É COMIGO?…

É COMIGO?…

Por Antônio de Oliveira

Falando sério, o contribuinte é que é o patrão dos políticos, que nem sempre se mostram dignos representantes. Isso ocorre toda vez que a leviandade desmascara a apregoada capacidade e idoneidade com que apareceram cingidos em campanha eleitoral. São autoridades constituídas pelo povo, que deveria ser considerado de fato respeitável público, para o qual deveriam trabalhar com competência e honestidade. Mas parece que excelências andam perdendo a linha com a manivela e tudo. Ou, então, mostram-se tolerantes e compreensivos, como se nenhuma critica ou reclamação os atingisse, blindados pela imunidade parlamentar e pelo antidemocrático foro privilegiado. Ninguém que ocupe um cargo público é dono dele.

Após as manifestações públicas do dia quatro de dezembro de 2016, um senador chamou os manifestantes de “mentecaptos alienados”. Ou então, de maneira alienada, isso sim, entendem que as manifestações são legítimas e, dentro da ordem, devem ser respeitadas. Manifestações desse tipo servem para oxigenar nossa jovem democracia. Maravilha. Mas para quem são os recados? Os destinatários fazem de conta que não é com eles. Mais urgente que uma reforma política é uma reforma de caráter, a partir do “avesso do avesso do avesso do avesso”. Marcelo Calero, ex-ministro da Cultura, estopim do caso Geddel em 2016, disse, no Facebook, que “não podemos mais tolerar a esculhambação que é a política do nosso país”.

É bem aquela história: Era uma vez quatro políticos, Todo Mundo, Alguém, Qualquer Um e Ninguém. Havia um trabalho indispensável a ser feito em proveito do povo. Todo Mundo tinha certeza de que Alguém o faria. Qualquer Um poderia tê-lo feito, mas Ninguém o fez. Alguém se negou a fazer o trabalho porque era um trabalho de Todo Mundo. Todo Mundo achou que Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Todo Mundo deixasse de fazê-lo. No final, Todo Mundo culpou Alguém quando Ninguém fez o que Qualquer Um poderia ter feito.

O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com

Imagem: sxc.hu

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *