Distrito Federal foi a unidade que mais buscou por concursos públicos no Brasil em 2018

Distrito Federal foi a unidade que mais buscou por concursos públicos no Brasil em 2018

Dados mostram que 12,8 milhões de buscas foram feitas na Internet sobre o assunto

 A agência especializada Gran Cursos Online publicou neste mês que o Distrito Federal foi a unidade federativa que mais pesquisou sobre concursos públicos no ano passado. Segundo os dados, foram 12,8 milhões de buscas na Internet por vagas no funcionalismo público do país, três milhões à frente de São Paulo, segundo colocado, com 9,5 milhões de buscas.

Minas Gerais, com 7,7 milhões, Rio de Janeiro, com 6,5 milhões, e Goiás, com 5,2 milhões, completam a lista.

As buscas no Distrito Federal passam, acima de tudo, pelas vagas do grande certame deste ano: o da Secretaria da Fazenda (Sefaz-DF). Segundo a pasta, o edital — que se arrasta desde o ano passado — será publicado ainda no primeiro semestre de 2019. O documento passa apenas por alguns retoques antes da publicação oficial, que dependerá também da análise da Cebraspe, a banca organizadora.

O contrato entre a Sefaz-DF e o instituto foi assinado em dezembro do ano passado, quando ambos disseram que o edital sairia em 30 dias. Até o final de janeiro, porém, os pré-candidatos ainda não tinham sido notificados. De acordo com a Gran Cursos Online, a expectativa é que a prova do concurso DF seja aplicada nos próximos meses.

Crédito: divulgação

Concursos em 2019

O Ministério do Planejamento anunciou no ano passado que planeja contratar 42.915 mil servidores públicos em 2019. A expectativa está no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) publicado para este ano pela pasta, que prevê a criação de outros 4.354 cargos que ainda não existem.

Órgãos do Poder Judiciário, como a Justiça Federal e a Justiça do Trabalho, devem receber novos funcionários, de acordo com o planejamento da pasta. Só a Defensoria Pública da União (DPU) pode contratar mais de 1.500 novos funcionários. Neste ano, a Advocacia-Geral da União deve publicar um edital para chamar 100 pessoas para trabalhar em seus escritórios espalhados pelo país — o órgão ainda negocia adicionar mais 50 vagas de cadastro de reserva.

Já o Poder Executivo tem em vista chamar funcionários para universidades federais goianas, mato-grossenses, piauienses e pernambucanas, chegando a 2.095 vagas. A Agência Nacional de Águas (ANA) já disse que precisa de pelo menos 26 novos servidores para 2019. Em 2019, o principal concurso do Executivo é o da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que terá o edital publicado neste mês e deve chamar 500 novos agentes.

De acordo com o ministério, os concursos abertos esse ano deverão passar obrigatoriamente pelo sistema para entrarem no orçamento da União. Antes dele, os pedidos eram feitos de duas maneiras: protocolando o documento na própria pasta ou por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

Grande abraço!

Press Office

Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.