De baixo custo, super bateria de papel promete revolucionar

De baixo custo, super bateria de papel promete revolucionar

Ao mergulhar um simples pedaço de papel em tinta infundida com nanotubos de carbono e nanofios de prata, cientistas da Universidade de Stanford foram capazes de criar uma bateria de baixo custo (supercapacitor) ultra-leve, flexível e extremamente durável. O papel pode ser amassado, dobrado ou mesmo embebido em soluções ácidas que ainda continuará funcionando.
A bateria com base de papel é mais durável do que a com base plástica (estudada anteriormente) porque a tinta adere mais fortemente ao papel.

O super-bateria de papel pode durar até 40.000 ciclos de carga/descarga, bem mais do que as baterias de Íon lítio. Os nanomateriais também se fazem condutores ideais porque se movem ao longo da eletricidade de forma muito mais eficiente do que condutores comuns, isto aliado à flexibilidade e pouca espessura do papel permite uma gama enorme de aplicações inteligentes, o que deverá revolucionar o mercado principalmente de celulares, veículos elétricos e híbridos, smartphones e dispositivos multimídia.

Em seu laboratório o pesquisador Bing Hu fez uma demonstração da nova tecnologia ligando a bateria a um LED (light emitting diode ou diodo emissor de luz), que brilhou intensamente. “Esta tecnologia tem potencial para ser comercializada dentro de um curto espaço de tempo”, diz Peidong Yang, professor de química na Universidade Berkeley da Califórnia.
Portanto pessoal fiquem atentos pois rapidinho teremos no mercado novos dispositivos com as “nanobaterias“.
Gostou do artigo? Compartilhe!
Grande abraço!

Fonte:
phys.org

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.