Decisões e consequências

Decisões e consequências

Por Antônio de Oliveira

A vida é feita de escolhas. Essa é uma frase recorrente em propagandas, dando a entender que o produto oferecido é a melhor opção. Todos temos que tomar decisões na vida: “Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo… e vivo escolhendo o dia inteiro!” (Cecília Meireles).Talvez mais difícil do que tomar decisões seja justamente assumir as consequências. Sobretudo sem doentio sentimento de culpa, embora o arrependimento possa se constituir num gesto nobre e altamente dignificante. Arrependimento posterior é pleonasmo, pois sempre vem depois, quando vem, sob a forma de desconforto causado pela violação de alguma norma ou de ressaca moral. E que resulta na livre aceitação de alguma punição e na disposição de evitar futuras violações. Mas o arrependimento pode ser também pelo fato de a pessoa ter deixado de fazer alguma coisa, ter deixado de ajudar alguém necessitado, ou ter omitido socorro.

relogio-do-sol

Roberto Carlos canta em Sua Estupidez: “Quantas vezes eu tentei falar que no mundo não há mais lugar pra quem toma decisões na vida sem pensar”. Mas o pior é que há. Na prática, e cá pra nós, quem nunca cometeu uma burrada na vida irrefletidamente? E Roberto Carlos insiste: “Conte ao menos até três, se precisar conte outra vez”.

pedra-papel-tesoura-escolhas-da-vidfa

Difícil e desafiante, com efeito, o fazer escolhas. E às vezes a gente não tem noção clara, no momento, do que está escolhendo. A ficha pode demorar a cair. Talvez uma conclusão possa ser esta: naquela hora foi o que a pessoa achou ser o melhor a fazer. E o que está feito não está por fazer. De qualquer maneira, assumir as consequências significa considerar as escolhas feitas como uma oportunidade de amadurecer. Sobretudo de amadurecer para fazer escolhas melhores. Na realidade, o tempo é o senhor da verdade e da razão. E o ser humano é, por natureza, histórico. Só que não apenas cronológico. Nosso tempo é existencialmente psicológico. O tempo contínuo continua um bom remédio. Mas vide bula!

[author] [author_image timthumb=’on’]https://www.duniverso.com.br/wp-content/uploads/2014/03/foto-antonio-oliveira.jpg[/author_image] [author_info]O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com[/author_info] [/author]

Imagens: sxc.hu

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.