Suplementos são indicados para pessoas acometidas por diabetes
nov13

Suplementos são indicados para pessoas acometidas por diabetes

 Suplementos são indicados para pessoas acometidas por diabetes Muitos atletas amadores e profissionais já ouviram falar  e fazem uso do suplemento alimentar  whey protein, porém, poucos sabem sobre as descobertas feitas por pesquisadores. Conhecida entre esportistas e pessoas que querem manter o corpo em forma, a whey protein é um suplemento alimentar composto de proteínas de soro de leite. Novas pesquisas atestam e recomendam o uso para diabéticos, o estudo foi realizado por Cientistas da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, que  descobriram a whey protein pode ajudar a diminuir a quantidade de açúcar no sangue. Além da ação benéfica em relação à proteção contra úlceras, melhora do sistema imune e diminuição da pressão sangüínea, aumentando a musculatura. Porém as vantagens quanto ao controle da glicemia são ainda pouco estudadas. Cientistas australianos divulgaram, que o uso do suplemento aumenta a liberação de insulina pelo pâncreas e que, portanto, ele poderia ser utilizado no tratamento do diabetes. A segunda grande descoberta é sobre o mecanismo através do qual a whey protein ajuda a combater a hiperglicemia, e a ativação de um receptor alternativo de glicose pelas células musculares. Isto admite que os músculos do nosso corpo consigam segurar açúcar da corrente sangüínea com maior facilidade, independentemente da insulina, o que também ajuda a abaixar a quantidade de açúcar na corrente sangüínea. É importante salientar o acompanhamento de um profissional antes de fazer o uso da whey protein, como médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Principalmente se a pessoa for acometida pela diabetes, existem no mercado uma gama de fábrica de suplementos específicos tais como: GLUTAMINA – O uso de glutamina por diabéticos insulinodependentes pode ser prejudicial, uma vez que o Diabetes tipo 1 é causado pela ação autoimune do sistema imunológico do indivíduo,  e o efeito da glutamina relacionado com esse sistema pode ampliar os danos causados às células pancreáticas. No entanto, no diabetes tipo 2, em que se manifestam as maiores infecções relacionadas ao diabetes, a glutamina é considerada um importante suplemento. LEUCINA – a leucina é considerada um estimulador da secreção de insulina, aumentando sua liberação de duas a quatro vezes após a ingestão de quantidades relativamente pequenas. Dados sugerem que a suplementação de leucina protege contra os efeitos prejudiciais de uma dieta rica em gordura, apoiando a hipótese da leucina como um fármaco-nutriente promissor na prevenção e tratamento de doenças metabólicas crônicas. ÔMEGA  3  –  Aumenta os níveis do hormônio adiponectina, que está relacionado com a sensibilidade à insulina. Altos níveis desse hormônio no sangue também têm sido associados a um menor risco de doença cardíaca. Os benefícios de uma vida saudável e exercícios físicos...

Read More
Tendências digitais para melhorar a saúde no Brasil
nov01

Tendências digitais para melhorar a saúde no Brasil

 Tendências digitais para melhorar a saúde no Brasil Veja quais são as novas tecnologias que podem dar mais agilidade ao atendimento, reduzir custos e ampliar a qualidade de vida dos pacientes Uma pesquisa realizada pela empresa McKinsey & Company, uma consultoria norte-americana, apontou que nos próximos cinco anos pelos menos 75% dos pacientes pretendem utilizar serviços digitais de saúde. As novas tecnologias, que para muitos já são uma realidade, têm ganhado cada vez mais adeptos, o que faz com que os seus custos sejam reduzidos. Diferente do que muitos podem imaginar, novas tecnologias na área de medicina nem sempre significam custos mais altos. Como toda novidade, sua adoção no início pode ser mais restrita, devido ao pequeno número de unidades ou ao custo unitário mais alto. Entretanto, uma vez que ela se consolida, os custos caem e a acessibilidade aumenta. Como muitas das novidades de hoje estão sendo desenvolvidas tendo como foco a ideia de se tornarem um serviço muito mais do que qualquer outra coisa, nesses casos os custos partem de um patamar menor. E, claro, quanto mais pessoas puderem utilizá-la logo no início, menores serão os custos individuais. Mas quais são esses serviços digitais que vêm despertando a atenção dos pacientes? Listamos aqui algumas das principais tendências do momento e que ou já estão disponíveis no Brasil ou muito em breve serão viáveis também na sua cidade. 1 – Telemedicina e a telerradiologia Essa é uma realidade que já caminha a passos largos de desenvolvimento no Brasil. Trata-se de uma técnica que permite, por meio da internet, que pacientes tenham, de alguma forma, acesso a especialistas em suas consultas e exames, algo nem sempre disponível em pequenas cidades. Nas grandes cidades, o diferencial fica por conta da agilidade com que o atendimento acontece. Para citar o exemplo da telerradiologia, aqui a agilidade e a qualidade dos laudos a distância são os grandes diferenciais. Depois de realizar um exame normalmente em uma clínica ou hospital, as imagens são enviadas pela internet para uma central de telerradiologia. Nela, especialistas se debruçam sobre os exames e, em menos de 24 horas, elaboram um laudo a distância, que também é disponibilizado online. 2 – Internet das Coisas Você já deve ter lido por aí o conceito de Internet das Coisas relacionado a diversos itens que não necessariamente dizem respeito a saúde. Entretanto, essa possibilidade é muito ampla e obviamente a área da medicina pode tirar benefícios do seu desenvolvimento. Em linhas gerais, entende-se por Internet das Coisas o fato que qualquer dispositivo pode se conectar à internet. Assim, desde uma caneca que pode informar para o seu celular a temperatura da...

Read More
Problemas ortopédicos mais comuns em crianças
out31

Problemas ortopédicos mais comuns em crianças

 Problemas ortopédicos mais comuns em crianças Durante a infância alguns pais podem notar certas diferenças nos filhos, como o jeito de caminhar. Dependendo da idade da criança, é comum não ter completo apoio e não andar corretamente o tempo todo. Porém, quando esse comportamento é frequente, os pais devem consultar um médico para verificar se há problemas ortopédicos por trás, e a partir disso dar prosseguimento ao tratamento. Confira os problemas ortopédicos mais comuns nessa fase: Pé chato Em algumas crianças, o arqueamento plantar nunca se desenvolve por completo. Os pais podem perceber isso quando os tornozelos parecem virar para dentro, assim que o pé toca o chão. Essa característica só se torna um problema quando causa dor, por isso, é importante que os adultos fiquem atentos. Pés virados Até os 15 meses mais ou menos, quando começam a ficar em pés, os bebês podem ter uma tendência natural de virar os pés para dentro ou para fora. Se passada essa idade a criança continuar andando dessa forma, é necessário procurar um médico para descobrir a causa, que pode ser desde uma anteversão femoral até paralisia cerebral. Porém, na maioria das vezes, esse andar não é causado por outros problemas, e é corrigido ao longo do tempo.  Imagem: reprodução pixabay.com Ponta dos pés As crianças que andam na ponta dos pés após os 3 anos devem visitar um ortopedista. Além de diagnosticar a causa do problema, o médico pode indicar a realização de fisioterapia, para evitar a sobrecarga futura. Pernas arqueadas A flexão exagerada dos joelhos pode ser uma condição hereditária, e corrigida até os 2 anos em média. Após isso, outras causas devem ser investigadas, como o raquitismo, problema causado pela falta de cálcio e vitamina D. Hábitos infantis Para evitar o agravamento do problema causador e promover o bem-estar da criança, é importante que os pais fiquem atentos ao jeito que o filho se locomove. Ao perceber algum comportamento que se repete, como ficar sentado com as pernas em W, é necessário intervir. Nesse caso, os pés ficam forçados em um movimento não anatômico e o peso não fica bem distribuído. Além disso, é importante lembrar que as crianças devem usar calçado infantis confortáveis, independentemente da situação. Os modelos de salto alto, por exemplo, podem prejudicar o desenvolvimento natural e devem ser evitados, já o tênis, a sapatilha e a bota infantil são os mais adequados. Grade abraço! Press Office...

Read More
Entenda por que a telerradiologia pode auxiliar o serviço de saúde da sua cidade
set28

Entenda por que a telerradiologia pode auxiliar o serviço de saúde da sua cidade

 Entenda por que a telerradiologia pode auxiliar o serviço de saúde da sua cidade Saiba como o acesso à telemedicina pode melhorar a qualidade de vida das populações que moram em cidades distantes da capital Há algum tempo atrás, cidades mais distantes das capitais brasileiras estavam isoladas do ponto de vista técnico da medicina. Ainda que alguns municípios investissem na construção de hospitais e postos de saúde bem como nos aparelhos necessários para a realização de exames, ainda era bastante complicado encontrar profissionais qualificados disponíveis para todas as regiões. Infelizmente em muitas cidades esse cenário não mudou. Ainda são poucas as localidades que têm condições de arcar com o salário de profissionais especializados e, em contrapartida, o número de profissionais capazes de suprir essa demanda, por uma série de razões, é menor do que o necessário. Com isso, a população se vê diante de um dilema: quando têm hospitais, não têm acesso a especialistas. E, sem eles, muitas vezes a consulta ao médico não é suficiente para auxiliar nos quadros de prevenção aos mais diversos tipos de doença. A tecnologia como solução para esse problema Na última década o Brasil assistiu também a uma evolução na infraestrutura de telecomunicações. As melhorias nos sistemas de telefonia fizeram com que hoje as redes atinjam a praticamente todo o território nacional, ainda que com qualidade discutível em muitas regiões. Entretanto, à medida que a tecnologia avança, surgem novas oportunidades para se usar a telemedicina como uma ferramenta a serviços das populações mais distantes. É o caso, por exemplo, dos serviços de telerradiologia. Eles são responsáveis hoje por um percentual significativo dos exames realizados no país – e há muito espaço para que sejam ainda mais relevantes. Telerradiologia nas pequenas e grandes cidades Em linhas gerais o funcionamento da telerradiologia é bastante simples. O paciente continua indo a uma clínica normalmente, onde realiza os mais variados tipos de exames como tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas ou Raios-X. A diferença está na maneira como esses resultados são laudados. Ao invés das avaliações serem conduzidas por um profissional no local – especialista este que nem sempre está disponível ou que pode não dar conta da alta demanda de exames – as imagens obtidas são enviadas via internet para um central de telerradiologia. Online durante 24 horas, uma equipe de profissionais recebe essas imagens e providencia os laudos. A maioria deles podem ficar prontos em até 24 horas, sendo que alguns casos de emergência podem ter sua resposta atendida em até 30 minutos. Em seguida os laudos são disponibilizados online novamente e hospital ou a clínica em questão só tem o trabalho de acessar as informações e...

Read More
Entenda o que é e como a neuropatia age no corpo
ago24

Entenda o que é e como a neuropatia age no corpo

 Entenda o que é e como a neuropatia age no corpo A doença afeta os nervos e apresenta sintomas como formigamento nos dedos  até a perda da sensibilidade Tudo pode começar com uma sensação de formigamento nas extremidades do corpo, basicamente nos dedos dos pés e das mãos. Em outros casos, pode também se manifestar a perda da sensibilidade nas pontas dos dedos. Esses e alguns outros sintomas podem indicar a presença da neuropatia periférica, uma doença que afeta os nervos e pode ter variados níveis de gravidade, podendo, em casos extremos, levar ao óbito do paciente. O que é a neuropatia periférica e como ela atua no corpo humano? A neuropatia periférica é uma condição que atinge os nervos periféricos, como seu nome já sinaliza. Nesta doença, há um comprometimento da transmissão de informações do cérebro e da medula espinhal para o restante do corpo, o que tende a prejudicar os nervos em vários graus, podendo ocasionar danos irreversíveis ao corpo. Imagem: reprodução pixabay.com Existe uma diversidade enorme de possíveis causas desse quadro, o que de certa forma acaba, algumas vezes, dificultando a identificação do principal estímulo motivador da doença em cada paciente. No entanto, algumas circunstâncias podem figurar entre os principais desencadeantes da neuropatia, e entre elas estão: Desnutrição ou má nutrição Abuso de bebidas alcoólicas Doenças autoimunes Diabetes Uso de alguns medicamentos Quimioterapia Deficiências vitamínicas Presença de tumores Doenças hereditárias Infecções (virais e/ou bacterianas) Contato com substâncias tóxicas Traumas diretos sobre o nervo Hipotireoidismo Doenças renais Alterações do tecido conjuntivo Os sintomas são muito diversos, e estão ligados diretamente ao nervo afetado e à quantidade de nervos danificados no corpo. Entre os mais comuns, estão o formigamento, a sensação de dormência, a perda de sensibilidade e a sensação de queimação nos dedos dos pés e mãos inicialmente. O tratamento é indicado por um médico especialista após a realização de exames clínicos e da avaliação da história clínica do paciente. Com ele, a meta é interromper a lesão ao nervo ou aos nervos, o que retoma a qualidade de vida do paciente afetado pela doença. Press Office...

Read More
5 estratégias para lidar com o estresse e a ansiedade
ago18

5 estratégias para lidar com o estresse e a ansiedade

 5 estratégias para lidar com o estresse e a ansiedade Considerados por alguns especialistas os males do século 21, a ansiedade e o estresse são dois fatores que assolam grande parte da população brasileira. Segundo a Organização Mundial da Saúde –  OMS, o Brasil tem a maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo, enquanto, segundo um levantamento internacional da Stress Management Association (Associação Internacional do Controle do Estresse), estamos na segunda posição na lista de países com maior nível de estresse no mundo. E isso é muito preocupante. As pressões causadas pela vida movimentada das grandes cidades, os conflitos no trabalho, as desilusões amorosas e até mesmo o impacto que as redes sociais causam na nossa vida são os principais fatores que podem agravar a ansiedade e o estresse. Pessoas que sofrem desses dois infortúnios às vezes se veem sozinhas e incapazes de lidar com as crises. Se a tensões causadas pelo estresse e pela ansiedade forem muito intensas, a ponto de afetarem sua vida e suas atividades diárias, busque a ajuda de um profissional. Se elas forem moderadas, existem estratégias que ensinam a enfrentá-las, preparando você para saber lidar com elas sempre que o afetarem. Confira na lista a seguir: Use a respiração a seu favor Focar na respiração é uma técnica muito comum e eficaz. Para acalmar os nervos, controle o ritmo de sua respiração, inspirando por cerca de dez segundos e soltando todo o ar dos pulmões até que fiquem completamente vazios. Volte a inspirar lentamente e repita a atividade. Esse exercício de respiração faz com que seu cérebro libere neurotransmissores que trazem a mensagem de que você está ficando calmo, deixando os seus pensamentos alinhados enquanto seu cérebro percebe que não há sinal de perigo ou frustração. Pratique exercícios físicos Talvez o mais clichê desta lista. Exercitar-se faz com que o seu corpo libere endorfinas, um grupo de proteínas que servem como um analgésico, melhorando o seu humor e reduzindo a presença de substâncias que causam estresse e ansiedade. Ocupar o corpo, além de ser ótimo para a saúde física, também é um ótimo momento para trabalhar a mente, como uma forma de meditação ativa. Uma caminhada por dia, por exemplo, torna-se um hábito repetitivo e você acaba analisando os fatores que causam o seu estresse e ansiedade e como eles devem ser trabalhados. Evite pensamentos negativos Parece fácil falar, e realmente é. Mas, como forma de um exercício diário, é possível afastar todos os pensamentos ruins que o afligem. Você não pode escolher como seu chefe, seu cônjuge ou seu algoz vão afetá-lo, mas pode escolher como lidar com eles. Lide de forma...

Read More