A verdade sobre a morte de Hitler

A verdade sobre a morte de Hitler

Mesmo quem ainda não era nascido (como eu) na época do Holocausto ocorrido durante a segunda grande guerra mundial, provavelmente sabe quem é ou quem foi Adolf Hitler.
Tido como um dos mais sanguinários e covardes ditadores da história (pelo menos em quantidade de vítimas acho que é o maior) o Füher (condutor, guia), assim chamado por seus fiéis súditos, deixou um rastro de atrocidades e barbáries que jamais serão apagados da história humana.
Entre milhões de mortos assassinados de toda forma dantesca de se imaginar, dentro e fora dos Campos de Concentração nazistas reinava absoluto acima de qualquer cidadão principalmente alemão, o medo e o pavor para aqueles que ousassem desobedecer as ordens oriundas do “mestre”.
Não vamos entrar aqui em detalhes porque o assunto deste artigo é sobre a morte do maldito, ou sobre a “não morte” dele.

eva-braum-hitler-no-uruguai

A versão oficial atirada sobre o planeta e corroborada pelos “cabeças” dos países aliados vencedores da guerra, diz que o dito foi encontrado morto em um bunker junto com sua amante Eva Braun também morta. Ainda segundo a versão ambos se suicidaram: Braun morreu envenenada por cianeto e o dito se suicidou com um tiro na cabeça após também ter ingerido cápsulas de cianeto em 30 de abril de 1945.
Para o mundo que queria vê-lo no mínimo morto, a notícia foi satisfatória e fim de papo.
Porém anos depois de sua suposta morte o ex-agente da KGB (Agência de Inteligência Russa) Dimitri Boryslev afirma categoricamente que Hitler não foi encontrado morto em seu bunker em Berlim, e que na verdade, junto com vários oficiais, fugiu em um submarino em direção à América do Sul deixando cada um em lugar diferente.

cranio-de-hitler-comprovado-ser-de-mulher

Muitos compartilham e defendem como Dimitri, esta tese.
Um desses foi Stalin que acreditava cegamente, até o dia em que morreu, que o “ocidente” (países aliados) havia feito um pacto secreto com Hitler, que teria dado informações sobre alta tecnologia em armamento e também sobre locais onde seriam encontrado valiosíssimos tesouros roubados dos países invadidos.
Recentemente cientistas da Universidade de Connecticut nos Estados Unidos também levantaram a hipótese do crânio atribuído à Hitler não ser dele. Hipótese atualmente confirmada através de exames de DNA, comprovando que o tal crânio é de uma mulher.

documento-fbi-comprova-fuga-hitler-para-argentina

Otto Gunshe assistente pessoal de Hitler incumbido queimar o corpo do Füher, foi encontrado morto de forma misteriosa alguns dias após revelar em seu diário que estava pronto para dizer ao mundo a verdade sobre Hitler nunca ter cometido suicídio.
O FBI (Serviço de Inteligência Norte Americano) desclassificou alguns documentos referentes à morte “oficial” de Hitler, alegando ter informações e pistas sobre a possível fuga de Hitler para o Brasil, Paraguai ou Argentina.
Os documentos podem ser encontrados no site: vault.fbi.gov

hitler-velho-na-argentina

O documentário “Revealed: Hitler in Argentina”(Revelado: Hitler na Argentina) de Pablo Whescheler e Noam Shalev (em produção pela Highligths Films) segue a teoria da fuga de Hitler para a América do Sul em 1945 mostrando relatórios, vasta pesquisa, documentos, testemunhas oculares da vida de Hitler na Argentina onde muitos alegam terem visto e até trabalhado para Hitler, entre outros. Ainda segundo as pesquisas Hitler teria morrido em 1965, já separado de Eva.
Este documentário na verdade, apresentará a possibilidade preocupante de que um dos homens mais perversos do mundo foi autorizado a viver seus últimos anos de vida em tranquilidade absoluta, quase uma vida de rei.

Será?
Trailer do documentário em inglês:

A verdade é que realmente existe muita especulação, muitas evidências contra e a favor da versão oficial sobre a morte desta aberração da natureza.
Muito se escreveu sobre este assunto:

  •  “Grey wolf – The escape of Adolf Hitler” de Simon Dunstan e Gerrard Williams
  • “Hitler em Argentina” de Abel Basti
  • “Hitler no Brasil – Sua Vida e Sua Morte” da autora brasileira Simoni Renée Guerreiro Dias (segundo ela Hitler morreu em Cuiabá aos 95 anos, casado com uma senhora negra e usava o codinome de Adolf Leipzig).

O que você acha disto? Acha que Hitler realmente morreu em 1945, ou ficou vagando por aí vivendo do bom e do melhor até meados de 1965 ou 1995?
Dê sua opinião.
Grande abraço!

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

4 comentários em “A verdade sobre a morte de Hitler

  • 09/01/2015 em 15:11
    Permalink

    Essa informação de que Argentina teria sido o destino final dele parece ser algo plausível, meu sogro (in memoriam) era a época radiotelegrafista da TASA Telecomunicações Aeronáuticas S/A me comentou que naquele tempo por uns dois ou três dias (sempre na madrugada) eles, os operadores de rádio, interceptaram e monitoraram a conversação de um comandante de submarino que falava com alguém em terra também não se sabe a localização e com inglês bem carregado de alemão dava a nítida impressão de que este submarino deveria aportar em determinado lugar, se identificar para um oficial de alta patente e entregar a “encomenda”. Reza a lenda que esta encomenda séria Hitler e o submarino repleto com barras de outro além de segredos de tecnologia militar. Se foi assim, porquê a Argentina não se tornou uma potencia tecnológica no ramo militar? Será que foi vítima de uma trolagem, o que era bem tipico dos alemães?

  • 09/01/2015 em 15:41
    Permalink

    Muito interessante sua colocação Claudio Moreira.
    Acredito que se houve “ouro”, ficou com os malditos mesmo.

  • 09/01/2015 em 19:45
    Permalink

    É uma teoria que não deve ser de todo desprezada. Na minha opinião, Hitler pode realmente ter forjado sua propria morte (meu pai sempre achou isso), mas, para isso ser possivel, teria de haver a concordância dos aliados, sejam americanos, ingleses ou os russos, mediante o pagamento de uma indenização fabulosa, em dinheiro, obras de arte, tesouro nazista ou mesmo tecnologia de guerra. Não acredito que Hitler pudesse fugir sem a autorização dos paises considerados vencedores da guerra. Por outro lado, a teoria do suicidio não pode ser também de todo desprezada. Primeiro, porque se houvesse alguma dúvida sobre sua morte, a inteligencia judaica iria caçá-lo sem descanso, até achá-lo como fez com outros criminosos de guerra. Segundo, porque o “Füher” jamais aceitaria ser preso pelas tropas aliadas, ser fotografado algemado, exibido como um trofeu de guerra ou atrás das grades de alguma prisão aliada, humilhado pelos vencedores e pelos familiares e descendentes do povo judeu. Seria a degradação completa para aquele que um dia foi (ou pelo menos se considerou) o dono do mundo. Além disso, certamente ele sabia que, se fosse preso, seria condenado a morte por fuzilamento ou enforcamento, como ocorreu com outros lideres nazistas. Não acredito que ele se permitiria passar por isso. Como eu disse no inicio, tudo são teorias que jamais saberemos a verdade. Fazendo uma comparação com os dias atuais, é como a morte de Osama Bin Laden. Teria mesmo ele sido morto pelas tropas americanas e seu corpo jogado ao mar?? Sem nenhuma foto ou comprovação disso?? Pode ser verdade, ou também a mesma teoria que eu dei sobre a fuga de Hitler poderia servir nesse caso. Até mesmo porque, verdade seja dita, se ele realmente morreu, porque não houve ma explosão de atentados terroristas pelo mundo como se previa? Não parece que a Al Qaeda até que aceitou resignadamente a morte do seu lider? Estaria tão despreparada que não tinha ninguem para comandá-la após a morte do seu lider? É de se pensar….ou não??

  • 14/02/2015 em 00:35
    Permalink

    LOTS OF MONEY AND POWER..BUT IT´S ALL OVER SINCE MY BIRTH IN 1944 AND AFTER ALL I REALY DON´T LIKE HITLER OR NOTHING ABOUT THE SECOND BIG WAR…MY REAL TIME IS NOW…
    2015… SORRY BUT I´M AN ARTIST AND MY WORLD IS MADE OF DRAWINGS AND PAINTINGS…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.