Samsung ameaça Apple

Samsung ameaça Apple

Não é de hoje que as gigantes da tecnologia se digladiam em meio a causas e mais causas judiciais, principalmente na briga por direito em diversas patentes. Se não me engano a última guerra foi na China.
Isso muita gente sabe.
O que talvez alguns não saibam é que os “olhinhos puxados” da sul-coreana Samsung começou a incomodar, tornando-se literalmente uma ameaça, “os olhos azuis (agora arregalados)” da norte americana Apple, no segmento o qual até pouco tempo a “grande maçã” era imbatível: o mercado de seu iPhone!

Samsumg+Logo+apple+logo

O charmoso aparelhinho que conquistou o mundo a partir de 29 de junho de 2007, data de seu lançamento, vendeu nada mais, nada menos do que 85,956 milhões de unidades (dados do sítio macworldbrasil.uol.com.br) até hoje, enquanto a sul-coreana (ambas obrigadas a revelarem seus caixas em função das “disputas”) revelou a venda de 21,250 milhões do seu competente Galaxy em 02 anos (entre junho de 2010 e junho de 2012).

Samsung+Galaxy+smartyphone+iphone+apple

Resta saber quem será o vencedor nesta queda de braço, pois o consumidor já ganhou com a redução de preço e melhora na qualidade e funcionalidade dos dois produtos.
Durante todo o ciclo de vida do iPhone, a Apple registrou rendimentos de 50,7 bilhões de dólares só com a venda do iPhone, porém na sexta-feira do dia 25 de abril de 2013, perdeu para a Exxon Mobil, gigante do México, o título de empresa mais valiosa do mundo com preço estimado em apenas 413 bilhões de dólares (pouquinho não) contra 418 da mexicana.
Apesar das vendas terem subido 48% em 2012, a receita cresceu apenas 22%, problema causado pela redução do preço médio dos produtos mais vendidos.
Será por causa da Samsung?

nova+sede+apple+cupertino

Chamando o velho ditado que diz “tudo que sobe, desce”, a Apple que vinha há anos com crescimento contínuo e teve agora seu primeiro revés, está gastando 5 bilhões de dólares (previsão anterior de 3) com a nova sede em Cupertino (EUA).
A obra que não tem sequer um vidro reto (serão 5 quilômetros quadrados de vidros curvados) está atrasada, com previsão de mudança dos seus 14 mil funcionários para nova sede apenas em 2016.
Se a Apple não se tocar poderá ter (será) uma queda estratosférica?
E chamaríamos outro ditado: “Quanto maior, maior o tombo!”?
Acho pouco provável, mas vamos ver!
Grande abraço!

Fontes:
pt.wikipedia.org
macworldbrasil.uol.com.br

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

2 Comments

  1. Parabéns pela matéria!!

  2. Na medida em que mundo evolui, a competição torna-se implacável, dura, chega a ser insana. A tristeza da demissão alheia é ao mesmo tempo a alegria da nossa promoção. Na maioria das vezes não sabemos por que competimos, mas a corrente nos leva e como nossa base espiritual é vacilante, nossa convicção oscila entre a verdade e a opinião alheia. Somos reféns dos nossos próprios desejos ilimitados. Nunca conseguimos domá-los, pois eles sempre nos exigem mais, motivo pelo qual tentamos ir além da nossa capacidade.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *