Oriente e Ocidente

Oriente e Ocidente

Por Antônio de Oliveira

Oriente e ocidente são termos usados como localizações geográficas. Oriente, onde nasce o sol, leste, levante; já o ocidente é o lado onde se dá o pôr do sol, ocaso, oeste, rimando em inglês: “sunrise / sunset”.

Amanhecer e escurecer são verbos incoativos, isto é, verbos que exprimem começo de uma ação ou fenômeno que se processa gradativamente. Com efeito, o amanhecer e o anoitecer se dão passando pelo lusco-fusco, lentamente… O alvorecer, pelo lusco-fusco da madrugada; o anoitecer, pelo lusco-fusco do sol chegando ao poente, à hora do crepúsculo vespertino. Na acepção bíblica, metaforicamente, a misericórdia de Deus vai do oriente ao ocidente, vale dizer, ela é infinita.

No plano existencial, oriente é ponto de largada; o ocidente, que se alcança após longo caminhar, fim de linha no horizonte. São Paulo compara nossa vida a um estádio, e a nós como estando percorrendo-o, em busca de uma taça incorruptível. Oriente é o nosso nascimento; ocidente, o ocaso de nossa existência aqui na terra. Alfa e ômega, princípio e fim; ou de A a Z. Um dicionário existencial.

hourglass-ampulheta

O nascimento de minha netinha, Elisa, neste ano de 2015, me fez pensar nessa analogia, ou, se preferirem, comparação. Ela está, assim, no oriente de sua vida, e este avô, pela idade, naturalmente, caminhando para o poente pelo lusco-fusco do escurecer. Mas muito, muito feliz. Feliz por poder acompanhar, seja seus primeiros passos físicos seja seu caminhar inicial na maratona da vida, pensando em deixar-lhe um legado de fé, de esperança, de amor. Tudo na vida tem sua hora até que chegue o arremate, ”al di là delle stelle, al di là dei limiti del mondo, al di là della volta infinita… al di là di questa vita”.

Elisa inicia agora sua maratona. Nada tenho a lhe ensinar, porque caminhar se faz ao caminhar, andar ao andar. Ninguém vive por procuração. Desejo-lhe uma vida plena, se não plena de realizações, plena de boas intenções e sentido de viver.

O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com

Imagem: sxc.hu

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *