Saiba como a tecnologia pode auxiliar no desenvolvimento de produtos e processos biológicos

Saiba como a tecnologia pode auxiliar no desenvolvimento de produtos e processos biológicos

Uma das áreas que mais cresce na atualidade é a biotecnologia, mas muitas pessoas ainda não sabem exatamente o que abrange essa profissão. Em resumo, os profissionais que atuam na biotecnologia desenvolvem processos biológicos com o auxílio da ciência básica, aplicada e tecnologias diversas.

A biotecnologia é descrita pela Organização das Nações Unidas (ONU) como “qualquer aplicação tecnológica que utiliza sistemas biológicos, organismos vivos, ou seres derivados, para fabricar ou modificar produtos ou processos para utilização específica”.

O profissional que atua nessa área tem um conhecimento abrangente, e entende, em grande parte, de todos os setores da biotecnologia. O biotecnólogo pode possuir formação universitária em biologia, medicina, agronomia, veterinária, engenharias, zootecnia, farmácia, ou mesmo mestrado e doutorado em biotecnologia. O objetivo desse profissional é fazer melhorias genéticas, criar e gerenciar novos produtos no setor de medicamentos, alimentação e agricultura, por exemplo.

Biotecnologia na agricultura

A biotecnologia na agricultura ganha força no mercado a fim de melhorar a qualidade dos produtos alimentícios e aumentar a produtividade em menos tempo, já que a população só tende a crescer e consequentemente o consumo, porém fazendo isso com um olhar mais atento à preservação do meio ambiente.

Todo esse investimento tecnológico entrelaçado com a biologia visa melhorar a produção agrícola. Porém muitas pessoas se questionam quais são as vantagens dessa mudança. A biotecnologia trabalha com técnicas que permitem o desenvolvimento de plantas mais resistentes à doenças, fertilizantes mais eficazes e que não agridem o meio ambiente, pesticidas mais específicos para cada praga, incrementação nutricional em vários alimentos, plantas melhor adaptadas às mudanças climáticas, sementes e frutos maiores e produtos com maior resistência para que suportem maior tempo de armazenamento.

Muitos alimentos perdem o sabor e o valor nutritivo e a biotecnologia pode atuar na devolução dessas características que foram perdidas, resultando assim sucessivas seleções e um uso mais eficiente do solo, com o plantio direto, por exemplo, que evita a erosão do mesmo e facilita a colheita e o replantio.

A biotecnologia é com toda certeza a profissão que mais tende a ganhar espaço no mercado e uma facilitadora, pois profissionais de diversas áreas podem investir em um mestrado ou doutorado em biotecnologia e assim adquirir cada vez mais conhecimento para atuar e obter crescimento profissional.

Por Jacqueline Gonçalo

Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.