Como cuidar da saúde do seu pet?

Como cuidar da saúde do seu pet?

O Brasil possui cerca de 132 milhões de animais de estimação, segundo dados de 2016 da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação). São aproximadamente 52 milhões de cães, 37 milhões de aves, 22 milhões de gatos, 18 milhões de peixes e 2 milhões de outros animais.

Todo esse contingente de companheiros especiais merece cuidados específicos para uma vida saudável e longeva. Reunimos abaixo algumas dicas para que seu animalzinho esteja sempre com a saúde em dia, confira!

  • Despulgue: as pulgas causam desconforto, e podem até mesmo ocasionar feridas e machucados por conta da coceira intensa. Além disso, há possibilidade de desencadearem processos alérgicos nos animais e doenças mais sérias. Por isso, sempre proteja o seu bichinho com produtos específicos contra carrapatos e pulgas.
  • Vermifugue: vermifugar é essencial para manter os vermes intestinais bem longe. Respeite a frequência indicada pelo veterinário para esse procedimento.
  • Consultas de rotina: assim como os humanos, os animais também podem ter doenças e alterações que não causam sintomas. Por isso, leve-os ao menos uma vez por ano para uma consulta com o especialista, que pode pedir alguns exames rotineiros como o ultrassom veterinário com aparelhos modernos e análises de sangue.

Imagem: reprodução pixabay.com

  • Vacinação: seguir corretamente o calendário de vacinação mantém seu animal livre de diversas doenças.
  • Passeios: nunca leve seu animal para passear em horários de sol forte. Mantenha-o sempre na coleira com guia e identificação. As fezes sempre devem ser recolhidas, tanto para manter a limpeza das ruas quanto para evitar a disseminação de vermes presentes no material.
  • Dieta: ração de qualidade e água fresca são essenciais na dieta diária. Outros tipos de alimentação, como comida fresca, só podem ser oferecidos com o aval do veterinário.
  • Obesidade: previna o sobrepeso oferecendo a quantidade correta de comida diariamente e estimulando o exercício físico com caminhadas, brincadeiras e passeios.
  • Medicação: jamais medique seu animal com remédios de uso humano, pois alguns deles podem ser extremamente tóxicos e até mesmo levar os pets ao óbito. Ao sinal de qualquer alteração de saúde, sempre consulte o veterinário para saber qual é a medicação correta para o caso.

Grande abraço!

Press office

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *