Conheça os efeitos da cafeína no corpo e no cérebro

Conheça os efeitos da cafeína no corpo e no cérebro

Ela pode melhorar o humor, ajudar em atividades esportivas e diminuir o risco de depressão

A cafeína é a droga psicoativa mais utilizada no mundo. Ela é envolta de mistérios e muita especulação sobre seus efeitos no organismo. A bebida é utilizada por pessoas que precisam ficar acordadas e até por atletas para melhorar o desempenho nas competições. Em excesso ela faz mal, mas em doses menores pode ter efeitos positivos na saúde.

A cafeína nos deixa em estado de alerta porque inibe dois receptores da adenosina, substância para que você tenha sono. São dois os tipos de receptores: inibidor da ação e facilitador. Ambos são neutralizados em até 50% com o consumo de café. Esses processos deixam o corpo em estado de alerta, combatem a fadiga, prolongam o tempo de vigília e reduzem a profundidade do sono.

As alterações causadas pela cafeína podem contribuir para a alta incidência de distúrbios do sono na sociedade moderna. Apesar disso, é possível usufruir dos benefícios da cafeína no corpo, se ela não for ingerida em excesso. Também é recomendado não tomar nas oito horas que antecedem o momento de dormir.

Ajuda os esportistas

A cafeína tem um efeito muito positivo em atividades esportivas. Ela é utilizada por atletas de alto desempenho e por atletas amadores para ter mais energia durante os treinos e para os jogos, ainda mais porque a dose pode ser controlada e a ingestão diária não é necessária. Matthew Ganio, fisiologista do exercício do Departamento de Saúde, Desempenho Humano e Recreação da Universidade de Arkansas, disse, ao “The Atlantic”, que o uso da cafeína pode representar um aumento de 3% no desempenho do atleta, o que é um número alto em esportes como atletismo, por exemplo. “Sempre haverá alguma variabilidade – algumas pessoas não verão tanto efeito quanto outras; algumas verão um grande efeito”, disse Ganio. “Algumas pessoas podem não gostar muito ou podem prejudicar um pouco seu desempenho. Mas, em média, a substância melhora o desempenho.”

 Crédito: divulgação

Altera seu humor

Em pequenas doses, a cafeína pode ter um efeito positivo no seu humor. Já foi provado que ela pode, inclusive, reduzir os riscos de depressão. Essa ação acontece para que a dopamina e a glutamina, substâncias produzidas pelo corpo, circulem livremente e deixem o indivíduo mais alerta e de bom humor. O lado negativo é que ele pode ficar mais irritado e ansioso, por causa da liberação de adrenalina.

Auxilia a memória

Em outro estudo, foi descoberto que a cafeína pode ajudar uma pessoa a se lembrar de listas, de palavras e informações diretas. Mas a relação só foi observada em pessoas que não estão acostumadas a ingerir café.

Beneficia o foco

Já foi provado que a substância pode ajudar a focar em alguma tarefa. O efeito acontece mesmo se a pessoa exibe sinais de fatiga. É importante destacar, no entanto, que o excesso de utilização da cafeína pode culminar em um efeito totalmente contrário. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (AESA), a ingestão recomendada de cafeína para um adulto é de 300 a 400 mg por dia.

Pode ajudar a perder peso

Já pensou em perder peso com ajuda da cafeína? Isso é possível. Estudos mostram que a substância tem ação termogênica no organismo. Ela estimula o sistema nervoso central e acelera o metabolismo em até 11% e a queima de gordura em até 13%.

Grande abraço!
Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.