SUA SUGESTÃO

SUA SUGESTÃO

Pedimos a gentileza de deixar sua crítica ou sugestão e dizer o que está achando do site (via comentário).
Elogios também serão bem vindos.
Diga o que mais gostou e o que não achou graça.
Ajude-nos a melhorar a cada dia este site para você!
A equipe Duniverso, agradece!
Forte abraço!

logo-duni-nexus-correto-03

 

10 Comments

  1. Muito bom, a variedade é o que torna o DUNIVERSO interessante.
    Um forte abraço a equipe.

    SUCESSO EM 2009

  2. EU ACHEI ÓTIMO E ACONSELHO PRA SEUS adeptos UMA LEITURA que tem ajudado a muitos;
    “Ninguém é Feliz por Acaso” é o livro, que nos ensina a recolher as pedras do caminho para construirmos o nosso castelo.Ele procura dar aos leitores o que sempre desejaram como; Muitas fé- Muita luz. Muita energia.Muita empolgação. Muitos amigos verdadeiros. Muitos sorrisos. Muitas risadas. Muito choro por alegria. Muitos abraços. Muitos desejos realizados. Muita vontade de viver. Não só hoje mas todos os dias de sua vida.
    Ele nos orienta para a descoberta do eu interior, vencendo as dificuldades. Organiza as finanças e o enriqueçimento. Nos auxilia a alcançar o sucesso esperado e como planejá-lo. Dizer não sem constrangimento e ser feliz. Aprender a valorizar-se para que o mundo fique a seus pés. Ele orienta o que cientificamente determinam os neuropeptídeos que produzem substãncias tóxicas que nos deprimem, quando temos pensamentos ruins, porem as substãncias que nos levantam, que nos alegram e nos incentivam são segregadas pelos neuropeptideos quando temos pensamentos positivos. Nos mostram quais são os limites de nossos filhos. Nos ensina como conseguir as curas pela fé e como deixar os vicios pela força do subconcsciente. Leia no site http://www.ninguemefelizporacaso.com e verá isso e muito mais.

  3. Corre, corre se não você não pega ele…

    A vida é uma caixinha de surpresas…

    Às vezes erramos, quase sempre acertamos, mas sempre seremos julgados pelas nossas atitudes sejam elas quais forem…

    Na teoria da vida nós somos treinados para nunca perdermos, mas na prática da sobrevivência não é bem assim que funciona, às vezes esquecemos que somos humanos, que sempre vamos errar e assim poder consertar e aprender com ele…

    Mas será que aprendemos?

    Alguém viu o feijão que coloquei no algodão?

    O grito entalado não suportando mais as mesmices que são impostas a nós…

    Mas espera aí, eu tenho o meu direito, eu posso escolher…

    Tem?

    Pode?

    Onde estão meus amigos?

    Amigos?

    E como se não bastassem, nós como carneirinhos, seguimos de mãos dadas e enfileirados atrás das mesmas coisas, sem perceber o novo a espera querendo entrar…

    Posso ficar na de fora?

    E o novo?

    O novo é belo, incerto, depende de como você vê, já dizia o poeta…

    Mas depois que você insiste em não querer enxergar…

    Não se preocupe, nós iremos te ajudar…

    Vão mesmo?

    Porque será que não fiquei esperançoso?

    É o que todos dizem…

    Mas quando eu irei entrar?

    Tenho muito talento para mostrar…

    Até quando serei obrigado?

    Até quando tenho que esperar?

    Até quando chegar a sua vez…

    Até quando Deus quiser…

    A.L.Brini

  4. meu primeiro carro foi um fusca 62 E muito dificil encontra um fusca bom mais dificil ainda deixa-lo e impossível esquecelo Felix da Pavuna

  5. SMALLVILLE
    Plágio ou coincidência?

    Yoytube:
    http://www.youtube.com/watch?v=5GnUhK6Wsb0

    Dzai:

    http://www.dzai.com.br/httpplagiarisminsmallvilleblogspotcom/noticia/montanoticia?tv_ntc_id=39554

    Smallville é um seriado americano filmado no Canadá, na cidade de Cloverdale e em Vancouver, baseada na história do mais conhecido super-herói da DC Comics de todos os tempos, o popular personagem Superman.
    A vida do adolescente Clark Kent, que vive e cresce em Smallville e lida com os problemas enfrentados durante a adolescência de qualquer humano comum, somando-se ao fato de enquanto isso manifestar novos poderes anormais, o que traz o lado dramático mostrar a vulnerabilidade de um pseudo-humano, principalmente quando está próximo das pedras de Kryptonita (pedaços radioativos de seu planeta-natal), quando ele é completamente invulnerável.
    Smallville possui em seu cast vários produtores, roteiristas e grandes escritores americanos consagrados no meio como Steven S. Deknight, Milles Millar, Alfred Gough, Joe Davola, Brian Robbins dentre outros, conhecidos não apenas por trabalhar em Smallville mais em outros seriados americano também de grandes sucessos.
    Álvaro Lopes tem 27 anos e mora em Belo Horizonte, é estudante de engenharia civil em uma conceituada universidade da cidade. Apesar de estudar e trabalhar na área de ciências exatas, nas horas vagas tem o hobby de escrever poemas, historias, dentre outros.
    Amante da sétima arte, ele é fã do seriado americano Smallville, série de grande sucesso no Brasil transmitido pela Warner Chanel e um canal local.
    Por ser muito fã da serie, e gostar de escrever, no inicio de 2004 ele escreveu uma historia que no seu ”fanatismo” pelo seriado daria um bom capitulo para série.
    Chegou a comentar com alguns amigos que havia escrito uma historia e que estava com a idéia de enviá-la os produtores do seriado apenas por mandar, pois ele sabia de todas as dificuldades deles receberem a historia.
    Não tendo incentivo de ninguém, pois seria quase impossível os produtores do seriado receber a história e ainda lê-la, ainda por cima se tratando de um brasileiro. Mas deixando todas as criticas de lado e em sua teimosia ele a traduziu para o inglês e o espanhol, e enviou a produtora do seriado a Tollin/Robbins Productions nos EUA e no Canadá.
    Conversando com uma de suas professoras da faculdade, explicou a ela que ele havia escrito uma historia e que não se preocupou em fazer o registro dela, pois a historia seria impossível chegar a quem ele esperava.
    A professora o aconselhou então a ir aos correios e enviar a historia pra ele mesmo e não abrir o envelope, segundo ela este serviria como um documento ou uma prova, já que estaria datada pelos correios.
    Assim ele fez. Em meados de Maio de 2004 ele foi aos correios e enviou a historia pra ele e não abriu o envelope.
    Em meados de Junho de 2004 ele entra em contato com a produção do ator Christopher Reeve, pois ele havia participado de dois episódios da serie. No email que ele enviou, havia perguntado se a produção do ator teria algum contato com os produtores do seriado.
    No dia 21 de julho de 2004 a produção do ator responde por email e muito atenciosamente:

    “Caro Álvaro, obrigado pela suas belas palavras a respeito de Christopher Reeve e de seus projetos atuais. A aparição de Christopher Reeve em Smallville foi resultado de um esforço pessoal. Não temos nenhuma ligação com a empresa ou a equipe que produz o seriado. Boa sorte em seus teus textos.”
    Kathy McArthur
    Information Specialist Paralysis Resource Center
    of Christopher and Dana Reeve Foundation

    Como não havia recebido nenhuma noticia ainda sobre a carta com a história que ele havia mandado meses atrás, então ele envia novamente a mesma historia traduzida nos idiomas, inglês e espanhol com uma cópia em português para o mesmo endereço que ele havia enviado. Dessa vez ele envia como carta registrada com AR (aviso de recebimento), o AR retornou assinado e carimbado datado em 16 de Dezembro de 2004 e desde então ele nunca obteve resposta da carta com a história que havia enviado.
    Em meados de Abril de 2005, ele entra em contato com o desenhista brasileiro Renato Guedes que na época trabalhava na revista em quadrinhos Smallville lançadas aqui no Brasil. No email ele havia perguntado a mesma coisa que havia perguntado ao Ator Christopher Reeve. No dia 26 de Setembro de 2005 Renato Guedes responde o email:

    Olá Alvaro! tudo bem?Desculpe-me a demora, estive trabalhando em uma edição de Superman com um prazo apertadíssimo e só agora estou voltando à vida normal e recebendo meus e-mails! Valeu Álvaro! Fico feliz! Então a Revista foi cancelada já faz algum tempo, e já faz dois anos que sai de Smallville! Todo o contato era feito através da DC comics e nunca tive um contato direto com os produtores, infelizmente o trabalho era terceirizado! Mas desejo-lhe boa sorte, e espero que consiga entrar em contato com eles!
    Um abraço!
    R

    O tempo foi passando e ele nunca obteve resposta da historia e nem a carta de volta.
    Em meados de Dezembro de 2005, assistindo normalmente ao seriado pela Warner, passa um capitulo muito semelhante com o que ele havia escrito e enviado a eles em 2004. Ele então assistiu ao episodio várias vezes para ver se realmente havia algum ponto semelhante. Pediu a vários amigos que também assistissem ao episodio e depois lessem a historia e se realmente eles notassem alguma semelhança que dissessem a ele. Eles assistiram ao episodio e leram a historia e observaram também vários pontos semelhantes.
    Ele Anotou os pontos mais semelhantes que havia entre a sua historia e ao que fora ao ar. Encontrou vários pontos semelhantes alem do desfecho final do capitulo.
    A partir daí, ele começou a tentar entrar em contato novamente com os produtores do seriado, mandando varias cartas, fax, perguntando o porquê que o capitulo que havia ido ao ar era tão semelhante com a história que ele havia escrito e enviado a eles a cerca de um ano atrás, algumas cartas que foram enviadas chegaram a retornar, outras eles receberam.
    Eles como sempre nunca se manifestaram nem se quer com uma carta, será que não responderam talvez porque ele é brasileiro?
    O episodio em questão é o quinto da quinta temporada (5.05) titulado de thirst, cujo escritor é o renomado Steven S. DeKnight e dirigido por Jeannot Szwarc.
    Levando em consideração a grande diferença de tempo, aproximadamente um ano entre as duas histórias, os personagens que existem na historia de Álvaro já não existem mais em Smallville devido a continuacao da trama.
    Fica então a grande duvida, Plagio ou mera coincidência?

  6. Interessante a denúncia dos números que representam o problema da fome no Mundo. Porém somente se resolve com meios financeiros. Proponho que organizem uma lista de doações com indicação do nome de cada um e com o valor de 100 euros.
    Com um grupo de 3.000 doadores realizem esse capital de 300.000 usd para implantar uma unidade de 50 hectares de terras irrigadas que produzirão 6.000 toneladas de alimentos frescos por ano e receitas líquidas de 2.000.000 euros por ano. Com os recursos do primeiro ano, 2.000.000 euros devolvam os 300.000 euros iniciais e com os 1.700.000 euros sobrantes instalem mais 5 módulos de 50 hectares.
    No segundo exercício, já terão 5 x 2.000.000 = 10.000.000 de euros e assim com esse progresso, em poucos anos se acabará com a fome.
    Tenho o plano técnico . Faltam os 3.000 sócios investidores de 100 euros por um a 2 anos de prazo.
    Atenciosamente,
    Jorge de Sousa

  7. Olá Jorge!

    Parece ser muito interessante seu projeto!
    Obrigado pela visita!

    Grande abraço!

  8. O Zimbabwe tem 12 milhões de habitantes dos quais, 6 milhões alimentam-se regularmente bem; 3 milhões passam dificuldades alimentares e os restantes 3 milhões têm de ser inteiramente alimentados por programas de doações internacionais.
    Esta situação decorreu do processo de independência, perseguição de agricultores não zimbabweanos e outras contingências de guerra civil.
    A produção de alimentos reduziu consideravelmente, por falta de empresários competentes que foram expulsos do país.
    Para retomar a produção satisfatória á alimentação regular de toda a população, bastaria taxar os alimentos adquiridos pela parte que se alimenta regularmente em 10% do seu valor e encaminhar este valor para a produção tecnicamente conduzida, para os restantes 6 milhões excluidos e carentes. Calculando esses valores e avaliando a oferta que provoca a derrubada dos preços, dá para compreender que o problema é meramente político e contábil e que o esforço dos 10% não demoraria mais do que o tempo de uma safra de 4 meses, uma vez que automaticamente os preços voltariam a descer
    Atenciosamente,
    Jorge de Sousa

  9. Tô adorando seu site, andei lendo as tirinhas, são de muito bom gosto e engraçadas!!!
    Parabés pelo trabalho!
    Abçs.

    Delma

  10. Olá Delma!

    Fico muito feliz com seu comentário, que carrega em si grande incentivo para seguir adiante!

    Grande abraço!

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *