Como se preparar para estudar sozinho para o vestibular
fev25

Como se preparar para estudar sozinho para o vestibular

 Como se preparar para estudar sozinho para o vestibular A aprovação no vestibular é o início de um ciclo de mudanças na vida dos jovens brasileiros, já que depois dos anos de graduação, cada pessoa terá nas mãos o diploma que pode mudar a sua vida. Porém, chegar ao banco das universidades (públicas ou privadas) não é uma tarefa fácil. Às vezes, seja por questões financeiras, rotina de trabalho ou escolha pessoal, muitos estudantes decidem se preparar para as provas sozinhos, sem o auxílio de cursinhos ou professores. A dica para quem opta por esse caminho é organizar horários, rotina, dentre outros compromissos com uma agenda positiva para atingir o objetivo. Dados estatísticos comprovam que é possível vencer o vestibular quando se estuda sozinho. De acordo com uma pesquisa da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), provedora responsável pela realização de exames para universidades públicas do Estado de São Paulo, cerca de 37% dos alunos aprovados no vestibular da instituição não estavam matriculados em cursinhos. Ou seja, os estudantes se preparam sozinhos. Organização na hora de estudar Organização, disciplina e motivação. Esse tripé garante a aprovação, visto que o estudante precisa organizar-se de forma muito prática, seguindo todas as etapas de estudos para atingir o objetivo final. A disciplina é fundamental na hora dos estudos. Sendo assim, as horas dedicadas são sagradas. A motivação garante que a rotina de estudos seja potencializada, mas para ter toda essa vontade de estudar, é necessário contar com a ajuda de terceiros, que podem ser familiares ou amigos, que precisam incentivar o estudante durante os momentos de desânimo. Para garantir a fixação de conteúdos e disciplinas, é preciso ter um local apropriado, adaptando-o a essa nova rotina, pois não tem como estudar com fone de ouvidos, televisão ligada na série preferida ou sentado no sofá da sala. Um cantinho de estudos é muito importante nessa etapa da vida dos jovens. Uma coisa muito importante na hora de estudar: o silêncio. Logo, não adianta estudar ao lado do irmão que está ouvindo música no volume máximo. Por vezes, é interessante ir a outros locais para estudar, como bibliotecas públicas que ofereçam salas reservadas com tomadas para carregar a bateria do notebook, por exemplo. Outra opção é procurar por locais calmos com WI-fi disponível, como em alguns cafés e livrarias. A fuga do ambiente familiar também é importante para atingir os objetivos. Efetivação de um plano de estudos Para garantir o tão sonhado lugar na lista de aprovados no curso de sua escolha, é preciso seguir um plano de estudos, que deve focar nos seguintes itens: Estude as matérias que impõem mais dificuldades, sem se...

Read More
Sempre Ele
fev23

Sempre Ele

 Sempre Ele Por Antônio de Oliveira Machado de Assis é mais conhecido e citado como romancista que como cronista. No entanto, ele foi também exímio cronista. Nestas reflexões, algumas dicas machadianas. Certa ocasião, Machado recorreu à figura de “uma gaiola de papagaio, aberta por todos os lados, sem aparência mesmo de gaiola, mas onde a ave fica presa por uma corrente que lhe vem do pé ao poleiro. Quebre-se a corrente, de uma vez por todas, e dê-se a liberdade ao pobre animal”. No fundo, a questão é: “aut libertas, aut nihil”. Cláudio Manoel da Costa havia proposto fosse esse o lema da Inconfidência Mineira: Ou liberdade ou nada! Deus criou o homem livre e assim o respeita, quer essa criatura opte pelo caminho da austeridade ou pelo caminhão da corrupção. Liberdade pela metade não seria liberdade, dentro dos limites democráticos. Seria como estrumar um pit bull, assanhando-o contra o assaltante, porém sem lhe soltar a corrente tilintante. O que o cão de guarda pode fazer, numa situação dessas, é apenas saltar de cá para lá, ladrando. Como uma reflexão puxa outra, Machado nos leva a questionar, noutra crônica, a linguagem dos políticos: “Há, porém, na ordem política umas tais retortas e alambiques onde se apuram as palavras e as ideias, de modo que as tornam inteiramente diversas daquilo que significam na ordem comum”. Isto é, discurso esotérico, impenetrável, enigmático, hermeticamente fechado. Será que é para o povo não entender mesmo? Um mundo à parte, de eleitos autoeleitos para a impunidade. Pudera!… Foro privilegiado. “Florão da América”, nosso país tinha tudo para ser o ornamento que daria beleza à América. De qualquer forma, começa a mostrar a própria cara, que precisa ser lavada a jacto e de um jacto. Faça-se uma varredura, com água e sabão, detergente e escovão, em nossas instituições esclerosadas por logísticas injustas, cujos ocupantes não estão nem aí para denúncias sérias e graves. Tudo não passa de meras “ilações” infundadas! O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com Imagem: wikipedia...

Read More
A lenda Overdose, voltou
fev19

A lenda Overdose, voltou

 A lenda Overdose, voltou Após quase 10 anos sem se apresentar, ontem dia 18/02/2017, milhares de sortudos tiveram o prazer de ver novamente em cena, a potente e expressiva banda Overdose de Belo Horizonte. Realizado no espaço em torno do Estádio Magalhães Pinto (Mineirão), o show foi um dos mais concorridos dentre as dez bandas que também se apresentaram pelo Bloco dos Camisas Pretas, que homenageia Ronnie James Dio em 2017. Com a mesma “pegada” de outrora a banda levou os fãs ao delírio logo quando deu o primeiro acorde. Numa performance excepcional digna das grandes bandas de peso do cenário mundial, a Overdose provou que o tempo para a banda não passou, pelo menos no quesito qualidade e “pegada” musical que a maturidade ajudou a lapidar ainda mais. Um dos pontos altos do show foi quando Bozó convidou Helio Eduardo e Fernando Pazzini para assumirem o palco, fazendo uma homenagem à primeira formação da banda. Outro ponto foi quando a galera enlouquecida levantou um fã cadeirante e o levou até o palco, onde permaneceu até o fim do show. O povo se incendiou!. Overdose a todo vapor no entorno do Mineirão dia 18/02/2017 O Rock e a cena Underground belorizontinos sempre tiveram expressão nacional (até mundial) parindo muitas das melhores bandas de Heavy Metal brasileiras. Fundada em 1983 a Overdose que teve muita influência na América Latina e fez muitos shows pela Europa e Estados Unidos,  com certeza foi uma dessas. Para o retorno, o projeto da banda a partir de 2017 é fazer poucos shows mas estar sempre na ativa. Ainda não tem expectativas de novos trabalhos em relação a criação, porém, nunca se sabe. Talvez o relançamento de alguns discos antigos seja uma opção a médio prazo. Perguntado sobre sua avaliação dos últimos álbuns produzidos (Progress of Decadence de 1993 e Scars de 1995), o guitarrista Cláudio David respondeu o seguinte: “Dois dos melhores e mais originais álbuns do OverDose. Foram eles o que realmente abriram as portas para o OverDose nos Estados Unidos e na Europa. Acho que todos os discos do OverDose tem muita personalidade e originalidade, mas os Scars e o Progress chegaram a uma maturidade musical e uma identidade sonora única, que diferenciou radicalmente a banda de todas as outras do Metal, consagrando o OverDose mundialmente.” (Texto da Entrevista realizada no site http://www.sourcewebzine.com.br em janeiro de 2017) Abaixo Teaser excepcional sobre o evento, produzido pela Estúdio Vox BH: Comentário de uma fã na página da banda: Como a Banda dispensa mais apresentações, deixo uma “sonzeira” para vocês curtirem no vídeo abaixo. Grande abraço! Ficha técnica: Gênero: Heavy Metal Membros: Pedro Amorim (Bozó) – Vocals Claudio David...

Read More
Criando o seu pet em apartamento: dicas e deveres
fev19

Criando o seu pet em apartamento: dicas e deveres

 Criando o seu pet em apartamento: dicas e deveres Os bichinhos de estimação fazem parte das famílias brasileiras, e criá-los em apartamentos envolve uma série de cuidados. Esse tipo de moradia é muito comum, afinal, nos últimos anos, devido à violência urbana e outros fatores externos, as pessoas têm preferido morar em apartamentos. Além de seguros e confortáveis, esses locais podem comportar a criação do seu pet, desde que se tenha em mente como fazer isso da melhor forma. Algumas pessoas podem julgar que nesses espaços é proibido ter gatos ou cachorros, por exemplo, mas isso vem se mostrando um equívoco. Prova disso é que, cada vez mais, as diretrizes e leis dos condomínios têm permitido a presença dos bichinhos, que, em muitos casos, são companheiros de pessoas solitárias e até auxiliam portadores de deficiência, como cães-guia. Espaço para as necessidades do bichinho Dentro do apartamento deve haver um local para que o pet faça suas necessidades. Geralmente, as pessoas escolhem deixar esse espaço reservado para cães e gatos na área de serviço, banheiro dos fundos ou outro usado com menos frequência, varanda, entre outros lugares pouco utilizados. No caso dos gatos, sempre é utilizada uma caixa com areia. Já para os cães, a sugestão é utilizar toalhas higiênicas produzidas para essa finalidade. Ainda para gatos, existem outras sugestões de produtos, como o granulado sanitário, que pode substituir a areia. Onde o pet deve dormir? O animal precisa ter uma casinha ou caminha em um local apropriado. Além disso, os colchões e panos usados no lugar onde o pet dorme precisam ser higienizados com frequência, já que sempre haverá contato com os moradores da casa. Deve-se tomar certos cuidados por conta de cães e gatos transmitirem doenças. Para evitar problemas, a dica é utilizar vermífugos com receituário de um veterinário, fazer a tosa do animal e, também, controlar pulgas e carrapatos que possam surgir e provocar doenças tanto no pet quanto em seus donos. Qual pet devo ter em meu apartamento? Os gatos encontram mais facilidade para se adaptar aos apartamentos compactos, já que os bichinhos costumam gostar mais de espaços pequenos. Mesmo assim, são necessários alguns cuidados, como telar janelas e varandas, realizar higiene constante, verificar o espaço para tomar sol etc. Os cachorros de grande porte costumam dar um pouco de trabalho em ambientes compactos. A dica é sempre levá-los para passear ou correr, seja no próprio condomínio ou nas ruas próximas do prédio. Não deixe seu animal estressado Os animais também sofrem de estresse, já que, às vezes, podem se sentir presos em espaços limitados. Dessa forma, o bichinho pode ficar com baixa imunidade e, então,...

Read More
5 estratégias fáceis de implementar para combater o estresse
fev14

5 estratégias fáceis de implementar para combater o estresse

 5 estratégias fáceis de implementar para combater o estresse Apesar de estarmos no começo do ano, muitas pessoas já estão sendo afetadas pelo estresse. As responsabilidades no trabalho ou o desafio de criar filhos são algumas das tarefas que podem afetar a harmonia do seu dia-a-dia. Infelizmente não há uma mágica para fazer os problemas desaparecerem, mas é possível viver com mais tranquilidade. Veja as dicas abaixo para reduzir o estresse e garantir mais disposição. Image:sxc.hu Relaxe ao longo do dia Pelo fato de você passar boa parte do dia no trabalho, é importante fazer pequenas pausas. Levante-se e espreguice-se. Respire fundo, faça uma pequena caminhada ou vá beber água. Aproveite esses minutos longe do computador e do celular. Pense em alternativas para ter mais tempo livre. Se nada der certo, ao chegar em casa deite na cama por 10 minutos com a luz apagada. Mentalize um lugar calmo como qualquer uma das melhores praias em nosso país, feche os olhos e respire devagar e profundamente. Tome um banho relaxante. Elimine estresse desnecessário. Se os noticiários lhe aborrecem, desligue a TV. IMAGE >>> http://www.publicdomainpictures.net/view-image.php?image=96461&picture=relaxing |Source: Public Domain Pictures Distraia a mente Encontre um hobby que o ajude a esquecer dos problemas. Compre um livro de pintar, faça origami ou convide os amigos para jogar xadrez ou pôquer. Mesmo durante uma atividade de lazer você pode ampliar os momentos relaxantes. Um exemplo interessante acontece com os jogadores de pôquer profissionais. Alguns deles possuem playlists próprias para cada situação de jogo, inclusive antes e durante o jogo para relaxar. Que tal criar uma playlist com suas músicas favoritas? Você pode escutá-las no caminho do trabalho para se manter zen. Image: londrinatur.com.br Pratique exercícios fisicos Essa dica é óbvia, mas funciona! Praticar esportes regularmente reduz e previne o estresse. Lembre-se que você não precisa seguir tendências. Faça algo que lhe dê prazer, seja caminhada, futebol, dança, alongamento…Tenha como meta pelo menos 30 minutos de exercício, três vezes por semana. Com o passar do tempo você se sentirá mais disposto e até o seu sono irá melhorar. Seja agradecido Uma ótima maneira de eliminar o estresse é ser grato pelo que você tem. Valorize os amigos, a família e a sua saúde. Mantenha uma atitude positiva ante as adversidades. Evite pessoas difíceis Se alguém faz você sair do sério, tente evitar essa pessoa. Se isto for impossível, procure alternativas. Converse o básico e não compartilhe detalhes da sua vida pessoal com quem julga e critica suas ações. Não se sinta culpado por eliminar pessoas negativas do seu convívio. O resultado será mais felicidade e menos estresse. Grande abraço! Press Office...

Read More