O que compensa mais: comprar um imóvel usado ou novo?

 O que compensa mais: comprar um imóvel usado ou novo? Saiba analisar.

A compra de imóveis é uma grande decisão, por isso todo cuidado é pouco. 

A dúvida entre comprar um imóvel novo ou usado acontece, principalmente, na primeira compra. Embora as duas opções possuam vantagens, é bom sempre analisar também as desvantagens e todas as circunstâncias que envolvem essa decisão.

No post de hoje vamos abordar os aspectos que devem ser levados em conta na hora de decidir se você compra um imóvel, seja um apartamento ou uma casa, confira!

  • Preço
  • Localização
  • Valor de revenda

Antes de entrar nos detalhes, é bom lembrar que além dos tópicos que citamos, a diferença entre um imóvel usado e um novo também está no tamanho. Apartamentos lançados mais recentemente, por exemplo, são bem menores. Já imóveis mais antigos, além de maiores, possuem paredes e lajes mais espessas, sendo menos vulneráveis a ruídos.

Primeira diferença: Preço 

Os imóveis que possuem valores mais acessíveis por metro quadrado são usados. Mas, quando os empreendimentos precisam de alguns reparos o preço final para a revenda pode diminuir bastante, é importante estar atento a esse detalhe.

Já aqueles empreendimentos novos são mais caros, não só pelas inovações na estrutura do projeto mas, por causa dos detalhes do acabamento. Esses dois fatores por si só já aumentam o preço final na hora da compra. A vantagem é que adquirindo um imóvel mais novo, dificilmente, o local terá de passar por reformas ou reparos, economizando na manutenção por alguns anos.

A localização

Sabemos que a localização é um dos principais fatores responsáveis pela valorização ou desvalorização de imóveis e se esse é um ponto essencial para você é bom prestar atenção. Imóveis mais antigos costumam estar em bairros melhores e mais centrais nas cidades pois, dependendo da época em que foram construídos havia poucos moradores nessas regiões.

Já os empreendimentos construídos mais recentemente estão localizados em bairros mais distantes, onde há uma quantidade maior de terrenos disponíveis. Porém, essa diferença pode ser vantajosa por um motivo: imóveis novos em locais mais distantes tendem a ser mais baratos por justamente estarem mais distante dos centros onde os imóveis usados mais antigos estão localizados.

O valor de revenda

Esse é o ponto que os compradores devem prestar mais atenção. É preciso analisar a valorização dos imóveis. Quando o local é mais novo, ao decidir trocá-lo futuramente o proprietário consegue ter um valor de revenda mais alto.

Isso acontece devido ao fato de que imóveis que são seminovos, ou seja, com menos de 10 anos de uso, tem em seu projeto o objetivo claro de atender as necessidades atuais de moradia. Então trazem mais opções de lazer, maior segurança e cômodos planejados de forma a otimizar o espaço.

Estes fatores contribuem para que um empreendimento mais novo possa ser revendido com um preço melhor e mais rapidamente do que um imóvel usado.

Nós esperamos que este conteúdo possa ter te esclarecido melhor sobre qual tipo de imóvel compensa mais na hora de comprar, um novo ou usado. Continue nos acompanhando para ter acesso a mais informações relevantes sobre o mercado imobiliário. Até a próxima!

Por Jacqueline Gonçalo  |   Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Press Office   |   Photo by Kym Parry from FreeImages

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.