O que é a logística reversa e como aplicar essa funcionalidade na empresa  

O que é a logística reversa e como aplicar essa funcionalidade na empresa  

Logística reversa vem sendo muito aplicada dentro das empresas como forma de preservação ambiental. Isso porque essa área da logística visa o retorno de materiais já utilizados para o processo produtivo, focando no reaproveitamento ou descarte apropriado dos mesmos.

Quando a empresa de logística consegue aplicar esse processo de uma maneira lucrativa, ela alcança automaticamente a sustentabilidade econômica e ambiental do próprio negócio. E isso é indispensável para que as grandes empresas ganhem a parceria da sociedade.

A logística reversa tem um papel muito importante para o desenvolvimento econômico e social, pois trabalha como um instrumento para viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial. Mas para que a logística reversa aconteça é preciso incentivos do Governo para com os fabricantes e transportadoras, assim como as lojas devem ser incentivadas pelas empresas e o consumidor incentivado tanto pelas empresas quanto pelas lojas. É um ciclo de consciência.

Exemplos de logística reversa praticados no mercado

Para que a empresa estruture o processo de logística reversa é preciso identificar quem é o consumidor da marca e chegar até ele. Em uma empresa de pilhas, por exemplo, é preciso que os usuários sejam incentivados a depositar esse produto em um local correto para coleta. E aqui deve entrar parcerias com as lojas que comercializam esse produto.

Outros exemplos de logística reversa muito comuns no mercado são as reciclagens de garrafas PET; devolução de correspondências; reciclagem de eletrônicos; reciclagem de pneus; reciclagem de óleo lubrificante usado. Os benefícios desse tipo de logística para a empresa são enormes, pois beneficia a sociedade. E todo esse processo pode ser utilizado como um argumento positivo de marketing e na estratégia de comunicação.

Mas para que a logística reversa seja bem aplicada, é preciso que o fabricante e as empresas responsáveis por sua logística tenham uma visão global da cadeia de suprimentos. Os resíduos da fabricação, transporte, armazenagem e o produto já terminado são de responsabilidade das empresas envolvidas.

A logística reversa faz com que a economia gire. Pensa que o que for lixo para um pode ser investimento para o outro, pois pode ser utilizado por outras empresas para a produção de outros produtos, gerando mais empregos e auxiliando a economia.

Por Jacqueline Gonçalo

Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Press Office

Imagem: Por Nricardo – Obra do próprio, CC BY 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=5540631

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.