Prostituição Infantil diga não

Prostituição Infantil diga não
Brasil

A prostituição infantil é um mal presente em todas as partes do país, normalmente envolvendo o crime organizado que alicia crianças e jovens para essa atividade.

A prostituição infantil pode acontecer:

  • Quando uma criança ou adolescente se prostitui nas ruas de qualquer cidade em busca de dinheiro. A criança leva este fim quando é submetida à violência dentro de casa e resolve fugir. Para fugir, necessita de ajuda de terceiros e faz qualquer coisa para ficar livre de casa e de sua família, se submetendo a qualquer tipo de pagamento. Desse modo, iniciam a vida sexual e posteriormente tornam-se escravas do sexo para ganharem dinheiro para comer, se vestir e, principalmente, para se drogar. Normalmente são aliciadas por cafetinas e cafetões, que permanecem por trás da organização, mas há casos de menores que encontram “um ponto” e ali permanecem para vender seu corpo.
  • Quando um conhecido ou parente usa uma criança ou adolescente a fim de promover seu prazer. Toca a criança para estimulá-la e também coloca a criança para tocá-lo com o único objetivo de usá-la como objeto de prazer. Crianças agressivas com a família, com dores na genitália, com lesões e/ou sêmen no ânus ou na vagina, com preocupações precoces relacionadas ao sexo, com inflamações e hemorragias devem ser examinadas, pois estes são sintomas que uma criança ou adolescente que está sendo ou que foi sexualmente abusada apresenta.

Prostituição infantil é crime de ordem pública, isto é, pode ser denunciada por qualquer pessoa que viu ou presenciou tal fato.

Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola.com

Fonte: www.brasilescola.com

tela_prostituicao_icone

Mais de 200 menores se prostituem hoje em Viena

16 de novembro de 2006

A prostituição infantil não acontece apenas nos países pobres.

Na capital austríaca, menores estão vendendo seu próprio corpo
O relatório foi feito com base em entrevistas realizadas durante dois anos com dezenas de meninas menores de idade que se prostituem na cidade de Viena.
O documento afirma que uma das motivações mais comuns para se prostituir é a pressão social para comprar roupas de marca.
A maioria das meninas sofre experiências traumáticas ao ter que ir para cama com clientes violentos que costumam insistir em ter relações sexuais sem o uso de preservativos, o que aumenta o risco de infecções.
Para enfrentar esta situação, muitas jovens costumam consumir drogas, o que as torna mais dependentes da prostituição, já que precisam de dinheiro para comprar os entorpecentes.
A meninas vêm de todas as classes sociais, em muitos casos freqüentam a escola de manhã e se prostituem à tarde e à noite, sem que seus pais saibam em que trabalham.
A maioria das jovens começou a se prostituir entre 13 e 14 anos, mas algumas caíram nas redes de prostituição aos 10 anos de idade.

Imagem: www.brasilescola.com

Foto: brasilescola.com

A prostituição é um subemprego, gerado pelas condições sócio-econômicas, como o desemprego, que atinge as mulheres numa escala muito superior do que os homens. As más condições de vida impostas à maioria pobre da população fazem do comércio do próprio corpo uma alternativa, ainda que degradante, na luta pela sobrevivência.
A indústria da prostituição é uma das mais rentáveis do sistema capitalista, acompanhada apenas pela indústria bélica e pelo tráfico de drogas, provando que a exploração sexual da mulher, desde a nudez nas revistas até a prostituição propriamente dita, longe de ser combatida, é estimulada pelo próprio funcionamento do sistema capitalista.


Fonte: www.pco.org.br

tela_prostituicao_icone

Exploração sexual

Brasileiras são maioria no tráfico de mulheres

23 de novembro de 2006

Um estudo feito em Portugal mostrou que a maioria das mulheres vítimas de tráfico para prostituição são brasileiras.
Madalena Duarte, socióloga e investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, ainda não concluiu a pesquisa, mas os dados já demonstram alguns aspectos fundamentais da exploração sexual da mulher.
A socióloga disse que não é fácil a investigação devido à grande rotatividade das mulheres. “Muitas andam entre Portugal e Espanha para não criarem laços de fidelidade”
A investigação já demonstrou que na sua grande maioria, as mulheres envolvidas no tráfico internacional são brasileiras, mas também aponta que mulheres do leste europeu e da Nigéria também usadas na prostituição de rua. Segundo apontam os dados iniciais da pesquisa, o tráfico de mulheres do leste europeu é ainda mais violento e organizado.
O estudo está previsto para ser apresentado em junho de 2007, com dados ainda mais completos.
A indústria da prostituição é uma das mais rentáveis do sistema capitalista, acompanhada apenas pela indústria bélica e do tráfico de drogas, provando que a exploração sexual da mulher está longe de ser combatida, pelo contrário, é estimulada e só se sustenta devido ao próprio funcionamento do sistema capitalista.

Fonte: www.pco.org.br

Este vídeo é um alerta para uma enorme doença, que apesar de ser grande, parece estar invisível aos nosso olhos: A Prostituição Infantil.
Concorreu no Festival Internacional de
Filmes Curtíssimos.
É uma nova versão do “Diga Não”, onde impimi uma trilha sonora mais adequada ao tema!


Vídeo produzido em Adobe Premiere.
Caráter experimental.
Autor:
Tomé Ferreira



Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

2 Comments

  1. O que se pode fazer para ajudar essas crianças inocentes? Como mudar isso? Por onde começamos? O unico que NÃO se pode é cruzar os braços para essa monstuosidade!!!!!!!!!!

  2. Olá Fernanda!

    Você tem toda razão.
    A divulgação, já é uma forma de combate, pois quanto mais pessoas souberem, mais denúncias teremos, apertando o cerco aos criminosos.
    Se quiser, visite http://www.censura.com.br . Lá você encontra diversas formas de agir!

    Grande abraço, e obrigado pela visita!
    Volte sempre que desejar.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Violência contra a mulher brasileira: na França. | Duniverso - [...] uma por dia. São pelo menos 75 mil casos de estupro todos os anos, 205 por dia! A meu…
  2. Gravidez na adolescência é sinônimo de Juno. | Duniverso - [...] é o que eu chamaria de uma meia-comédia sensacional. Aborda o tema tão falado e polêmico sobre gravidez precoce…
  3. psicologia infantil mente criminosa abuso infantil | Duniverso - [...] ao estudo da mente de assassinos há mais de 30 anos. Para ele, a manifestação do comportamento criminoso depende…
  4. Minha Casa Minha Vida construção civil | Duniverso - [...] mesma família não poderá ser beneficiada duas [...]
  5. filme Os homens que não amavam as mulheres suecia | Duniverso - [...] cenas fortes de abusos e humilhações sexuais o primeiro da trilogia de romances “Millenium”, do falecido escritor [...]
  6. contaminação arsênico água aberração blangadesh índia | Duniverso - [...] é um país pobre e populoso do sudeste asiático que não bastasse a pobreza, sua população foi vítima de…
  7. Violência contra mulher crimes passionais | Duniverso. Vida inteligente na WEB. - [...] ações e fatores que devem ser pensados e analisados, mas aqui já está um começo. Muitos outros crimes do…
  8. Tráfico Humano! De arrepiar! Mulheres são as preferidas! | Duniverso. Vida inteligente na WEB. - [...] de emprego e bons salários, a maioria das mulheres acaba sendo obrigada a servir às redes de prostituição na…
  9. gangues mais perigosas do mundo mara salvatrucha | Duniverso. Vida inteligente na WEB. - [...] fora da cadeia são considerados muito perigosos. Especialistas em assassinato por encomenda, jogo, prostituição, extorsão e tráfico de drogas,…
  10. Livro Antonio combate a exploração sexual de crianças | Duniverso. Vida inteligente na WEB. - [...] em algumas escolas públicas de Recife. Quero que atinja também as escolas privadas, porque o abuso sexual é uma…
  11. cartão postal personalizado cia dos sonhos lingerie | Duniverso - Desenvolvimento Sustentável - [...] e artigos para decoração do quarto de dormir. A idéia era transmitir o atendimento à todas as classes sociais…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *