Entenda o que é e como a neuropatia age no corpo

Entenda o que é e como a neuropatia age no corpo

A doença afeta os nervos e apresenta sintomas como formigamento nos dedos  até a perda da sensibilidade

Tudo pode começar com uma sensação de formigamento nas extremidades do corpo, basicamente nos dedos dos pés e das mãos. Em outros casos, pode também se manifestar a perda da sensibilidade nas pontas dos dedos. Esses e alguns outros sintomas podem indicar a presença da neuropatia periférica, uma doença que afeta os nervos e pode ter variados níveis de gravidade, podendo, em casos extremos, levar ao óbito do paciente.

O que é a neuropatia periférica e como ela atua no corpo humano?

A neuropatia periférica é uma condição que atinge os nervos periféricos, como seu nome já sinaliza. Nesta doença, há um comprometimento da transmissão de informações do cérebro e da medula espinhal para o restante do corpo, o que tende a prejudicar os nervos em vários graus, podendo ocasionar danos irreversíveis ao corpo.

Imagem: reprodução pixabay.com

Existe uma diversidade enorme de possíveis causas desse quadro, o que de certa forma acaba, algumas vezes, dificultando a identificação do principal estímulo motivador da doença em cada paciente. No entanto, algumas circunstâncias podem figurar entre os principais desencadeantes da neuropatia, e entre elas estão:

  • Desnutrição ou má nutrição
  • Abuso de bebidas alcoólicas
  • Doenças autoimunes
  • Diabetes
  • Uso de alguns medicamentos
  • Quimioterapia
  • Deficiências vitamínicas
  • Presença de tumores
  • Doenças hereditárias
  • Infecções (virais e/ou bacterianas)
  • Contato com substâncias tóxicas
  • Traumas diretos sobre o nervo
  • Hipotireoidismo
  • Doenças renais
  • Alterações do tecido conjuntivo

Os sintomas são muito diversos, e estão ligados diretamente ao nervo afetado e à quantidade de nervos danificados no corpo. Entre os mais comuns, estão o formigamento, a sensação de dormência, a perda de sensibilidade e a sensação de queimação nos dedos dos pés e mãos inicialmente.

O tratamento é indicado por um médico especialista após a realização de exames clínicos e da avaliação da história clínica do paciente. Com ele, a meta é interromper a lesão ao nervo ou aos nervos, o que retoma a qualidade de vida do paciente afetado pela doença.

Press Office

Author: Tomé Ferreira

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta. Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social. Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei. Vida inteligente na WEB.

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *