Sempre Ele

Sempre Ele

Por Antônio de Oliveira

Machado de Assis é mais conhecido e citado como romancista que como cronista. No entanto, ele foi também exímio cronista. Nestas reflexões, algumas dicas machadianas.

Certa ocasião, Machado recorreu à figura de “uma gaiola de papagaio, aberta por todos os lados, sem aparência mesmo de gaiola, mas onde a ave fica presa por uma corrente que lhe vem do pé ao poleiro. Quebre-se a corrente, de uma vez por todas, e dê-se a liberdade ao pobre animal”. No fundo, a questão é: “aut libertas, aut nihil”. Cláudio Manoel da Costa havia proposto fosse esse o lema da Inconfidência Mineira: Ou liberdade ou nada!

Deus criou o homem livre e assim o respeita, quer essa criatura opte pelo caminho da austeridade ou pelo caminhão da corrupção. Liberdade pela metade não seria liberdade, dentro dos limites democráticos. Seria como estrumar um pit bull, assanhando-o contra o assaltante, porém sem lhe soltar a corrente tilintante. O que o cão de guarda pode fazer, numa situação dessas, é apenas saltar de cá para lá, ladrando.

Como uma reflexão puxa outra, Machado nos leva a questionar, noutra crônica, a linguagem dos políticos: “Há, porém, na ordem política umas tais retortas e alambiques onde se apuram as palavras e as ideias, de modo que as tornam inteiramente diversas daquilo que significam na ordem comum”. Isto é, discurso esotérico, impenetrável, enigmático, hermeticamente fechado. Será que é para o povo não entender mesmo? Um mundo à parte, de eleitos autoeleitos para a impunidade. Pudera!… Foro privilegiado.

“Florão da América”, nosso país tinha tudo para ser o ornamento que daria beleza à América. De qualquer forma, começa a mostrar a própria cara, que precisa ser lavada a jacto e de um jacto. Faça-se uma varredura, com água e sabão, detergente e escovão, em nossas instituições esclerosadas por logísticas injustas, cujos ocupantes não estão nem aí para denúncias sérias e graves. Tudo não passa de meras “ilações” infundadas!

O professor Antônio de Oliveira, cronista fascinante, é Mestre em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na Itália. Licenciado em Letras e em Estudos Sociais pela Universidade de Itaúna; em Pedagogia e em Filosofia pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João del Rei. Estágio Pedagógico na França. Contato: antonioliveira2011@live.com

Imagem: wikipedia

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *