Saiba como a tecnologia pode auxiliar no desenvolvimento de produtos e processos biológicos

Saiba como a tecnologia pode auxiliar no desenvolvimento de produtos e processos biológicos

Uma das áreas que mais cresce na atualidade é a biotecnologia, mas muitas pessoas ainda não sabem exatamente o que abrange essa profissão. Em resumo, os profissionais que atuam na biotecnologia desenvolvem processos biológicos com o auxílio da ciência básica, aplicada e tecnologias diversas.

A biotecnologia é descrita pela Organização das Nações Unidas (ONU) como “qualquer aplicação tecnológica que utiliza sistemas biológicos, organismos vivos, ou seres derivados, para fabricar ou modificar produtos ou processos para utilização específica”.

O profissional que atua nessa área tem um conhecimento abrangente, e entende, em grande parte, de todos os setores da biotecnologia. O biotecnólogo pode possuir formação universitária em biologia, medicina, agronomia, veterinária, engenharias, zootecnia, farmácia, ou mesmo mestrado e doutorado em biotecnologia. O objetivo desse profissional é fazer melhorias genéticas, criar e gerenciar novos produtos no setor de medicamentos, alimentação e agricultura, por exemplo.

Biotecnologia na agricultura

A biotecnologia na agricultura ganha força no mercado a fim de melhorar a qualidade dos produtos alimentícios e aumentar a produtividade em menos tempo, já que a população só tende a crescer e consequentemente o consumo, porém fazendo isso com um olhar mais atento à preservação do meio ambiente.

Todo esse investimento tecnológico entrelaçado com a biologia visa melhorar a produção agrícola. Porém muitas pessoas se questionam quais são as vantagens dessa mudança. A biotecnologia trabalha com técnicas que permitem o desenvolvimento de plantas mais resistentes à doenças, fertilizantes mais eficazes e que não agridem o meio ambiente, pesticidas mais específicos para cada praga, incrementação nutricional em vários alimentos, plantas melhor adaptadas às mudanças climáticas, sementes e frutos maiores e produtos com maior resistência para que suportem maior tempo de armazenamento.

Muitos alimentos perdem o sabor e o valor nutritivo e a biotecnologia pode atuar na devolução dessas características que foram perdidas, resultando assim sucessivas seleções e um uso mais eficiente do solo, com o plantio direto, por exemplo, que evita a erosão do mesmo e facilita a colheita e o replantio.

A biotecnologia é com toda certeza a profissão que mais tende a ganhar espaço no mercado e uma facilitadora, pois profissionais de diversas áreas podem investir em um mestrado ou doutorado em biotecnologia e assim adquirir cada vez mais conhecimento para atuar e obter crescimento profissional.

Por Jacqueline Gonçalo

Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Press Office

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *