Entenda quais são as áreas mais valorizadas de BH e por quê

Entenda quais são as áreas mais valorizadas de BH e por quê

Vários fatores influenciaram na alta dos preços dos imóveis

Na hora de comprar um imóvel, vários fatores são considerados. A localização é um dos mais importantes, mas há compradores que observam, também, a valorização de uma determinada região.

Essa situação não é diferente em Belo Horizonte e quem tem o objetivo de comprar uma casa, ou apartamento, como um investimento precisa conhecer quais são as áreas mais valorizadas da cidade.

Até pouco tempo, o mercado imobiliário vivia uma crise e as previsões de crescimento eram mínimas. Em 2019, o cenário mudou e muitas regiões brasileiras observaram um aumento na procura por imóveis.

Vendas superiores aos lançamentos

Como o cenário político-econômico era instável, as construtoras preferiram não se arriscar e fizeram poucos lançamentos no mercado. Enquanto o consumidor estava cauteloso, e as vendas em baixa, não houve grande impacto.

No entanto, desde 2018, a situação mudou. Em Belo Horizonte, houve um crescimento do interesse por novos imóveis. Assim, a demanda passou a ser maior que a oferta.

Dados divulgados pelo Sinduscon-MG, Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais, mostraram que, no último mês de 2018, existiam cerca de 4.000 imóveis disponíveis para venda. No mesmo mês, em 2019, esse número caiu para 3,4 mil.

Com a demanda maior que a oferta, a tendência é a valorização dos imóveis e, consequente, aumento ao cliente final. A ideia é tentar diminuir o número de compradores até que a oferta volte a estar próxima da demanda.

Outros fatores reduziram o número de lançamentos

Além da maior procura por casas, ou apartamentos, em Belo Horizonte, existem mais fatores que contribuíram para a redução no número de lançamentos que chegam ao mercado imobiliário.

Primeiro, está a dificuldade em se encontrar terrenos livres na cidade. Em seguida, as restrições para aprovações de projetos que tendem a ficar ainda maiores em 2020.

Assim, em uma comparação feita no ano de 2019, foi constatado que Belo Horizonte teve cerca de 2,7 mil lançamentos contra 3,3 mil vendas. O preço fica mais alto e a tendência é que cada vez seja mais difícil encontrar imóveis disponíveis para venda na capital mineira.

Queda de juros animou os compradores

Para os compradores, um dos motivos para o aumento no interesse em investir nos imóveis aconteceu devido à queda dos juros. Os bancos voltaram a fornecer financiamentos mais atrativos e a compra de uma casa, ou apartamento, passou a ser interessante.

Por enquanto, as instituições financeiras seguem com boas opções de financiamento, e taxas de juros mais atrativas, porém, a dificuldade está em encontrar um imóvel que se encaixe em seu orçamento. Ainda existem aqueles com preço mais em conta, mas é preciso pesquisar.

Região metropolitana se torna atrativa

Como não há tantos terrenos disponíveis na capital mineira para que as construtoras possam apresentar novos lançamentos, e as regras para construção civil estão mais rígidas, notou-se um interesse pela região metropolitana de BH.

Nesta área podem ser apresentados imóveis novos com um preço mais em conta, ainda assim, as pessoas têm dado prioridade por viver em Belo Horizonte ou Nova Lima.

Bairros mais valorizados

Os bairros que mais valorizaram no último ano oferecem qualidade de vida e uma boa estrutura para os moradores. Quem pensa em investir em imóveis pode considerar a compra em algumas regiões, como:

Anchieta

Com alta qualidade de vida, o bairro apresentou boa valorização e oferece aos moradores a sensação de estar em uma região arborizada e tranquila, mesmo vivendo na capital mineira. Trata-se de um bairro nobre.

Sion

Tem recebido bastantes condomínios e residências novas, especialmente, os de alto padrão. Além de ter uma excelente localização, chama a atenção por estar perto da Mata das Borboletas, local para relaxar com a família ou amigos.

Esses são apenas dois dos bairros que observaram valorização dos imóveis nos últimos dois anos, mas existem outras regiões de BH que também já apresentam casas e apartamentos com um preço mais alto.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.