Logos Divino

Logos Divino

Por Antônio de Oliveira

João inicia seu evangelho anunciando um novo Deus num estilo bastante diferente do início dos outros três evangelistas, respectivamente
Mateus, Marcos e Lucas. Prólogo, prefácio, prelúdio comparável à ouverture de uma sinfonia: ”No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tradução de logos, em grego, “Verbo” significa ideia, linguagem, razão de ser e explicação do universo. Conforme cultura grega da época, o divino devia ser identificado com a razão. Para entender melhor esse anúncio, lembre-se a passagem do apóstolo Paulo pelo areópago de Atenas, onde discursou na presença de sábios da Grécia: “Cidadãos de Atenas, em tudo vos vejo bastante crentes. Percorrendo a cidade e observando os monumentos dedicados ao culto, encontrei também um altar com a seguinte inscrição: ‘Ao Deus desconhecido”. E era justamente esse Deus que Paulo anunciava. Acabou sendo ridicularizado.

cruz-Deus-logos-significado

Um verbo encarnado que não tinha nada a ver com os reis daquele tempo. Tampouco com as pessoas importantes e famosas e ensimesmadas de hoje em dia. Um Deus que armou sua tenda entre nós. De aceitação mais pela fé que pela razão. “Escândalo para os judeus e loucura para os gregos”, segundo o apóstolo Paulo. Hoje, badalação mais de Papai Noel que de sinos de Belém. Multidões carregando sacolas de grifes com etiquetas rotulando o espírito mercantil.

feliz-natal-mensagem-feliz-ano-novo-2016

Embora presente, o Deus desconhecido é o menos presente entre os presentes adquiridos por força de uma propaganda aliciante, inclusive de manipulação política. O Natal verdadeiro desempenha apenas uma ponta nesse cenário. Mas rouba a cena. Continua o Natal. Não apenas de uma criança terna, mas eterna. Para nós, mais um entreato da vida. Feliz Natal!

[author] [author_image timthumb=’on’]https://www.duniverso.com.br/wp-content/uploads/2014/03/foto-antonio-oliveira.jpg[/author_image] [author_info]O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com[/author_info] [/author]

Imagens: sxc.hu

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.