Adele de “25”: a britânica que está revolucionando o mercado fonográfico
dez04

Adele de “25”: a britânica que está revolucionando o mercado fonográfico

 Adele de “25”: a britânica que está revolucionando o mercado fonográfico Por Raphael Granucci Adele ficou conhecida em todo o mundo com o seu primeiro álbum, “19”, no ano de 2008. Ali estava uma cantora e compositora com voz poderosa, mas que ainda não havia se destacado entre os demais artistas britânicos que seguiam a linha de melodias mais simples com letras mais intensas. Seu sucesso veio para valer com o seu segundo lançamento, “21”, em 2011, que a lançou para o sucesso instantâneo, com canções como “Rolling In The Deep” e “Someone Like You”. Imagem: pinterest Naquele momento, toda a aparição de Adele já era um grande fenômeno, principalmente quando a cantora precisou se afastar da mídia devido a uma cirurgia em suas cordas vocais, o seu instrumento mais poderoso de trabalho. A cirurgia ocorreu da melhor forma possível e logo a cantora voltou aos spotlights para receber o Oscar pela canção tema do filme “007 – Operação Skyfall”, o primeiro para uma música da série. Depois disso, Adele dedicou um tempo para cuidar da família, enquanto os fãs ao redor do mundo esperavam ansiosamente por um novo álbum de inéditas. O principal questionamento era: do que Adele poderia reclamar? Com o sucesso de “21” baseado em um único relacionamento desastroso, mas que fez uma multidão de pessoas se identificarem com versos como “vou encontrar alguém como você” ou “atirei fogo na chuva”, como Adele poderia fisgar novamente esse público se tudo em sua vida corria tão bem? Se antes a cantora despretensiosa de “19” optava pela pura sinceridade, a cantora que estava prestes a lançar “25” teve que lidar agora com a pressão da própria indústria que queria fazer de seu próximo álbum um grande lançamento, assim como havia sido o anterior, que se tornou o disco mais vendido da década. Imagem: Karen Blue via Wikimedia Commons A vida aconteceu, e nasce “25” Em carta divulgada nas suas redes sociais, depois de meses em silêncio, Adele responsabiliza tanto a demora do novo álbum quanto a sua temática à própria vida. A maternidade, perdoar o passado e compreender o momento vivido por ela foram alguns dos temas que a cantora abordou neste disco recém-lançado e que já vem quebrando recordes, como o álbum mais vendido em apenas um final de semana e também o videoclipe mais visto em apenas 24 horas, da música “Hello”. A qualidade do álbum é algo inegável para muitas pessoas, mas algumas ainda contestam: ele é tão verdadeiro quanto os dois primeiros da carreira da britânica? A própria Adele assumiu que sua primeira tentativa de voltar aos holofotes foi descartada pela gravadora, pois saía...

Read More
Wesley D’Amico Dá o Tom de Sua Arte
ago21

Wesley D’Amico Dá o Tom de Sua Arte

 Wesley D’Amico Dá o Tom de Sua Arte O artista plástico Wesley D’Amico vem a cada dia se renovando. Sua Arte em pequeno estilo, chama atenção pela complexidade e dificuldade na execução. Produzindo arte desde 2004 entre telas, painéis e gravuras, se destacou no Rank Brasil pela feitura da menor bandeira brasileira já pintada, medindo apenas 7 décimos de milímetro. Realmente impressionante! “Os quadros em pequena escala, foi algo desafiador, fazer algo grande já não é fácil, imagine reduzir, sem ferramentas necessárias, sendo que usei uma lupa destas compradas em lojas de 1,99, e serra e lima de joalheiros, Hoje existe lentes de aumento eletrônica que poderia facilitar o trabalho, mas para fazer a bandeira tem que parar de respirar, porque ao respirar o movimento dos dedos altera, pois assim foi feito, sem ar mas com fé deu certo, ela mede 0,7 sem moldura, isso é menos que um risco de uma régua” diz o artista. Diante de um mercado restrito e muito exigente, o esforço para conquistar seu espaço é constante em sua trajetória. Em um novo desafio, D´Amico propõe queimar, literalmente, suas obras. Você atearia fogo em uma arte única? Wesley, sim. Intrigado com o movimento único que só o fogo produz, e que segundo ele mexe com a alma, o sistema de ensino e o inesperado, decidiu “destruir” as obras ateando fogo à elas. Registrando a união destes dois elementos únicos (Arte e fogo) através das lentes de uma câmera, produz algo novo e inusitado, que caso não fosse as lentes, seriam apenas uma história a ser contada. Se tivéssemos de produzir uma breve definição do artista, acredito que seria dessa forma, com suas próprias palavras: “Hoje descobri que para ser um artista não basta fazer algo colorido ou retorcido, tem que ser autentico, renovador, e saber receber criticas, e quem não tem grana tem que aprender a fazer o próprio portfólio e a própria divulgação, e assim a Arte me ensinou e continua a me espremer, pois o mercado não é fácil e nem colorido, mas, “Com cores e tinta o amor se pinta”.” Grande abraço! Saiba mais sobre o artista: Perfil Facebook Site Mais fotos:...

Read More
Hypnotic Brass Ensemble: jazz em metais
jul10

Hypnotic Brass Ensemble: jazz em metais

 Hypnotic Brass Ensemble: jazz em metais A sensacional, envolvente e penetrante maneira de tocar deste grupo especialista em metais, torna muito difícil não se entregar de corpo e alma ao som “hipnótico” deles. Oito irmãos de Chicago se juntaram e formaram esta extraordinária jazz band chamada Hipnotyc Brass Essemble (Conjunto Hipnótico de Bronze) que vêm de família 100% musical, também extraordinária. O nome veio após um incidente acontecido na estação de trem, no qual um homem de terno ficou assistindo eles tocarem por horas a fio, perdendo um trem atrás do outro, até que por fim chegou até eles e disse: “Vocês me hipnotizaram!” Vamos deixar de papo para curtir o som. Depois visitem a fonte para saber mais sobre a banda. Grande abraço! Fonte: hypnoticbrassensemble.com...

Read More
Noite Estrelada de Van Gogh retratada em 7067 peças de dominó
jun27

Noite Estrelada de Van Gogh retratada em 7067 peças de dominó

 Noite Estrelada de Van Gogh retratada em 7067 peças de dominó Um canadense anônimo que chama a si mesmo de FlippyCat, e já atingiu mais de 200.000 assinantes com seus vídeos de dominó no YouTube, produziu com 7.067 peças uma réplica do quadro Noite Estrelada (Starry Night ) do pintor Holandês Vincent Van Gogh. O resultado surpreendente que você assiste no vídeo abaixo, levou mais de 11:00 horas para ser concluído (acho que é até pouco tempo) na segunda tentativa pois a primeira não funcionou devido a um parafuso do equipamento de filmagem ter caído na montagem. Divirta-se, o vídeo é muito bom! Grande abraço! Fonte e perfis do artista: flippycat.com www.twitter.com/flippycat www.facebook.com/flippycat Quadro original:...

Read More
Vídeo muito bom contra alcoolismo no volante
jun22

Vídeo muito bom contra alcoolismo no volante

 Vídeo muito bom contra alcoolismo no volante Existem muitos filmes e vídeos de qualidade para campanhas de conscientização das pessoas para que não dirijam após consumirem bebidas contendo álcool. Um dos que me chamaram a atenção foi este desenvolvido pela Ogilvy & Mather em 2011, visto por milhares de internautas. A iniciativa dos estabelecimentos Bar Aurora e Buteco Ferraz produtores do filme, ambos em São Paulo, visa exatamente o consumo responsável de álcool. Batizada de “Drunk Valet” a campanha segue a série de sucesso de outra realizada em 2010 chamada de “Conta de 73 mil reais” que consistia em somar os custos da equipe médica, cadeira de rodas, UTI, ambulância, amputação e apresentar ao cliente sugerindo o gasto que poderia ter caso fosse embora dirigindo. Apoiando esta atitude que no mínimo é original, postamos o vídeo aqui para nossos leitores e visitantes. Além de tudo, é engraçado! Divirta-se! Grande abraço! Fonte: exame.abril.com.br...

Read More
Filme alemão Os Remadores: recomendo
jun07

Filme alemão Os Remadores: recomendo

 Filme alemão Os Remadores: recomendo A maioria dos leitores aqui Duniverso sabem que gosto muito da plástica e formato do cinema europeu. O diretor Oetzmann Jobst premiado em “A solidão dos crocodilos” de 2005 com o Bavarian Film Prize, conta através do filme “Os Remadores” (Zweier Ohne, original em alemão) a história da amizade platônica e poderosamente envolvente entre dois jovens alemães. São 90 minutos de emoções carregadas, suspense e ação, com uma pitada de sensualidade. Conduzido de forma inteligente por Jobst o longa compartilha com o espectador correntes e diretrizes que são identificadas passo a passo. Louis aos 17 anos de idade (Jacob Matschenz) é do tipo impulsivo e conspícuo que vive com seu pai (Harting Peter) e sua irmã Vera (Sophie Rogall) em uma espécie de fazenda urbana. Johann (Tino Mewes) ao contrário, bastante calmo e quase tímido e que durante muito tempo esteve em busca de um amigo verdadeiro, se sente imediatamente atraído por Louis quando se conhecem na nova escola. A afinidade é tamanha que eles fazem de tudo para se parecer um com o outro como se fossem gêmeos. Como nem tudo são flores, a trama começa a complicar quando entra um novo sentimento na jogada. O trailer está em alemão (não achei legendado nem dublado), mas dá para se ter uma idéia do que irão encontrar no filme. No meu caso assisiti no canal Euro Channel da NET TV a cabo. Confira! Recomendo Grande abraço! Fonte e imagens: cinema.de...

Read More