Dicas para cuidar de suas flores e plantas
jan22

Dicas para cuidar de suas flores e plantas

 Dicas para cuidar de suas flores e plantas Cuidar de plantas é uma prática muito relaxante e prazerosa. O contato com a natureza libera hormônios de bem-estar e nos dão uma sensação de harmonia com o meio ambiente. Sem falar que qualquer casa fica mais bonita com belas plantas e flores para ajudar a alegrar o ambiente. Se você quer melhorar os cuidados com as suas plantas ou quer começar a ter alguns vasinhos em casa, siga estas dicas. Assim, você terá plantas saudáveis, fortes e bonitas. Escolhendo as espécies É importante escolher a espécie de plantas que melhor vai se adaptar à sua casa e ao seu estilo de vida. Pense sobre condições de luz, calor e espaço antes de escolher. Não adianta escolher uma planta que precisa de rega diária se você viaja muito, por exemplo. Você pode conseguir mais informações sobre qual planta é melhor para sua casa em uma boa floricultura. Cuidado com a água Você precisa saber qual a quantidade de água que a sua planta precisa e qual a frequência que a rega deve ser feita. Em geral, ela precisa acontecer quando a terra dos vasos fica seca. Regue sempre a raiz, e não as folhas. Cuidado com água em excesso, pois ela apodrece as raízes e favorece a proliferação de fungos na terra, o que é nocivo para a planta. Atenção para o fertilizante Algumas espécies de plantas precisam de suplementação de fertilizantes depois de algum tempo, para que mantenham a saúde. Use o fertilizante adequado para a espécie de planta que você cultiva. Qualquer profissional de floricultura pode te ajudar com isso. Coloque a quantidade correta para não sobrecarregar a planta com nutrientes desnecessários. Higiene também conta Mantenha as folhas limpas e livres de poeira e outros resíduos para que a planta possa respirar. Isso contribui e muito com a saúde da sua plantinha, já que o acúmulo de sujeira pode atrapalhar a fotossíntese. Outros cuidados Sempre que possível, retire as folhas murchas e observe como está a saúde geral de sua planta, se a cor das folhas está uniforme e brilhante ou se tem alguma praga. Ocasionalmente, é necessário fazer trocas de vasos para que a planta cresça melhor. Com estas dicas, suas plantas terão saúde e você poderá ter a natureza sempre por perto. Grande abraço! Press Office...

Read More
Porque é tão importante saber conviver bem com os moradores do seu condomínio?
jan19

Porque é tão importante saber conviver bem com os moradores do seu condomínio?

 Porque é tão importante saber conviver bem com os moradores do seu condomínio? Viver em comunidade não é uma tarefa fácil para algumas pessoas, principalmente no que se refere a condomínio de casas e apartamentos, a pluralidade de moradores e ritmos de vida diferentes de alguma maneira podem intervir na vivência em sociedade. Normas pré-estabelecidas são importantes para organização e respeito ao próximo, pois sempre vale ressaltar esses códigos para que o bem comum reine entre os condôminos. Basta andar pela cidade para nos depararmos com muitos condomínios fechados e apartamentos novos, são pessoas que buscam uma qualidade de vida e segurança para a sua família. A procura por estes tipos de imóveis virou sonho de consumo para quem sonha com a casa própria. Respeito às normas de convivência Para se viver em um condomínio é preciso respeitar as regras de convivência, das quais são seguidas à risca, pois a maioria destes tem áreas de lazer amplas, piscinas e praças. Muitos permitem a presença de criação de animais domésticos, como gatos e cachorros. Com toda essa multiplicidade é preciso seguir regras de vivência para que a sua liberdade não restrinja a liberdade do seu vizinho. Área de lazer Sem dúvida é o melhor local de um condomínio, para quem quer relaxar e confraternizar com a família e amigos. Medidas simples auxiliam na boa utilização deste espaço. Por exemplo: – Manter a limpeza e zelar pelo patrimônio, leve sempre uma sacola para jogar seu lixo fora no local adequado; – Não obrigar outros condôminos a conviverem com seus animais de estimação; – Recolher brinquedos e objetos deixados por crianças, supervisão de um adulto para melhor segurança de menores de idade; – Não ouvir música alta após o horário estipulado pelo condomínio; – Ao utilizar a piscina tomar cuidado com o uso de bronzeadores, prender os cabelos se forem muito longos, e verificar se esta acometido por alguma doença de pele transmissível; O mais importante é usar diariamente o bom senso, ser discreto e cortês com o seu vizinho, e respeitar de maneira impreterível o regimento interno do condomínio. Por Jacqueline Gonçalo Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Press Office...

Read More
Saiba como manter o cérebro ativo durante as férias
jan09

Saiba como manter o cérebro ativo durante as férias

 Saiba como manter o cérebro ativo durante as férias Como continuar trabalhando o cérebro? Aproveite os aplicativos que estimulam o desenvolvimento e não se esqueça dos livros As tão esperadas férias escolares chegaram. Podemos aproveitar esse período de descanso da escola para continuar trabalhando o cérebro. A tecnologia pode nos ajudar a continuar aprendendo e exercitando-o. Os celulares vão além de receber ligações, fazendo com que você possa instalar aplicativos, que tem o intuito de aprimorar nossos conhecimentos, memória, concentração e velocidade de raciocínio de forma lúdica. É mais uma forma de usar a tecnologia ao nosso favor. Cada mais vez aumenta o número de aplicativos voltados a atividades para nosso cérebro, uma ‘ginástica cerebral’. Esses aplicativos são disponíveis e de acordo com as mais diversas idades, diversos conteúdos e disciplinas diferentes. Listamos aqui alguns aplicativos para você não ficar parado nas férias: Elevate: O aplicativo é voltado para melhorar a memória, concentração e ainda pode melhorar, por exemplo, seus conhecimentos em matemática. A ferramenta também personaliza qual área de conhecimento você pretende melhorar. Duolingo: É uma ferramenta gratuita para o aprendizado de línguas. Ao baixar o aplicativo, você preenche e escolhe a língua que quer aprender, como inglês, espanhol, francês, e depois em que nível se encontra. A partir daí, uma série de conteúdos e exercícios são disponibilizados. É uma ótima forma de conhecer novas línguas e de aperfeiçoar as que já têm algum contato. Fit Brains Trainer: Tem como proposta estimular concentração, memória, velocidade de raciocínio e a lógica, com 360 sessões de treinamento. O aplicativo mantém seu cérebro afiado usando-o diariamente. Memrise: Também focado na memória e aprendizado de idiomas. A ferramenta apresenta uma técnica que permite ao cérebro aprender até 44 palavras por hora. As metas de aprendizado são personalizadas para cada usuário. Contre Jour: esse jogo chama atenção pelo fato de jogador controlar as alterações no ambiente e não o protagonista, como é comum. Esse forma diferente de jogo faz com que as pessoas pensem mais e mais. Little Things Forever: procurando objetivos no meio de um mosaico cheio de itens, o jogo faz com que gastem bastante atenção e tempo para encontrar o que é pedido. Outra forma já conhecida da maioria dos estudantes de manter a mente em exercício é a leitura de livros. A leitura é sempre importante, em todas as fases da vida, e independente do livro, do seu gênero, o importante é o ato de ler. Com isso, também é criado uma rotina, o que facilitará os estudos posteriormente. Nas férias, a leitura é feita de forma mais natural, sem cobrança, o que pode fazer com que o conteúdo...

Read More
Vampiros à solta
dez29

Vampiros à solta

 Vampiros à solta  Enquanto editora não posso ignorar os dados recentemente publicados pelo IBGE e, enquanto médica, não posso deixar de me sentir frustrada. A corrupção no poder público deveria ser enquadrada como crime hediondo, sem acesso a indultos ou a reduções de pena a que o criminoso comum tem direito. A corrupção ceifa o ânimo dos mais aguerridos trabalhadores, que não conseguem colher os frutos de seu suor; destrói toda uma nação e impõe uma qualidade de vida miserável a milhões de pessoas, levando-as à morte precoce. A falta de educação, de acesso a lazer, de condições mínimas de salubridade e alimentação, antes de matar o corpo, mata a o espírito de inanição. O ser humano fica reduzido a um animal faminto, capaz de qualquer coisa para satisfazer suas necessidades básicas. Nessa condição, se deixa escravizar, vende seu voto por promessas, mata por ninharia e explora seus próprios filhos. Caridade, amor, solidariedade são palavras que não existem no dicionário dos corruptos. Fazem de tudo para sugar ao máximo a população. São os verdadeiros vampiros da nossa era. É um mal que deve ser arrancado pela raiz. Tranca-los em uma penitenciária é muito pouco. Os bens desses parasitas deveriam ser confiscados, incluindo a dos parentes próximos, eventualmente beneficiados. Em meio a todo esse lamaçal, desnudado pela operação Lavajato, o presidente, parte dessa engrenagem obscura e apodrecida, com uma canetada, concede indulto a essa corja, que não vale uma unha do trabalhador brasileiro. Reproduzo, a seguir, alguns dos dados estarrecedores publicados pelo IBGE, que podem ser lidos na íntegra no endereço https://www.ibge.gov.br/ e se referem ao ano de 2016. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PNAD Contínua, sobre educação, publicada em 21/12/2017 revela que o Brasil hoje conta com cerca de 208 milhões de habitantes, dos quais, 66,3 milhões, com 25 anos de idade ou mais, em 2016, tinham concluído apenas o ensino fundamental. Isso representa mais da metade (51%) da população adulta do país. Aqui não está sendo levada em consideração a qualidade do ensino, pois muitas pessoas que cursaram o ensino fundamental são analfabetas funcionais (que não entendem o que leem). Situação essa bem confortável para os corruptos, pois um povo ignorante e faminto é um povo facilmente manipulável. A taxa de analfabetismo no país foi de 7,2% em 2016, ou seja, quase 12 milhões de brasileiros não sabem ler e escrever e, dessas, a proporção de pessoas pretas ou pardas é o dobro da população branca e há cerca de três anos que esses números não melhoram. O Nordeste foi a região que apresentou a maior taxa de analfabetismo, 14,8%. No Brasil, 24,8 milhões...

Read More
5 dicas para escolher uma carreira de sucesso
dez25

5 dicas para escolher uma carreira de sucesso

 5 dicas para escolher uma carreira de sucesso Existe uma ampla gama de cursos de graduação disponíveis para o estudante, e é comum que se tenha dúvidas sobre qual carreira escolher e em qual área do mercado atuar. Optar por uma profissão a seguir é algo que envolve uma série de fatores, é claro, mas algumas dicas simples podem ajudar o candidato a encontrar os melhores caminhos. Reunimos cinco dicas importantes para serem lembradas na hora de tomar a decisão certa. Confira! 1) A escolha é sua É comum que parentes e amigos deem opiniões, sugestões e conselhos sobre a carreira escolhida, mas tenha sempre em mente que a opção é única e exclusivamente sua. Você é quem seguirá nos estudos e na área que escolher, portanto não se deixe pressionar. Ouça os conselhos com atenção, absorva o que faz sentido para o seu momento, mas deixe as interferências de lado. 2) Sua profissão não precisa ser eterna Não é incomum ver diversos profissionais, após formados ou mesmo durante uma carreira já consolidada, decidirem mudar os rumos de suas vidas. Isso pode ocorrer por diversos fatores, desde optar por seguir um caminho que traga mais satisfação pessoal até mesmo por descobrir que esta não é a área certa. Se essa for a sua escolha, saiba que repensar o futuro não é nenhum problema. Imagem: reprodução pixabay.com 3) Teste e orientação vocacional podem ajudar muito O teste vocacional ajuda o estudante que está em dúvida sobre mais de um caminho a identificar a área que mais tem a ver com a sua personalidade e seus gostos. A orientação vocacional, etapa posterior ao resultado dos testes vocacionais, guia o aluno em momentos de escolha ou mudança de carreira, e é realizada por um psicólogo, seja individualmente ou em grupo. 4) Quais cursos de graduação têm a ver com você? Autoconhecimento é a chave para uma carreira de sucesso e que também alie satisfação pessoal. Se não sabe bem como identificar exatamente do que gosta, comece listando por exemplo as matérias que você mais gosta de estudar, além dos seus passatempos preferidos e assuntos de seu interesse. A partir daí, já é possível identificar se seu caminhos são as ciências exatas, humanas, biológicas, e ir se aprofundando e afunilando as possibilidades. 5) Saiba mais sobre a profissão que pretende seguir Saber como está a sua futura área de atuação é essencial. O mercado está favorável, estável ou saturado? Como atuar nele de maneira diferenciada? Quais são as empresas que mais contratam neste segmento? Conversar com profissionais atuantes na área também é essencial, pois estando inseridos no mercado eles podem certamente fornecer um...

Read More
Licenciatura a distância é opção para quem deseja carreira na educação
dez24

Licenciatura a distância é opção para quem deseja carreira na educação

 Licenciatura a distância é opção para quem deseja carreira na educação Muitos se perguntam qual é a melhor opção: licenciatura ou bacharelado? A verdade é que ambas as formações cumprem com o objetivo de garantir uma boa formação para o profissional entrar no mercado de trabalho. A licenciatura, por sua vez, é ideal para os estudantes que desejam ter uma carreira na área da educação. Para atender a essa demanda, existem muitas instituições públicas e privadas que oferecem curso de nível superior à distância. Diferentemente do bacharelado, que prepara o profissional para atuar de forma ampla no mercado de trabalho, a licenciatura é voltada para quem quer dar aula para o Ensino Fundamental e Médio. O curso tem a mesma duração que os demais, a única diferença é que, a partir de um determinado momento, você é obrigado a escolher entre bacharelado ou licenciatura. No segundo caso, você terá aulas de psicologia, pedagogia e didática. Alguns dos cursos disponíveis na modalidade de licenciatura são geografia, matemática, educação física, história, música, ciências biológicas, filosofia, pedagogia, ciências naturais, física, letras e química. Além de poder trabalhar nas escolas, o profissional também pode ser um pesquisador na área de ensino. O ensino a distância é uma modalidade que oferece mais flexibilidade de tempo e de mobilidade para aqueles que não possuem muito tempo para frequentar fisicamente as aulas presenciais. O EaD ganha cada vez mais aderência no Brasil, sobretudo pelas pessoas que desejam um retorno rápido no mercado de trabalho, ainda mais com a crise econômica enfrentada pelo país. De acordo com o censo EaD/2016, lançado pela Associação Brasileira de Ensino a Distância (Abed), o curso mais procurado é pedagogia, representando 25% de todas as matrículas totais. Uma das surpresas é o curso de educação física na sexta posição, com 3,5% de todas as matrículas. Os cursos de formação livre mais procurados em EaD são de nível tecnólogo, licenciatura e iniciação profissional, mostrando que os profissionais desejam se aperfeiçoar e se atualizar, além de progredir em suas respectivas carreiras. O censo também contabilizou 135.236 alunos matriculados em cursos de licenciatura e 32.957 cursando licenciatura com bacharelado. Grande abraço! Press Office...

Read More