheres!! Por isso vemos sarcedotizas, papizas, bispas na igreja católica!! Fora o livro “sagrado”, bestial com passagem sobre a submissão feminina, a mulher como detentora do mal, da perdição…fora os absurdos horrendos de incesto, promiscuidade de anjos com humanos, tentativas bestiais de poder do homem sobre a mulher!!

  • 11/04/2013 em 03:08
    Permalink

    Sua paquiderme inecefálica!! Vai ler e se esclarecer sobre os reais motivos, concelho viva estas realidades!! Não sai dando de arrogante, pedante e boçal!

  • Pingback:Chorão e Champion: a morte como ela é | Duniverso - Desenvolvimento Sustentável

  • Pingback:História do BRASIL: resumo e revelações | Duniverso - Desenvolvimento Sustentável

  • Pingback:Diabetes: dicas para prevenção e viver melhor | Duniverso - Desenvolvimento Sustentável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.