Confira quatro inovações que contribuem para limpar o ar

Confira quatro inovações que contribuem para limpar o ar

ONU lista projetos com soluções que podem combater a poluição do ar

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), por ano, cerca de sete milhões de mortes prematuras são registradas em decorrência da poluição do ar. Isso quer dizer que, por hora, são 800 mortes precoces que acontecem devido a esses problemas.

Medidas para combater a poluição do ar têm ganhado força nos últimos anos. Diante dos dados, as pessoas e empresas buscam novas alternativas para ajudar o meio ambiente e, muitas vezes, desenvolvem sistemas inovadores para tentar remover algumas das toxinas mais perigosas presentes no ar.

A Organização das Nações Unidas (ONU) listou quatro projetos desenvolvidos por empresas de diferentes lugares do mundo que buscam a melhora na qualidade do ar. Veja:

  1. Pinturas especiais no México

Denominada de Absolut Street Trees, a iniciativa envolve diversos artistas pintando murais no México com tintas Airlite, que promove um processo semelhante à fotossíntese para purificar o ar.

Ao expor a tinta à luz do Sol, o ar circundante é oxigenado por meio de algumas reações químicas. Dependendo da quantidade de murais e suas extensões, é possível que eles possam neutralizar o equivalente à poluição emitida por 60 mil veículos em um ano. A duração das tintas nos muros pode chegar a 10 anos.

Crédito: divulgação

  1.  BioSolar Leaf

Painéis com pequenas plantas que absorvem dióxido de carbono e liberam oxigênio são o primeiro BioSolar Leaf do mundo. A taxa de absorção é o equivalente a 100 árvores. O projeto da Arborea conta com a colaboração dos cientistas do Imperial College, em Londres. A instituição também custeará o desenvolvimento e a implantação de um modelo ao ar livre no Campus White City da universidade, também em Londres.

O sistema também gera biomassa, que será utilizada pela Arborea como aditivo alimentar para produtos feitos à base de plantas.

  1.  CityTree 2020

Idealizado pela Green City Solutions, o CityTree é o primeiro filtro biotecnológico do mundo. O projeto é configurado como uma parede com uma variedade de tipos de musgos que naturalmente absorvem a poluição, além de outras plantas inseridas por cima, para proporcionar sombra aos musgos.

Sistemas solares e de coleta da água da chuva abastecem a instalação com o que é preciso. Os painéis também podem oferecer bons locais para aproveitar e relaxar, segundo a empresa criadora.

  1.  Casas para reduzir a poluição

A empresa 3M criou grânulos (usados frequentemente para reduzir a incidência de raios UV nos telhados) redutores de smog, que é um acúmulo de poluição das cidades que causam nevoeiro e neblina. Desta forma, as telhas das residências podem combater partes das toxinas encontradas no ar das cidades.

Os grânulos são ativados com os raios UV e geram radicais que se ligam aos produtos químicos presentes no ar. Essas substâncias são transformadas em íons solúveis em água, que podem ser lavados posteriormente.

Alternativas caseiras

Para se proteger da poluição do ar ainda sem essas inovações listadas pela ONU, existem algumas alternativas. Em casa, usar um purificador de ar, limpar os filtros do ar-condicionado com regularidade de 30 a 60 dias e comprar produtos de limpeza que não sejam tóxicos são boas alternativas. Lembre-se de ingerir cerca de dois litros de água diariamente.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.