Bem à Solta

Bem à Solta

Por Antônio de Oliveira

O diabo existe. E anda bem à solta. Com efeito, em grego, diábolos significa o que separa, divide para dominar, calunia, deforma. Antônimo de diábolos é sýmbolos, symbolum, em latim, símbolo, sinal de união, como em simbiose, sincronia, sílaba, simpatia, sinfonia, sinopse, síntese.

A palavra Diabo passou praticamente a nome próprio, personificação do Mal, oposta à palavra Deus, personificação do Bem, e da Paz. Assim, a violência, no Brasil e no mundo, está como o Diabo gosta. Irmão desconhece irmão. Corrupção, desentendimento por herança, bens materiais e dinheiro. Que podem ter um efeito destrutivo, desastroso, tão devastador quanto uma guerra, separando, às vezes para sempre, e em caráter irrevogável, pais e filhos, irmãos e irmãs. Poder transformado em poderio aterrador. Agravando as desigualdades sociais. Favorecendo a manipulação dos menos favorecidos. Incitando o ódio, o desejo de vingança, o revide, o fazer justiça pelas próprias mãos. A imagem deixa de ser a do amanhecer, do alvorecer, para, aos poucos ou de repente, dar lugar ao crepúsculo, ao declínio, à barbárie.

Visao-de-Fausto-Luis--Ricardo-Falero

Consta da Bíblia que o diabo transportou Jesus a um ponto muito alto e, dali, mostrou-lhe todos os reinos do mundo na sua magnificência. E lhe disse: “Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares”. Jesus, naturalmente, não cedeu. A história está repleta de ditadores que, pelo poder, são capazes de, prostrados, adorar satanás, com ele negociar. Tudo pelo poder, pela fama, pela ganância, pelos milhões de dólares lavados com água suja. Em maior ou menor escala, isso acontece no dia a dia. Governantes que se arvoram em mandantes em vez de mandatários, em vez de dizerem “neste mandato” ou “no atual mandato”, dizem “no meu governo”. E como se manipula e se faz farra com o dinheiro do povo por esse Brasil afora!

Goethe imortalizou a figura de Fausto no seu pacto com Mefistófeles, ou diabo, a fim de satisfazer desejos insaciáveis. Tudo a ver…
[author] [author_image timthumb=’on’]https://www.duniverso.com.br/wp-content/uploads/2014/03/foto-antonio-oliveira.jpg[/author_image] [author_info]O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com[/author_info] [/author]

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.