INTERAGINDO

INTERAGINDO

Por Antônio de Oliveira

Em comentário à minha crônica “Desfazer e Refazer”, um prezado leitor me diz que meu texto lhe fizera relembrar seu professor de matemática do ensino médio, que sempre pedia uma demonstração “cartesiana” dos teoremas. E como isso lhe valeu.

A propósito, por que cartesiano e não “decartiano”? Descartes significa “dos Cartes”, sobrenome de família, como se eu dissesse: Sou dos Oliveiras. Em latim, Cartesius. Em português, o nome, Descartes; o adjetivo, cartesiano. Dos considerados autores clássicos, René Descartes, no século XVII, foi o primeiro a compendiar sua obra em vernáculo, no caso, em francês. Até então todos eles escreviam e publicavam suas obras em latim.

A repetição, continua o comentário, se confunde com “desconstruir/reconstruir” e os atletas o fazem bem, com o objetivo de melhorar. Dizem que Pelé, mesmo sabendo tudo de futebol, era um dos atletas mais disciplinados no treinamento e treinava mais que seus pares. Lembra o comentarista: Minha avó materna dizia que o pai dela, portanto meu bisavô, tomava decisões acertadas porque conversava com seu chapéu. Quando ele tinha dúvidas, colocava o chapéu no cabo da enxada e lhe perguntava: – JC! O que devo fazer nesta situação? (expunha o problema) Depois, assumindo a personalidade do chapéu, respondia: JC! Não faça isto, faça aquilo… Construía, desconstruía e reconstruía tantas vezes quantas fossem necessárias, até se sentir seguro. Meu pai, por sua vez, dizia: O certo pode ser melhorado e o errado deve ser corrigido. Lembranças, boas de relembrar, conclui a mensagem. Concluo eu: Lições, sempre bom relembrá-las… Retifiquemos e ratifiquemos, acrescenta uma leitora. Sempre que necessário.

Ratificar do latim, ratum + facere, tornar confirmado; reafirmar o que foi dito, declarado. Retificar significa corrigir, alterar, emendar. Retificar pode ter um sentido secundário, o de endireitar, consertar. Em mecânica se diz retificar o motor do carro. Uma letra minúscula faz a diferença.

Professor | Escritor |  Poeta
Antônio de Oliveira
| Professor | Escritor | Poeta
endereço:  Belo Horizonte Minas Gerais

Imagem: Por Após Frans Hals – André Hatala [e.a.] (1997) De eeuw van Rembrandt, Bruxelles: Crédit communal de Belgique, ISBN 2-908388-32-4., Domínio público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=2774313

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.