Café da manhã: a refeição é mesmo importante?

Café da manhã: a refeição é mesmo importante?

Refeição é considerada a mais importante a ser realizada no dia, mas alguns cientistas australianos contestam o status do café da manhã.

Todo mundo já ouviu a clássica frase que diz: “O café da manhã é a refeição mais importante do dia”. Essa é uma ‘verdade’ propagada não apenas entre os brasileiros, entre europeus e norte-americanos, por exemplo, também existe essa ideia com relação ao desjejum.

A boa fama do café da manhã começou a ser propagada por aqueles que acreditam que, quem faz essa refeição, não costuma ter problema com relação a ganho de peso. Muitos médicos, inclusive, afirmam que fazer um bom café da manhã, a longo prazo, ajuda a emagrecer.

Acreditando nessa concepção, muitas pessoas procuram fazer refeições com carboidratos integrais, frutas, além de leite e seus derivados como os queijos brancos.

Mas, recentemente, alguns estudos colocam em dúvida a noção de que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, questionando, inclusive, a ideia de que é possível emagrecer se a pessoa faz sempre um bom desjejum.

Café da manhã não ajuda a controlar a balança?

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Monash, na Austrália, realizaram uma pesquisa para investigar se, de fato, o café da manhã poderia ser tratado como o grande aliado de quem quer emagrecer.

A partir de uma revisão de estudos que já haviam sido publicados, eles descobriram que, na verdade, quem aderia ao café da manhã costumava ter uma ingestão de cerca de 250 calorias a mais por dia. Com isso, no fim do mês, os pacientes que faziam o desjejum chegavam a ficar até 450 gramas mais pesados.

Desjejum não ajuda a acelerar metabolismo

Outra conclusão a que os cientistas chegaram é que não há evidências de que o café da manhã ajuda a acelerar o metabolismo das pessoas, ou seja, quem consome alimentos e líquidos no período da manhã não está, necessariamente, fazendo o organismo trabalhar mais rápido para quebrar as calorias.

Café da manhã não ajuda a evitar a gula

Muitas pessoas acreditam que o café da manhã é extremamente importante para quem quer emagrecer, porque ele ajuda no controle ao longo do dia, isto é, ele evita que a pessoa tenha episódios de gula e coma em excesso .

Os cientistas australianos, no entanto, rebatem essa ideia e não acreditam que o desjejum tenha toda essa importância. Inclusive, eles advogam que a pessoa não deve ser obrigada a comer logo cedo, se não se sentir confortável para isso.

Médicos e cientistas brasileiros rebatem a pesquisa

Muitos médicos e cientistas brasileiros, no entanto, rebatem a pesquisa australiana. Para eles, ainda não há evidências suficientes de que o desjejum atrapalha no processo de emagrecimento, por exemplo.

Alguns nutricionistas e médicos endocrinologistas alegam que mesmo que haja um ganho de peso de 450 gramas no mês, essa não é uma quantidade tão considerável assim para que as pessoas comecem a associar o café da manhã com o ganho de peso.

Além disso, os profissionais brasileiros também alertam que ficar sem comer durante a manhã é manter-se por muito tempo sem qualquer alimentação, o que é prejudicial para o organismo: as pessoas podem se sentir mais fracas e ter dificuldades para realizar tarefas simples.

Preferível reduzir consumo de alimentos à noite

A maioria dos profissionais da saúde recomenda que, se a pessoa quiser “economizar” em uma refeição, é melhor que isso seja feito na última do dia, ou seja, no jantar.

Isso porque no período noturno o organismo já está se preparando para repousar e, consequentemente, o metabolismo desacelera e a digestão fica mais lenta. Trocando em miúdos: o organismo fica mais lento e há uma propensão para engordar. Por isso, na última refeição é preferível comer algo mais light.

O que comer no café da manhã

Em alguns países, como os Estados Unidos, as refeições do café da manhã são mais pesadas. É muito comum que os norte-americanos comam coisas mais gordurosas, como ovos mexidos e bacon.

Nós brasileiros não costumamos fazer refeições tão pesadas assim pela manhã. A depender da região do Brasil a mesa do café da manhã varia bastante, mas, de forma geral, os nutricionistas recomendam que seja consumido uma porção de carboidrato, de preferência integral, com algum laticínio — leite ou queijo. Frutas e cereais também são bem-vindos.

A bebida pode ser tanto um suco de frutas, como um chá ou o tradicional cafezinho, que não pode faltar na mesa dos brasileiros.

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.