Dicas para cuidar de suas flores e plantas
jan22

Dicas para cuidar de suas flores e plantas

 Dicas para cuidar de suas flores e plantas Cuidar de plantas é uma prática muito relaxante e prazerosa. O contato com a natureza libera hormônios de bem-estar e nos dão uma sensação de harmonia com o meio ambiente. Sem falar que qualquer casa fica mais bonita com belas plantas e flores para ajudar a alegrar o ambiente. Se você quer melhorar os cuidados com as suas plantas ou quer começar a ter alguns vasinhos em casa, siga estas dicas. Assim, você terá plantas saudáveis, fortes e bonitas. Escolhendo as espécies É importante escolher a espécie de plantas que melhor vai se adaptar à sua casa e ao seu estilo de vida. Pense sobre condições de luz, calor e espaço antes de escolher. Não adianta escolher uma planta que precisa de rega diária se você viaja muito, por exemplo. Você pode conseguir mais informações sobre qual planta é melhor para sua casa em uma boa floricultura. Cuidado com a água Você precisa saber qual a quantidade de água que a sua planta precisa e qual a frequência que a rega deve ser feita. Em geral, ela precisa acontecer quando a terra dos vasos fica seca. Regue sempre a raiz, e não as folhas. Cuidado com água em excesso, pois ela apodrece as raízes e favorece a proliferação de fungos na terra, o que é nocivo para a planta. Atenção para o fertilizante Algumas espécies de plantas precisam de suplementação de fertilizantes depois de algum tempo, para que mantenham a saúde. Use o fertilizante adequado para a espécie de planta que você cultiva. Qualquer profissional de floricultura pode te ajudar com isso. Coloque a quantidade correta para não sobrecarregar a planta com nutrientes desnecessários. Higiene também conta Mantenha as folhas limpas e livres de poeira e outros resíduos para que a planta possa respirar. Isso contribui e muito com a saúde da sua plantinha, já que o acúmulo de sujeira pode atrapalhar a fotossíntese. Outros cuidados Sempre que possível, retire as folhas murchas e observe como está a saúde geral de sua planta, se a cor das folhas está uniforme e brilhante ou se tem alguma praga. Ocasionalmente, é necessário fazer trocas de vasos para que a planta cresça melhor. Com estas dicas, suas plantas terão saúde e você poderá ter a natureza sempre por perto. Grande abraço! Press Office...

Read More
Espaços de lazer são atrativos que conquistam: Como as construtoras têm investido cada vez mais nesse aspecto
dez03

Espaços de lazer são atrativos que conquistam: Como as construtoras têm investido cada vez mais nesse aspecto

 Espaços de lazer são atrativos que conquistam: Como as construtoras têm investido cada vez mais nesse aspecto Como todo setor, as construtoras também tem sofrido com a concorrência. O que acaba sendo bom para o consumidor que tem se surpreendido cada vez mais com os imóveis que vêm sendo construídos. O que antigamente se resumia em piscina e quadra de esportes e era tratado como diferencial, hoje tem sido visto como característica comum e básica entre os melhores empreendimentos. As construtoras têm precisado ousar e estudar profundamente as necessidades de seus consumidores, dependendo do seus estilo de vida e necessidades cada consumidor irá valorizar um artifício criado para convencê-lo a compra. Esse artifício pode ser desde uma área gourmet até studio de pilates e academia equipada dentro do empreendimento e a disposição do morador. (Academias são cada vez mais comuns nas áreas compartilhadas dos prédios) Os imóveis construídos pensando nas necessidades de toda família tem construído condomínios e prédios com diversos setores de lazer e entretenimento, cinema, boliche. serviços como salão de beleza e academia são alguns dos diferenciais que foram incluídos nas construções modernas. (As coberturas também estão sendo utilizadas para a criação de espaços e lazer) Cada vez mais, as pessoas unem conforto às facilidades oferecidas pelo empreendimento, imagine como seria maravilhoso fazer pilates, tomar banho de sol e assistir um filme com a família em ambientes apropriados e sem sair de casa? Parece bom, não é mesmo?! E é por isso, que as construtoras têm realizados seus projetos modernos e cheios de atrativos para atender esse novo consumidor mais atento e preocupada com o destino de seu investimento em uma casa própria. Grande abraço! Por Jacqueline Gonçalo Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Press Office...

Read More
Vai construir? Confira quais as medidas ideais para uma casa confortável
nov26

Vai construir? Confira quais as medidas ideais para uma casa confortável

 Vai construir? Confira quais as medidas ideais para uma casa confortável Cada vez mais têm surgido projetos de moradia minimalistas, onde quase tudo é feito no mesmo cubículo e isso prova que se pode construir e planejar os menores ambientes para se “resolver” todas as atividades da rotina de uma casa. E ao contrário das novas tendências, para os projetos antigos de arquitetura, quanto maior melhor, o problema é que não se deve construir nenhum ambiente sem planejamento. Você com certeza já entrou em um banheiro enorme onde dentro só existia uma pia, um vaso sanitário, um box e chuveiro, todos com tamanhos que caberia de forma ideal em um ambiente com a metade daquele tamanho, esse é um exemplo de ambiente mal planejado. Os profissionais e faculdades de arquitetura tem estudado muito sobre como construir um ambiente do tamanho ideal para o cada estilo de vida e acabar por exemplo com problemas, como um quarto que quando se coloca uma cama de casal e um armário de 4 portas, ou se anda no ambiente ou se abre a porta, ou ainda uma cozinha onde a porta é tão estreita que não passa nenhuma geladeira ou fogão. E para facilitar seu planejamento de organização da sua casa, vamos elencar algumas dimensões indicadas como mínimas para alguns ambientes, veja: Sala – a porta deve ter 60cm no mínimo, e 80cm para passagem de cadeirantes. A distância entre o rack e a mesa de centro dever ser no mínimo de 40cm, entre o sofá e a parede é necessário 10cm de distância caso precise de cortina atrás do sofá. Quarto – cada corredor deve ter no mínimo 60cm para que se tenha uma circulação agradável no ambiente, esses corredores normalmente ficam entre a cama, as paredes e guarda-roupa. Cozinha –  corredor com no mínimo com um 1m para garantir a movimentação de 2 pessoas e uma porta com 80cm para garantir a passagem dos eletrodomésticos. Gostou das dicas? Que tal pegar uma fita métrica e organizar melhor os espaços da sua casa, para garantir uma rotina mais confortável? Por Jacqueline Gonçalo Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Press Office...

Read More
Como a arquitetura e o design influenciam o bem-estar das pessoas
abr07

Como a arquitetura e o design influenciam o bem-estar das pessoas

 Como a arquitetura e o design influenciam o bem-estar das pessoas A arquitetura, muito além de mera necessidade, está relacionada à arte. Forma e estética se aliam à sua funcionalidade para promoção do bem-estar nas casas e nas cidades. É por meio da arquitetura que o ser humano expressa sua ideia de convivência, aconchego e tantos outros detalhes subjetivos que passam despercebidos no dia a dia. A arquitetura influencia diretamente o cotidiano e os espaços, por isso, os profissionais da área precisam de um conhecimento multidisciplinar para trabalhar de forma integrada todas essas questões. Muitos projetos no estilo Do It Yourself (faça você mesmo) podem ter resultados surpreendentes, especialmente em relação ao design. Mas o auxílio de empresas e profissionais especializados é determinante para dar vida plena a algumas ideias. Alguns sites, como o www.galeriadaarquitetura.com.br, por exemplo, também contam com alternativas interessantes. 1) Interação social Quem já passou em frente ao Museu de Artes de São Paulo (MASP), no centro da avenida Paulista, pode notar um detalhe: o espaço conhecido como “vão do Masp” está sempre cheio, com pessoas conversando, namorando e aproveitando o tempo por ali. Isso não acontece por acaso. O projeto da arquiteta Lina Bo Bardi, responsável também pelo conhecido prédio do Sesc Pompéia, preza por essas brechas que estimulem a interação entre as pessoas. A partir de estudos e do talento de um profissional, esse efeito surpreendente pode mudar a dinâmica de uma cidade. Em uma residência, não costuma ser diferente. Imagine uma sala de estar mal planejada, onde as pessoas não fiquem à vontade para se sentar e conversar? Isso pode acabar não só com um projeto, mas com a interação de toda a família. É esse olhar cuidadoso que o profissional de arquitetura e design de interiores leva para o ambiente. 2) Bem-estar físico e mental Estudiosos da gestalt (termo que significa “forma” em alemão) já diziam que a percepção humana está fundada em estruturas. É como se enxergássemos por meio de padrões pré-concebidos que influenciam toda a nossa experiência. Saber trabalhar com formas e cores, então, gera um resultado que faz toda a diferença em termos físicos e de saúde mental. Os deslocamentos sutis entre ambientes, os detalhes que os diferenciam e o aspecto geral de cada um deles condiciona a sensação de aconchego que todo o lar deve ter; ou a dinâmica exigida em um ambiente de trabalho, por exemplo. 3) Indução de sensações e sentimentos Tomando como exemplo a ideia das cores, fica mais simples perceber como arquitetura e design influenciam diretamente o cotidiano. Um quarto com paredes vermelhas, certamente, irá resultar em muitas noites de insônia. A cor vibrante...

Read More
4 dicas para manter sua casa mais organizada
fev03

4 dicas para manter sua casa mais organizada

 4 dicas para manter sua casa mais organizada Para garantir um ambiente funcional, é importante ter uma estratégia antes de posicionar cada item Imagine chegar todos os dias em casa e encontrar um ambiente bonito e aconchegante. Incrível, não é mesmo? Pois esse é um dos desejos de quem passa o dia inteiro fora e quer apenas relaxar após um longo período de trabalho, mas que logo vê o entusiasmo se perder no meio de tanta bagunça acumulada. Então, pensando em te ajudar, separamos algumas dicas para manter a casa em ordem. Confira! Perceba que organizar não é arrumar A primeira coisa que você precisa entender é que ter uma casa organizada é diferente de ter uma casa arrumada. A ideia de organização consiste em imaginar que tudo que compõe um ambiente possui um lugar específico e estratégico para facilitar as atividades cotidianas. Arrumar é, basicamente, colocar as coisas no local em que estavam; mas o problema é que, provavelmente, em pouco tempo tudo estará fora do lugar novamente. Por esse motivo, antes de começar a limpar e arrumar tudo sem qualquer critério, é importante definir a sua estratégia de organização, ou seja, onde ficará cada objeto e os móveis de sua moradia. Seja prático A ideia é deixar os itens mais utilizados sempre à mão. Na hora de ordenar as roupas no guarda-roupas, por exemplo, deixe as peças que você mais utiliza à frente das outras. As roupas íntimas, por exemplo, devem ser colocadas na primeira gaveta; as casuais, na segunda; e itens pouco utilizados, por último. Já na cozinha, a ideia é utilizar organizadores verticais para separar melhor os objetos que você mais utiliza, como facas, utensílios e panelas. Separe um espaço também só para os temperos e, se necessário, coloque-os em alguns pequenos potes nomeando cada um. Menos é mais Outra dica é evitar o acúmulo da mobília e de objetos decorativos. Selecione apenas o necessário, afinal, utilizar muitos armários pode resultar em um monte de objetos que, provavelmente, nunca serão usados. Uma sugestão é utilizar móveis multifuncionais, como uma cama com baú, que pode ser muito útil para guardar itens utilizados esporadicamente. Reserve um espaço adequado para cada tipo de item É importante separar um espaço para guardar seus documentos em segurança. Por isso, encontre um local adequado para organizar seu arquivo morto, que armazena comprovantes, escrituras e contratos. A dica é organizar tudo em uma pasta e deixar guardado em algum ponto estratégico de sua residência ou encontrar uma solução fora de casa. Separe também um espaço só para seus objetos de uso pessoal, como relógios, bijuterias, joias e cosméticos. Por fim, evite deixar...

Read More
Aprenda a organizar o espaço na cozinha
fev03

Aprenda a organizar o espaço na cozinha

 Aprenda a organizar o espaço na cozinha Não é de hoje que casas e apartamentos estão adotando formatos cada vez mais compactos em seus projetos arquitetônicos. Essa é uma tendência muito comum, principalmente em grandes centros urbanos, onde cada metro quadrado dos imóveis é muito disputado. E um dos cômodos que precisa de maior versatilidade e organização é a cozinha. Não importa se ela é voltada apenas para o preparo das refeições do dia a dia ou equipada para verdadeiros feitos gastronômicos: cozinha precisa ser prática e funcional. Veja algumas dicas e macetes para otimizar a sua. Fogão Peça como os painéis e cooktops podem ser instalados próximos á bancadas e pias, facilitando a manipulação das preparações. Vale lembrar que grande parte dos fogões é alimentado com GLP, e alguns cuidados básicos devem ser tomados. Não coloque botijões em locais fechados, como armários ou gabinete da pia e jamais atravesse a sua mangueira pela parte de trás do fogão. Apesar de ser um combustível versátil e acessível, trata-se de uma substância altamente inflamável e explosivo. Geladeira Instale eletrodoméstico longe de fontes de calor e das chamas do fogão. Calcule bem o espaço destinado à abertura das suas portas para que elas não bloqueiem passagens e corredores. Organize os alimentos em seu interior para que a temperatura interna se espalhe por igual e não se esqueça de identificar os alimentos congelados no freezer. Imagem: reprodução pixabay.com Mesa Mesas dobráveis podem poupar muito espaço em cozinhas menores, principalmente para as refeições do dia a dia. Há, inclusive, opções ainda mais compactas, como bancadas que podem ser acopladas às paredes ou outros móveis, como os armários. Caso ela seja indispensável durante a preparação dos alimentos, invista em materiais impermeáveis e que facilitam sua limpeza, como vidro ou resinas plásticas. Armários Armários planejados de acordo com as dimensões da cozinha são extremamente funcionais, mas nem sempre cabem no orçamento para a organização do cômodo. Uma saída criativa e simples é destinar os armários com porta para o armazenamento de alimentos e instalar prateleiras e ganchos para as panelas e eletrodomésticos, aproveitando todos os espaços disponíveis nas paredes Utensílios e eletrodomésticos Guardar os utensílios da cozinha em divisões determinadas pelas suas funções pode poupar tempo e espaço. Por exemplo, talheres, raladores, processadores, formas e panelas devem ficar mais próximos do fogão e da superfície voltada à preparação dos alimentos. Já os potes, travessas, copos e pratos podem ser guardados separadamente próximos à mesa e à geladeira. Mesmo uma cozinha pequena precisa de organização espacial e de suas ferramentas de trabalho para melhorar a rotina de cozinheiros iniciantes e até dos mais experientes. Essas pequenas...

Read More